A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 26 de Julho de 2014

26/01/2012 10:12

Deputados e ex-prefeitos vão entrar na briga pelas maiores cidades do Estado

Wendell Reis

Em Ponta Porã a luta pela prefeitura deve colocar frente a frente Oscar Goldoni e Gandi Jamil

Deputados ex-prefeitos lideram pesquisas em seus municípios (Foto: João Garrigó/Divulgação/Assembleia Legislativa)Deputados ex-prefeitos lideram pesquisas em seus municípios (Foto: João Garrigó/Divulgação/Assembleia Legislativa)

A disputa pelas prefeituras das dez maiores cidades de Mato Grosso do Sul será intensa nos próximos meses. Em meio a várias pesquisas, que podem derrubar até prefeitos que tentariam se reeleger, se encontram nomes de deputados, ex-deputados federais, prefeitos e até parentes de políticos com influência nacional.

Em Campo Grande até agora se declararam pré-candidatos pelo grupo do governador André Puccinelli, os deputados federais Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Edson Giroto (PMDB), e o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Paulo Siufi (PMDB). Segundo o governador, que coordena o processo sucessório ao lado do prefeito, Nelson Trad Filho (PMDB), o candidato será escolhido por meio de pesquisas.

Para fazer frente ao grupo do governador e do prefeito, já lançaram pré-candidaturas o PT, com o deputado federal Vander Loubet, PP, deputado estadual Alcides Bernal, PPS, com Athayde Nery, PDT, Dagoberto Nogueira, PSD, Antônio João, PSTU, Suel Ferranti, e PSDB, com o deputado federal Reinaldo Azambuja.

A expectativa é grande e o número de possíveis candidatos aumenta por conta da indefinição na eleição. Pela primeira vez, após vários anos, a Prefeitura de Campo Grande não tem um nome que desponte nas pesquisas, o que aumenta as candidaturas e também as conversas sobre alianças. Muitos acreditam que pelo menos metade dos ditos pré-candidatos devem desistir da disputa até o mês de junho.

Dourados - Na segunda maior cidade do Estado, Dourados, o prefeito Murilo Zauith (PSB) tenta manter o apoio dos inúmeros partidos que o apoiaram em sua eleição no ano passado, quando ele conseguiu reunir PMDB, PT, PSDB e DEM na sua aliança. A dificuldade maior está no fato do deputado federal Geraldo Resende (PMDB) insistir na candidatura, ao lado do deputado federal Marçal Filho e da vereadora Délia Razuk. Zauith já declarou que não gostaria de sair do grupo do governador André Puccinelli e ainda acredita em uma aliança.

O DEM também pode dificultar a vida de Zauith, caso resolva se aliar ao PMDB. Entre os nomes fortes do DEM, com influência no Município, está o deputado Zé Teixeira, segundo mais votado na eleição em 2010. Além do DEM e PMDB, o PSDB também pretende se mostrar como opção para Dourados. O partido está escolhendo o candidato entre Elizio Brites, Mauro César Santos Silva e Fábio Aguiar.

Em Corumbá, o PT pretende continuar comandando o chamado “reduto” petista em Mato Grosso do Sul. O atual prefeito, Ruiter Cunha, já foi reeleito e não pode se candidatar. Entretanto, o deputado Paulo Duarte (PT) é favorito na disputa, com mais de 60% da preferência do eleitorado. Na corrida pelo terceiro maior município do Estado está o presidente da Câmara Municipal, Evander Vendramini (PP), que luta para reunir o PMDB, com Puccinelli, e o PR na sua candidatura. O PSDB ainda não definiu se terá candidato e não descarta apoio ao PT de Paulo Duarte.

Três Lagoas - No município de Três Lagoas a prefeita Márcia Moura (PMDB) deve brigar pela reeleição. Ela disputa os votos e a preferência de outros partidos com o vereador Ângelo Guerreiro (PSD). O PT já demonstrou vontade de apoiar Guerreiro, mas lideranças do PMDB ainda brigam pelo apoio do partido.

O governador André Puccinelli e a vice-governadora Simone Tebet prometem empenho para ajudar Márcia. Mas, Puccinelli já declarou que o sucesso depende 1% dele, 9% de Simone e 90% dela, demonstrando que Márcia terá que se empenhar para não deixar o quarto maior município do Estado na mão da oposição.

Outro partido ainda indefinido no município é o PSDB. O partido tem a disposição o nome da presidente municipal, Fátima Montanha, mas deve optar por apoiar ou Guerreiro ou Márcia Moura. Segundo o presidente estadual do PSDB, Reinaldo Azambuja, hoje a relação entre o PSDB e Márcia Moura não está muito próxima.

Ponta Porã - Em Ponta Porã o prefeito Flávio Kayatt (PSDB) está deixando a prefeitura após dois mandatos e tenta emplacar um candidato de seu partido em meio a uma provável disputa entre os ex-deputados, Gandi Jamil e Oscar Goldoni. Entre os cotados pelo PSDB estão os secretários de Obra, Hélio Peluffo e de Educação, professora Maria Leny, além da vereadora Dulce.

Kayatt ainda tenta manter aliança com o PT. Entretanto, o presidente do partido, Marcus Garcia, garante que o PT terá candidatura própria em Ponta Porã. Entre os candidatos estão Paulo Tenite, a advogada Sudalene, professora Denise e Álvaro Soares. Além do PT, o PSDB também deve enfrentar o PMDB na eleição em outubro. O partido do governador tem a disposição como pré-candidatos Dr. Francisco, também conhecido como “Chiquito” e o ex-deputado Gandi Jamil. O nome será escolhido por meio de convenção. O PDT também promete entrar na briga. O partido deve emplacar o nome do ex-prefeito e deputado estadual e federal, Oscar Goldoni.

No município de Naviraí o prefeito Zelmo de Brida (PMDB) está deixando a administração após dois mandatos. Para sucedê-lo o partido tenta emplacar a candidatura do vice-prefeito, Ronaldo Botelho. Entretanto, deve enfrentar o ex-prefeito, deputado Onevan de Matos (PSDB). Pesquisas revelam que o ex-deputado tem mais de 60% das intenções de voto. Porém, ele prefere dizer que ainda é cedo para falar em candidatura.

O PT também quer entrar na briga e apresenta como opção o presidente municipal do partido, professor Jair. Apesar de ter um pré-candidato, o partido conversa com o empresário Chagas, filiado ao PSD. Além de PT e PSDB, o PDT também quer entrar na disputa. O partido deve lançar como candidato o vereador Galo, eleito por vários mandatos no Município.

Nova Andradina - Em Nova Andradina o prefeito José Gilberto Garcia (PMDB) pretende disputar a reeleição. Todavia, tem como principal adversário o seu companheiro de partido, ex-prefeito Roberto Hashioka. Isso porque Hashioka tem a preferência do eleitorado, com mais de 60% das intenções. Já o atual prefeito tem uma avaliação média, mas com rejeição considerável. O partido ainda deve decidir quem será o candidato. O presidente estadual do PMDB, Esacheu Nascimento, avalia que o partido não deve ter problema, tendo em vista que o atual prefeito já foi secretário de Hashioka e é do mesmo grupo político. Hashioka também deve ter o apoio do PSDB, uma vez que, sua esposa, deputada Dione Hashioka, comanda o partido no Município.

O PT também deve colocar um nome para fazer o debate em Nova Andradina. O partido está lançando o presidente do diretório municipal, professor Tadal, como pré-candidato. Além do PT, o PMDB também deve encarar o PDT na disputa. O partido vai lançar o concorrente de José Gilberto nas eleições passadas, Milton Sena, como candidato.

No município de Aquidauana o prefeito Fauzi Suleiman deve tentar a reeleição pelo PMDB, com o apoio já garantido do PT. A oposição ao prefeito deve ficar a cargo do PDT. O partido tem como pré-candidato o concorrente de Suleiman na eleição passada, Odilon Ribeiro, e os ex-prefeitos José Henrique Trindade e Felipe Orro, que embora diga que a candidatura não está em seus planos, é o preferido do partido na disputa. O PSDB tem hoje o vice de Suleiman, Vanildo Neves, e deve decidir se lança candidato ou apóia o prefeito atual.

Sidrolândia - Em Sidrolândia a eleição também está aberta. O prefeito Daltro Fiuza (PMDB) está encerrando o seu segundo mandato e não pode mais se candidatar. Para sucedê-lo o partido estuda dois nomes, mas ainda não há definição. Além do PMDB, também deve entrar na disputa Ademir Osiro, pelo PR, Gerson Claro, no PDT,o ex-prefeito Enelvo Feline, hoje no PSDB, e o vereador Jean e o secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Márcio Marqueti, ambos pelo PT.

Em Paranaíba o prefeito José Braquiara (PDT) vai tentar a reeleição. Porém, terá pela frente o ex-prefeito, deputado estadual Diogo Tita (PPS), que lhe apoiou na sua eleição. Tita deve fazer aliança com o seu ex-partido, PMDB, que indicará o seu vice no Município. Além de Tita, Braquiara também enfrentará o PT em Paranaíba. O partido pretende lançar o empresário Alfredo Bernardes, irmão do ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, como pré-candidato. Outro que deve apresentar um nome novo no Município é o PSDB. O partido aposta no vereador mais votado, professor Fredson, para alternar o comando.

Veja Também
Web Denúncia do TRE já recebeu 19 registros de propaganda irregular no MS
Disponível desde o dia 7 de julho, o sistema de Web Denúncia do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) registrou até o começa des...
Confira o que pode e não pode para fazer nas eleições deste ano
Com base nas últimas resoluções aprovadas pela Justiça Eleitoral sobre propaganda eleitoral, o Campo Grande News fez um balanço das principais proibi...


é tão vislumbrante o poder que nem mesmo o eleitor entende o que se passa na composição de alianças de poder e de principalmente ética na politica cade a INFIDELIDADE PARTIDARIA LELECO
 
ALEXSANDRO DE PINA PINTO em 28/01/2012 12:00:06
É isso aí Tita,Paranaiba precisa urgente de você.Volte Logo.
 
Dora Queiroz em 26/01/2012 10:40:08
Pelo acima descrito, pouca coisa vai mudar. Só estão trocando a roupa, mais os (Santos) são os mesmos que não fizeram milagres no passado. Cuidado eleitor, são mais (04) quatro anos. Pense bem.
 
Ivo Alves em 26/01/2012 10:36:51
DETRE TODOS, VENÇA O MELHOR, O MAIS HONESTO, O FICHA LIMPA E O QUE REALMENTE PRETENDE TRABALHAR PARA OS SEUS MUNÍCIPES.




NEI SALVIANO
PUBLICITARIO
 
zildeneis salviano em 26/01/2012 10:34:15
Caro Nei

Então ninguém vai vencer !!!

Povo de MS diga não a DITADURA...
 
josé almeida em 26/01/2012 04:43:53
Meu comentário: para Ponta Porã, acredito que de todos os citados o melhor seria o Hélio Pelufo, pois os outros cá pra nós...são figuras carimbadas e passadas...Ponta Porão precisa de Pessoa inteligente e íntregra!
 
Reinaldo Castilho em 26/01/2012 04:14:41
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions