A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

18/11/2011 00:43

PMA autua fazendeiro em quase R$ 100 mil por provocar incêndio

Paulo Fernandes

Um proprietário rural foi autuado e multado em R$ 99 mil por ter supostamente ateado fogo na área de reserva legal e agropastoril sem autorização ambiental, na Chácara Rancho Leme, em Rochedo – a 74 km de Campo Grande.

Segundo a PMA (Polícia Militar Ambiental), a área incendiada é de 8 hectares de reserva legal e 59 hectares de agropastoril.

O fazendeiro responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de 2 a 4 anos de reclusão.

Imasul e WWF promovem ação no Parque das Várzeas do Rio Ivinhema
Na quinta-feira (16), durante a primeira reunião ordinária de 2017 do Conselho Consultivo do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema (PEVRI), foi...
Sexta-feira será marcada por chuvas e tempo quente; máxima chega a 36ºC
A sexta-feira (17) em Mato Grosso do Sul será marcada por chuvas, tempo quente e umidade mínima relativa do ar abaixo do recomendado, que é de 60%. C...



tem que multa mesmo é crime ambiental caneta nele
 
ALEXSANDRO DE PINA PINTO em 21/11/2011 06:51:06
Esse proprietário rural esta sofrendo essa sanção por ser trabalhador,que supostamente pode ter ateado fogo, nossas leis são bem claras, ninguem pode ser punido por presunção, se fosse um marginal com várias passagem pela policia não podería ser punido por presunção nem seria obrigado a produzir provas contra sí mesmo .Mas como é um cidadão trabalhador produtivo tem que pagar. por que será?
 
porfirio vilela em 18/11/2011 09:14:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions