A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

06/05/2014 13:58

Empresa de MS cria aplicativo que dita o ritmo para manter organização

Helton Verão
No escritório do advogado Rodrigo Medeiros, o sistema foi inserido e organizou a rotina da empresa (Foto: Marcelo Victor)No escritório do advogado Rodrigo Medeiros, o sistema foi inserido e organizou a rotina da empresa (Foto: Marcelo Victor)

Padronizar os procedimentos na empresa é o sonho de todo empreendedor. Saber o que entrou e onde será aplicado o dinheiro, os compromissos e obrigações de cada um. Para isso empresas da Capital estão recorrendo a uma ferramenta online, que consegue oferecer a solução para estes contratempos de organização.

Veja Mais
Após 36 horas, maratona tecnológica escolhe os projetos vencedores
Competidores ficam sem dormir para solucionar desafios em saneamento

No escritório de advocacia de Rodrigo Medeiros, 29 anos, a falha na comunicação era constante. O advogado conta que o dinheiro entrava e saía e a dificuldade era saber quem pagou e quem foi pago. “Nos sentíamos perdidos. Tinham dias em que nos perguntávamos de onde saiu esse dinheiro? Para onde foi ele? Precisávamos de um sistema que pudesse fazer o gerenciamento financiamento do meu escritório”, comenta Medeiros.

Em outra empresa, a Cosesa, que atua em dois estados e no Distrito Federal, a comunicação e divisão de tarefas aconteciam pelo telefone e o Skype. Resultando na indecisão sobre as obrigações e se estavam sendo cumpridas. “Necessitávamos de uma mudança de comportamento. Afinal são três filiais que atuam em diferentes estados. A comunicação é fundamental”, conta Thallita Bressan, 23 anos, gerente administrativa da Cosesa.

Para mudar o quadro, em ambas empresas foi contratado o GMPE, que é um sistema para gerenciamento de empresas online e integrado. Nele é possível cadastrar seus clientes, fornecedores, controlar o fluxo financeiro da empresa, agendar seus compromissos, registrar os atendimentos de seus clientes, emitir boletos bancários e entre outros serviços.

Rodrigo elogia a praticidade no trabalho do dia a dia. “Com o sistema, encaminho mensagem para todos os funcionários, temos toda nossa agenda dentro dele. Sem sequer precisar abri-lo, sempre estou informado quando terei audiências e reuniões”, acrescenta.

“Agora não preciso me preocupar de cobrar, nem relembrar as pessoas, afinal vai estar postado no sistema e só pode se finalizar a tarefa com um comentário é uma forma muito fácil para acompanhar” ressalta Thallita.

Renan Teles, 23 anos e Fábio Antonio, 27 anos, foram os responsáveis pela criação do sistema. A própria empresa deles, a YouZoom, serviu de ‘cobaia’ para o GMPE, que levou seis meses para ser desenvolvido. “Precisávamos organizar nossa empresa, então planejamos criar um sistema de tarefas. E ele se adequou a nossa realidade. Depois com o feedback de alguns clientes, fomos melhorando”, comenta Renan.

Os criadores lembram que muitas vezes o cliente solicitavam verbalmente e essas informações não eram anotadas, o que faziam o pedido não sair conforme a encomenda. “Com o GMPE se acontece algo e um funcionário não vê, outro pode dar prosseguimento sem problemas, na função POP”, explica Fábio.

A ferramenta pode ser acessada dos smartphones (Foto: Marcelo Victor)A ferramenta pode ser acessada dos smartphones (Foto: Marcelo Victor)
Também através dos tablets (Foto: Marcelo Victor)Também através dos tablets (Foto: Marcelo Victor)

No aplicativo, que pode ser acessado em computadores, notebooks, tablets e smartphones, todas as funções dos colaboradores são registradas. Assim em caso de ausência, o GMPE consegue dar a manutenção necessária aquele setor do funcionário que faltou. O sucesso da ferramenta já se expande para outras regiões, com clientes em dez estados brasileiros.

O valor do pacote tem planos a partir de R$ 59,90 e pode ser usado para pessoas físicas normalmente.

WhatsApp deixará de funcionar em alguns modelos de smartphone
O aplicativo WhatsApp anunciou hoje (3) que irá parar de funcionar em alguns modelos de celulares a partir do dia 31 de dezembro deste ano. Os modelo...
Em MS, drone é usado em festas e mapeamento ambiental
Apesar de não possuir regulamentação nem fiscalização, o uso do drone é cada vez mais comum no Estado. Os valores variam de R$ 500 para casamentos a ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions