A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

06/08/2015 15:47

Fraudes em compras pela internet crescem e usuário deve ficar em alerta

Filipe Prado
O número de fraudes subiu, mas a prevenção também (Foto: Fernando Antunes)O número de fraudes subiu, mas a prevenção também (Foto: Fernando Antunes)

O número de fraudes eletrônicas tem crescido no Centro-Oeste, conforme o Mapa de Fraude no Brasil 2014, realizado pela ClearSale. O índice subiu de 4,12%, em 2013, para 4,98% no ano passado. Porém, conforme a empresa, cerca de 100 mil casos tem sido evitados, já que o brasileiro tem buscado formas de prevenção.

De acordo com os dados, a cada R$ 100 movimentados no comércio eletrônico, R$ 3,98 são de compras ilegais. No primeiro semestre deste ano, o gasto de R$ 172 milhões em compras ilegais foram evitados, estimando que pelo menos 99.306 pessoas tenham se livrado de golpes.

A especialista em redes sociais, Val Reis, alertou para compras em sites desconhecidos. Ela orientou ao usuário buscar o maior número de informações possíveis da empresa. “Nunca comprar de um site que não conheça, sem antes pesquisar no Reclame Aqui e nos comentários de outras pessoas que já compraram na mesma loja”.

Ainda alertou para que o cliente seja mais atento ao produto que compra, inspecionando todas as informações, para saber o que está incluso na compra. “Na internet é muito fácil pesquisar sobre qualquer produto, principalmente os mais caros. É ideal saber quem já comprou, como foi a entrega, se chegou ou não no prazo. As pessoas compartilham muito isso”, comentou Val.

Outra dica é a averiguação no site do Procon (http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php), onde consta todos os sites que não são confiáveis para compra.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions