A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

17/01/2011 08:45

PMA flagra rinha de galos e apreende animais feridos

Aline Queiroz e Ana Maria Assis

Caderno com anotações de competições foi apreendido

Animais estavam feridos devido às brigas. Foto: Ana Maria AssisAnimais estavam feridos devido às brigas. Foto: Ana Maria Assis

A PMA (Polícia Militar Ambiental) flagrou uma rinha de galo que funcionava na Rua Tupã, Bairro São Conrado, em Campo Grande.

Na ação feita ontem à tarde, os policiais apreenderam 15 galos da raça índio, alguns deles feridos.

Segundo a Polícia, foram apreendidos dois rebolos, que são usados para colocar os galos na briga, além de balanças, tesouras cirúrgicas, arco de serra, 37 bicos de metal, 18 esporas de plásticos e quatro gaiolas.

Os policiais também encontraram caderno com anotações das competições, resultados e apostas.

Sete pessoas que estavam na casa foram detidas: Luiz Antônio Agadir de Oliveira, 42 anos, Antônio Aparecido Lopes da Silva, 35 anos, Zico Gomes de Souza, 30 anos, Roberto José de Azevedo, 45 anos, Leonardo Karlinsk, 64 anos, Oderci Rodrigues de Oliviera, 58 anos, e Luiz José Cabral, 60 anos.

Depois de assinarem TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), eles foram liberados porque o crime é classificado como de menor potencial ofensivo.

Eles responderão ao processo de maus tratos contra animais silvestres.

De acordo com a Polícia Civil, Luiz Antônio Agadir de Oliveira, 42 anos, Antônio Aparecido Lopes da Silva, 35 anos, eram os donos da rinha.

Já Zico era dono de um galo, que morreu durante a disputa de ontem. Ele teve de pagar R$ 100,00 para o adversário porque o galo morreu.

Os outros foram classificados como apostadores.

Galeria de Fotos###




a policia fica perseguindo os criadores de galos de briga podendo tenta prende os bandidos,que ficam aterorizando a populaçao ,isso eles nao fazem e tinham que libera logo as rinhas de galo de briga.
 
willeon pereira da silva em 27/02/2013 09:17:09
Bom acho que tinha que liberar logo a rinha de galos.. Pois eles brigam por instinto desde o seu nascimento, ou seja esta no sangue, na genética deles. E ele nao pertence a fauna brasileira e um animal criado em cativeiro mesmo. O galista nao e bandido, ele apenas preserva uma raça unica. Que são muito bem tratadas e zeladas, ao contrarío do que pensam aqueles leigos que nao entendem nada do assunto...
 
Luiz Antonio Vieira em 02/04/2011 05:48:54
existem muitas coisas erradas no Brasil, essa atividade,de rinha de galos,como bingos e jogo do bicho deviam pagar logo impostos, para o governo financiar e melhorar a saúde e segurança;porque acabar nunca vai conseguir, os politicos agem rápido quando querem aumentar seus salários, criando leis inócuas, e vendo nossa juventude se perder nas drogas e violência,não sou simpatizante de brigas de galo,bingos,cassinos, ou jogo de bicho,mas se não consegue acabar, porque não fazer eles pagarem impostos,e financiar projetos sociais?
 
luiz carlos borba em 17/01/2011 10:41:37
Galo não é animal silvestre, nem pertence à fauna brasileira. Se alguém pratica maus tratos contra animais que não pertencem nossa fauna é apenas contravenção é não crime, entretanto, se as aves brigarem por livre vontade nenhum ilícito é praticado.
 
FAUSTER ANTONIO PAULINO em 17/01/2011 10:30:05
Quero parabenizar a Polícia Militar Ambiental pela apreensão desses galos. E que os envolvidos sejam penalizados adequadamente. Espero que essa investida contra esse tipo prática condenável, contra esses indefesos animais, atinja também "cachorros grandes" do nosso estado, que são adéptos a essa insanidade.
 
Manoel Paulo em 17/01/2011 09:29:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions