A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

18/11/2014 18:29

Homens são presos com armas de caça em assentamento na região de Selvíria

Liana Feitosa
Homens foram autuados em flagrante por crime de posse ilegal de arma. (Foto: Divulgação)Homens foram autuados em flagrante por crime de posse ilegal de arma. (Foto: Divulgação)

Dois homens acusados de praticar caça frequentemente na região do município de Selvíria, a 404 km de Campo Grande, foram presos pela PMA (Polícia Militar Ambiental) de Cassilândia. Eles moram no assentamento Canoas, que fica na altura do Km 59, da rodovia MS-112.

Veja Mais
Temporal com chuva de 30 milímetros e vento forte alaga ruas de Dourados
Corpo de bombeiros trabalha em alerta para chuva e novos estragos

As prisões ocorreram como resultado de denúncias. Segundo moradores do local, os homens andavam com espingardas pelo assentamento, colocando medo nas pessoas.

Os policiais foram até a região e encontraram ambos, conhecidos como João Sucuri, de 52 anos, e Joaquim Mata Onça. Foram apreendidas uma espingarda de caça, calibre 28 e duas munições carregadas com João. Com Joaquim, foi apreendida uma espingarda cartucheira, também calibre 28, com quatro munições.

De acordo com a PMA, eles não possuíam documentação das armas e não foram encontrados animais silvestres abatidos com os homens.

Mesmo assim, os infratores receberam voz de prisão e foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Selvíria onde foram autuados em flagrante por crime de posse ilegal de arma. A pena é de um a três anos de detenção.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions