A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

29/05/2012 13:20

Servidores da UFMS pegos com carne de jacaré serão alvos de sindicância

Nyelder Rodrigues
Carne de jacaré foi apreendida com servidores da UFMS. (Foto: Divulgação)Carne de jacaré foi apreendida com servidores da UFMS. (Foto: Divulgação)

Os quatro servidores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) detidos no domingo (27) por caça ilegal e pesca predatória, em Corumbá, vão responder a inquérito administrativo aberto pela universidade.

Veja Mais
Temporal com chuva de 30 milímetros e vento forte alaga ruas de Dourados
Corpo de bombeiros trabalha em alerta para chuva e novos estragos

Após denúncia anônima, eles foram flagrados na BR-262 pela Polícia Militar Ambiental (PMA) em uma camionete Ranger, pertencente à UFMS, transportando três jacarés abatidos (27 kg de carne) e 32 kg de pescado de vários exemplares em tamanho inferior ao permitido.

Além disso, eles também estavam com 11 molinetes, uma faca, uma tarrafa (apetrecho ilegal) e cinco munições calibre 38 intactas, mas a arma não foi encontrada. Ambos foram levados para a Delegacia de Polícia Federal de Corumbá, onde ficaram presos até pagarem a fiança de 16 salários mínimos (R$ 9.952).

Viagem a trabalho - Um dos servidores, o coordenador administrativo do curso de Odontologia da UFMS, Manoel Paixão dos Santos, foi levar materiais odontológicos para a unidade de pesquisa que fica no Passo do Lontra, no Pantanal, e fez o convite a outros três colegas servidores, Izabelino Brites, Julio Rojas e Oswaldo Muniz Gomes, para irem juntos.

Judicialmente, ambos vão responder em liberdade pelo crime ambiental. De acordo com a assessoria de imprensa da UFMS, eles seguem trabalhando enquanto o processo administrativo não definir se os envolvidos serão penalizados pela instituição.




Quem nao tem erro que atire a primeira pedra.
 
Alceu Bueno em 30/05/2012 07:30:06
Que exemplo em senhores, espero que sejam punidos como qualquer outro cidadão.um crime desses praticado por um desconhecedor da lei ainda vá lá agora vocês. Que ridículo.
 
Nilson André dos Santos em 29/05/2012 04:35:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions