A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Junho de 2016

01/12/2014 17:03

Plantio da soja chega em 99% e previsão é colher 6,4 mi de toneladas

Priscilla Peres
Nesta safra, os sojicultores do Estado vão destinar 2.300 milhões de hectares à cultura. (Foto: Famasul)Nesta safra, os sojicultores do Estado vão destinar 2.300 milhões de hectares à cultura. (Foto: Famasul)

O plantio da soja em Mato Grosso do Sul está na reta final. De acordo com estimativa da consultoria AgRural, o Estado é o mais adiantado com 99% da área destinada à cultura coberta com a oleaginosa. No país, a safra 2014/15 alcança 85% do total da área, menos que no mesmo período da safra passada.

Veja Mais
Colheita de milho safrinha avança e derruba preço do grão em 24%
Durante 90 dias, vazio sanitário proíbe o plantio de soja em MS

Nesta safra, os sojicultores do Estado vão destinar 2.300 milhões de hectares à cultura e pretender colher 6.400 milhões de toneladas. A estimativa da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS) é de que a produção seja maior em 400 mil toneladas do que a safra passada, mas as condições climáticas como a estiagem e a chuva podem gerar prejuízos.

"A estiagem atrasou o início do plantio, mas não prejudicou muito a produção, apenas adiou um pouco a segunda safra. Agora o que temos que ficar atentos é com a colheita, realizada entre janeiro e março, pois se continuar chovendo pode atrapalhar e causar prejuízos maiores aos produtores", explica o analistas em agricultura da Famasul, Leonardo Carlotto.

A chuva também atrapalha o plantio. "Se chove forte as máquinas precisam parar e esperar até o solo estar mais seco para continuar os trabalhos, o que leva até três dias", destaca Carlotto. Para a Famasul, o plantio está em 95% da área e Sidrolândia é o município mais atrasado, enquanto que a região Sul praticamente já terminou o plantio e na região Norte faltam poucos.

Estimativa - Segundo a AgRural, o avanço da semana passada para essa nos trabalhos foi de 9 pontos percentuais e só não foi maior devido ao alto volume de chuva registrado em vários Estados. “Mas, se por um lado essas precipitações atrapalharam momentaneamente a entrada das máquinas em campo, por outro elas foram muito bem-vindas para dar umidade às áreas de semeadura mais tardia e também para garantir às lavouras as melhores condições de desenvolvimento vistas até agora nesta safra”, diz informe semanal.

A AgRural também fez uma revisão sobre suas estimativas de área plantada e produção para 2014/15. A área plantada agora é calculada em 31,449 milhões de hectares, 18 mil hectares inferior à projeção passada. A produção, por sua vez, é calculada em 94,892 milhões de toneladas, com incremento de 10,2% sobre a safra 2013/14 e queda de 50 mil toneladas em relação à estimativa do mês passado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions