A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

09/09/2011 13:45

PMA multa fazendeira em R$ 15 mil por extração ilegal de aroeira

Viviane Oliveira
Na fazenda Barreiro Preto, os policiais encontraram 28 m³ de madeira da espécie “Carandá” e mais 14 m³ da espécie aroeira. Na fazenda Barreiro Preto, os policiais encontraram 28 m³ de madeira da espécie “Carandá” e mais 14 m³ da espécie aroeira.

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou nesta sexta-feira (9) uma proprietária rural por R$ 15,6 mil por extração de aroeira e queima de leiras sem autorização ambiental no município de Porto Murtinho, cidade distante 431 quilômetros de Campo Grande.

Na fazenda Barreiro Preto, os policiais encontraram 28 m³ de madeira da espécie “Carandá” e mais 14 m³ da espécie aroeira. Como a proprietária não estava no local, os policiais deixaram uma notificação para que ela apresentasse a documentação referente às intervenções ambientais.

Hoje pela manha, o filho da fazendeira esteve na PMA informando que não tinha documentação ambiental. Por conta disse foi arbitrada multa de R$ 15 mil. Ela ainda vai responder por crime ambiental e, se condenada, pode pegar pena de um a dois anos de prisão.

No dia que os policiais estiveram na fazenda eles apreenderam uma motosserra sem licença de porte e uso e autuaram um homem de nacionalidade Paraguaia que a utilizava no corte de madeira na propriedade rural. Ele foi multado em R$ 1 mil.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions