A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

25/10/2016 12:30

Ex-ministros vem a MS palestrar sobre gestão no agronegócio

Renata Volpe Haddad
Presidente da Famasul, Maurício Saito destacou a importância de gestão no agronegócio. (Foto: Flávio Gutierrez/ Famasul)Presidente da Famasul, Maurício Saito destacou a importância de gestão no agronegócio. (Foto: Flávio Gutierrez/ Famasul)

Marcado para 24 de novembro, a 7º edição do MS Agro terá palestrantes como Paulo de Tarso Almeida Paiva e o economista Maílson da Nóbrega, que são ex-ministros e palestrarão sobre gestão no agronegócio em tempos de crise.

Veja Mais
MS Agro discute sobre a educação e crise, da sala de aula ao campo
MS Agro 2013 acontece nesta sexta-feira em Campo Grande

O lançamento MS Agro, aconteceu na manhã desta terça-feira (25) na Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS).

Segundo a coordenadora do evento, Adriana Mascarenhas, e gestora do Departamento de Economia da Famasul, é de extrema importância ter uma boa gestão, ainda mais no momento em que o país atravessa uma crise política-econômica. "Queremos abordar de forma ampla a gestão de negócios não apenas no agronegócio, mas no setor público e privada", explica.

Sobre os palestrantes, Adriana comenta que Paulo de Tarso já foi Ministro do Trabalho e do Planejamento e vai abordar a gestão em si. "Maílson já foi Ministro da Fazenda e é reconhecido até internacionalmente, é economista e vai abordar as questões políticas e econômicas em 2017".

Para o presidente da Famasul, Maurício Saito, nada mais atual do que um seminário como o MS Agro para trazer temas relevantes como gestão. "Com o nosso cenário econômico, assuntos como esse são fundamentais para que possamos criar um ambiente competitivo aos nossos produtores. Acredito que gestão de negócios é um tema de extrema relevância principalmente no setor agropecuário e especificamente em Mato Grosso do Sul, para termos ampla referência em produção e produtividade".

De acordo com secretário adjunto da Sepaf (Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar), Jerônimo Alves Chaves, gestão representa mais trabalho e é uma ferramenta a mais para o produtor. "O agronegócio é competitivo. Os produtores precisam se esforçar todos os dias para se manterem e temas como esse do MS Agro, são fundamentais para incrementar apredinzado e para os pecuaristas e agricultores continuar investindo e gerando emprego", avalia.

As vagas são limitadas e podem ser feitas pelo site da Famasul e do Senar.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions