A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

15/12/2014 17:53

MS faz descarte correto de 2.724 toneladas de embalagens de defensivos

Priscilla Peres

Mato Grosso do Sul deu o destino correto a 2.724 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas em 2014, o número é 8% maior que no mesmo período do ano passado, segundo informações do Sistema Campo Limpo.

Veja Mais
Domingo será de calor e chuvas com trovoadas em todo o MS, alerta instituto
Temporal com chuva de 30 milímetros e vento forte alaga ruas de Dourados

De acordo com o balanço realizado pelo inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), de janeiro a novembro desse ano foram retiradas do meio ambiente mais de 40 mil toneladas do material em todo o país.

Nesse mesmo período, o país destinou 40.411 toneladas de defensivos agrícolas em todo o país. A quantidade é 7% maior se comparada ao mesmo período de 2013. O estudo do inpEV aponta que, no período, 14 estados apresentaram crescimento. Piauí, Rondônia e Tocantins foram os estados que obtiveram maior crescimento percentual na quantidade destinada.

Já as maiores cargas saíram do Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Goiás, Rio Grande do Sul e Bahia - juntos eles representam 76% do total destinado.

O inpEV é uma entidade sem fins lucrativos criada pela indústria fabricante de agrotóxicos para realizar a gestão pós-consumo das embalagens vazias de seus produtos. A legislação atribui a cada elo da cadeia (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) responsabilidades compartilhadas que possibilitam o funcionamento do Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de agrotóxicos).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions