A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

17/12/2012 09:07

Por menos lixo, festa infantil ganha versão sustentável

Ângela Kempfer
Lembrancinhas feitas com tubos de papelão de gráficas. (Fotos: Luciano Muta)Lembrancinhas feitas com tubos de papelão de gráficas. (Fotos: Luciano Muta)


A experiência ainda não ocorre em grande escala, mas a intenção é que vire um negócio ecologicamente correto. Fernanda Senise faz decoração de festas infantis na base da reciclagem.

Veja Mais
Quinta-feira de tempo instável, com chuvas durante todo o dia e máxima de 37ºC
Tempestade e fortes ventos devem atingir MS nesta quarta, alerta instituto

Ela transforma os materiais e assim vai inventando um jeito diferente de comemoração, quando o conceito é mais importante que a ostentação.

No final de semana, a festa de 3 anos teve lembrancinhas de tubos de papelão descartados em gráficas, baleiros de tampas de embalagens de tinta e por aí vai.

A escolha foi da avó, que resolveu fazer tudo diferente. Consultou a mãe da criança e teve o consentimento para uma festa com material reutilizado, no lugar da decoração alugada, com grandes painéis de isopor e produtos industrializados.

Luiz Felipe, o aniversariante, também colaborou, tomando muito suco e guardando as caixinhas que nas mãos da decoradora virou enfeite da árvore de Natal, o tema escolhido para a comemoração deste ano.

Fernanda é professora em projeto do Instituto Mirim de Campo Grande, acostumada com o reaproveitamento do que é descartado.

Agora ela decidiu que vai investir nas festas sustentáveis, cada vez com menor produção de lixo e mais apelo à criatividade. A tentativa de ser diferente ainda está no começo, os balões, por exemplo, que geram muito lixo, ainda não foram abolidos, como em outras iniciativas em cidades maiores.

Em São Paulo, algumas empresas se especializaram nesse tipo de evento infantil. Trocaram toda a decoração nociva ao meio ambiente em objeto obsoleto e passaram a usar muito pano e material biodegradável. Pratos e copos, por exemplo, são de papel.

No final das contas, em todos os casos, o valor da decoração ecologicamente correta não é mais baixo que o de festas convencionais. Uma lembrancinha feita por Fernanda, por exemplo, custa o mesmo, cerca de R$ 8,00 cada, apesar da reutilização.

Mas o principal é o que esse tipo de festa tem a dizer. “É uma forma de difundir essa consciência”, comenta Fernanda.

Luiz Felipe, apesar da pouca idade, aprendeu este ano que a caixinha de suco não precisa ir para o lixo e pode ser lanterna para iluminar um super aniversário.

Lanterninhas com caixas de suco, forradas com tecido.Lanterninhas com caixas de suco, forradas com tecido.



Essas lembranças e a decoração da festa ficaram maravilhosas!!!
 
Denise Castro em 17/12/2012 14:06:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions