A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

28/05/2012 13:00

Servidores da UFMS são flagrados com carne de jacaré na BR-262

Aline dos Santos
Carne de jacaré foi apreendida durante fiscalização da PMA. (Foto: Divulgação)Carne de jacaré foi apreendida durante fiscalização da PMA. (Foto: Divulgação)

Quatro pessoas foram detidas acusadas de caça ilegal, transporte de carne de animal silvestre, pesca predatória e porte de munição. O flagrante aconteceu ontem na BR-262, região do Buraco das Piranhas, durante fiscalização da PMA (Polícia Militar Ambiental).

Veja Mais
Sábado começa chuvoso na Capital, e máxima em MS será de 33º C
Fim de semana em MS terá tempo instável com possibilidade de chuva

De acordo com informações da PMA, foram encontrados três jacarés abatidos, totalizando 27 quilos de carne e 32 quilos de pescado, sendo vários exemplares com tamanho inferior ao permitido por lei, além de apetrechos proibidos para a pesca. São 11 molinetes, uma faca, uma tarrafa (apetrecho ilegal de pesca) e cinco munições calibre 38 intactas. A arma não foi encontrada.

Conforme o Diário Online, os quatro detidos são servidores da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande. "Um deles veio para o Passo do Lontra a trabalho, trazer materiais odontológicos. Ele convidou os outros três colegas para a viagem e para a pescaria", afirmou delegado plantonista da PF (Polícia Federal), Danilo Magno. Naquela região, a UFMS mantém uma base de pesquisas.

Ainda de acordo com o delegado, o grupo, que estava em veículo oficial da UFMS, assumiu ter abatido os jacarés e praticado a pesca predatória. O delegado Danilo Magno arbitrou fiança no valor total de 16 salários mínimos (R$ 9.952,00) para liberar os quatro servidores, autuados por crime ambiental. Eles poderão responder ao processo em liberdade.




Será que carro oficial é só para fazer pescaria ilegal?tambem quero um para ir passear no final de semana,ainda com o contribuinte pagando o combustivel é melhor ainda,muito cara de páu, e quem liberou o carro ainda é piór,é isso aí torrando o dinheiro publico que depois vai faltar para bombeiros,policia e saúde publica.É pra acabá mesmo!!!ISSO É bRASIL.
 
Lucas da Silva em 28/05/2012 03:13:47
Calma gente. A reitora ainda esta querendo saber o que é jacaré, peculato e lontra. Calma.
 
Madalena Arre pendid em 28/05/2012 02:35:19
Sindicância? isso é processo administrativo já....se o cara não é motorista, porque estava com carro oficial? quem autorizou? também quero um carro oficial para ir pra praia, preciso agendar????????? tem que dar um basta nisso, gato e cachorro dirige carro da UFMS.
 
mara de oliveira em 28/05/2012 02:19:11
Com a palavra a Reitoria da Universidade , pessoal esforçado trabalhando no final de semana é realmente coisa de funcionário publico , ai vem a direção e diz vamos abrir uma sindicancia para apurar os fatos e só, não vira nada .como outras ex.a mais antiga compra de passe de onibus, não virou nada.
 
João Norberto em 28/05/2012 02:06:25
Deixa ver se entendi bem: o cara foi levar material odontológico e voltou com carne de jacaré e peixe!!?? Se isso não é peculato não sei mais o que possa ser! E quem seriam esses servidores que foram "pescar" as custas do dinheiro público???? Eu pago impostos e quero saber quem são e quais as providencias que serão tomadas. Espero que não acabe em pizza à moda "jacaré"!
 
Antonio Paulino em 28/05/2012 01:17:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions