A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

19/02/2016 06:20

Ciclista encontrado caído na Avenida Tamandaré morre na Santa Casa

Viviane Oliveira
Sidney foi reanimado no local e levada à Santa Casa, onde morreu. (Foto: Marcos Ermínio) Sidney foi reanimado no local e levada à Santa Casa, onde morreu. (Foto: Marcos Ermínio)

Morreu por volta das 13h40 na Santa Casa, Sidnei Ferreira de Oliveira, 33 anos, ciclista encontrado caído na manhã de ontem (18), na Avenida Tamandaré, no Bairro Lagoa da Cruz, em Campo Grande. Ainda não se sabe se o rapaz foi atropelado. Há câmeras de segurança próximo ao local e as imagens poderão ser usadas para auxiliar na investigação.

Veja Mais
Ciclista é socorrido em estado grave após acidente na Tamandaré
Contramão é a única rota em cruzamento esburacado

Conforme boletim de ocorrência, registrado pela irmã da vítima de 27 anos, Sidnei seguia na via, quando próximo ao motel Aquarius, foi encontrado caído ao lado da bicicleta. Uma pessoa, que passava pela região, acionou o Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

O rapaz sofreu escoriações e trauma na cabeça. Ele foi reanimado pelos socorristas e encaminhado em estado grave à Santa Casa, onde morreu. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Trânsito - Na última quarta-feira (17) , Júlia Nobuco Shiroma Oshiro, 71 anos, morreu após ser atropelada por uma motocicleta por volta das 7h30, na Rua Rui Barbosa, esquina com a Calarge, na Vila Glória. Na madrugada de sábado (13), o ciclista Euler Espíndola de Ataíde, 47 anos, morreu após ser atropelado por um carro, na Avenida NasriSiufi esquina com a Rio Brilhante, no Jardim Batistão, região sul da cidade. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu na Santa Casa. O motorista do veículo fugiu sem prestar socorro.




Em um cenário onde imprudência e alta velocidade são generalizadas e não se vê uma única ação de fiscalização por parte da polícia, essa quantidade de mortes não surpreende. As vítimas, infelizmente, são os mais frágeis: pedestres e ciclistas.
 
Luiz Pereira em 19/02/2016 17:41:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions