A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

14/02/2011 08:53

Para 42%, patrimônio natural deve ser considerado antes de cortar árvores

Paulo Fernandes

Para 42,52% dos internautas (1.624 votos) que responderam a enquete semanal do Campo Grande News, antes de se cortar uma árvore de grande porte deve ser avaliado o patrimônio natural.

Já para 39,51% deve prevalecer a vontade dos moradores (1.509).

E 17.96% (686 votos) opinaram que essas árvores nunca deverão ser derrubadas.

Responderam à enquete semanal 3,8 mil pessoas.

No início do mês, virou polêmica o pedido de moradores para cortar uma figueira centenária na rua Brilhante, em Campo Grande.

Nesta semana, o Campo Grande News que saber qual a sua avaliação sobre o salário mínimo de R$ 545,00. As opções são baixo, adequado e alto.

Imasul e WWF promovem ação no Parque das Várzeas do Rio Ivinhema
Na quinta-feira (16), durante a primeira reunião ordinária de 2017 do Conselho Consultivo do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI), foi...
Sexta-feira será marcada por chuvas e tempo quente; máxima chega a 36ºC
A sexta-feira (17) em Mato Grosso do Sul será marcada por chuvas, tempo quente e umidade mínima relativa do ar abaixo do recomendado, que é de 60%. C...



Acho um absurdo a discussão se é certo ou errado cortar uma árvore na cidade, independente do seu porte e história, quando na zona rural milhares de árvores são cortadas diariamente sem que ninguém se manifeste, muito pelo contrário...quem faz isso, reclama, denuncia, logo é taxado de "ecochato", "ecoxiita", "verdinho" ou quaisquer outros adjetivos de gosto duvidoso e carregados de preconceito.
 
Sandro Menezes Silva em 19/02/2011 10:06:22
Bom se comparando a carga horaria do trabalhador comum a de um parlamentar é completamente insignificante o valor.
 
Oswaldo Junior em 14/02/2011 09:13:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions