A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

01/06/2012 15:37

"90% dirigem após ingerir álcool", diz jovem que matou um no trânsito

Viviane Oliveira e Ana Paula Carvalho

Em entrevista ao Campo Grande News na delegacia, ele se disse envergonhado e afirmou que quer ajudar a família da vítima

Richard, durante a entrevista, na delegacia onde passou a noite. (Fotos: Minamar Júnior)Richard, durante a entrevista, na delegacia onde passou a noite. (Fotos: Minamar Júnior)

Aos 21 anos, Richard Ildivan Gomide Lima é hoje o jovem mais comentado na cidade, como novo personagem da violência no trânsito. Ele estava ao volante durante a madrugada de ontem e, bêbado e em alta velocidade, segundo a Polícia, atropelou e matou um motociclista. O crime deixou uma viúva de 23 anos com um bebê de um ano.

Nesta manhã, Richard conversou com o Campo Grande News, disse estar com vergonha, admitiu ter ingerido bebida alcoólica e disse que quer ajudar a família da vítima, o segurança Davi Del Valle Antunes, de 31 anos.

Na conversa, ao ser indagado se estava bêbado, respondeu com a afirmação de que "90% das pessoas dirigem após ingerir bebida alcoólica". Para ele, o que aconteceu foi uma "fatalidade". Sobre ter se recusado a fazer o teste do bafômetro, disse que atendeu a uma orientação recebida dos professores da faculdade de Direito que cursa.

Na cela onde passou a noite, Richard topou falar com a reportagem. A primeira pergunta que fez ao ver a repórter foi como estava a situação dele e se o advogado que a família contratou é bom.

Ao ser algemado e levado por um policial para uma sala na delegacia, Richard falou ao Campo Grande News como foi o acidente e disse que não tem coragem de olhar para o pai e a irmã de "tanta vergonha".

Ele disse que após deixar um amigo em casa, voltava para a sua residência na rua 15 de novembro, quando, ao passar no sinal vermelho sentiu que havia batido em alguém. No início, ele disse que achou que fosse um ciclista, por não ter visto nenhum farol ligado.

Richard afirma que o impacto foi tão forte que o vidro quebrou e a lateral do carro ficou amassada. “Só senti que havia batido em alguém depois da pancada no veículo”, disse. Segundo contou, parou 250 metros depois e ligou para a namorada dizendo para ela chamar o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) porque havia atropelado uma pessoa.

O rapaz argumenta que, quando percebeu que passaria no semáforo em alta velocidade, e poderia ser flagrado pelo radar, tentou frear e acabou olhando para baixo. Por isso, alega, não ter visto Davi.

O estudante disse que a intenção não era fugir. "Só parei um pouco à frente do acidente porque estava assustado e com medo". Ao ser avisado pela Polícia que havia atropelado e matado um motociclista, afirma, caiu "em desespero".

Richard falou da mãe, morta há 15 anos, e disse que não quer fugir das responsabilidades (Fotos: Minamar Júnior)Richard falou da mãe, morta há 15 anos, e disse que não quer "fugir das responsabilidades" (Fotos: Minamar Júnior)

“Nunca imaginava que um dia isso poderia acontecer. Não quero fugir das minhas responsabilidades, mas ninguém sai de casa com a intenção de matar alguém no trânsito”, afirma.

Para o jovem, que também é formado em Contabilidade, o que houve foi uma fatalidade. Ele teme ir a júri popular. “Meu sonho era ser professor, agora quem vai acreditar em uma pessoa que é acusada de dirigir embriagada e de ter matado alguém", questiona.

Durante a entrevista, Richard se emociona ao falar da mãe, que há 14 anos morreu de câncer, e afirma que pretende, quando sair da prisão, ajudar a família do segurança morto.

“Eu sei que isso não compara, mas eu também perdi muito. A minha vida acabou. Com essa algema eu sou um nada - acabou minha autoestima”, disse após questionar o delegado se iria para o presídio.

Ele foi indiciado por homicídio doloso, que pode levá-lo a júri popular. Nesse caso, o entendimento é de que houve o dolo eventual, quando a pessoa assume o risco de matar, como por exemplo dirigindo bêbado e em alta velocidade.

Antes do acidente-Questionado sobre a garota de programa que o acusa de tê-la roubado e ter mostrado uma arma de fogo em um motel ele confirma que esteve com ela, mas argumenta que foi o amigo que roubou a mulher.

A jovem procurou a Polícia Civil ainda na madrugada de quinta-feira. À Policia, ela contou que estava com Richard e um amigo em um motel e enquanto tomava banho percebeu que os rapazes mexiam na bolsa dela.

Segundo a moça contou, ela saiu do banheiro e discutiu com os rapazes. Durante a briga, segundo o boletim de ocorrência, Richard pegou uma arma de fogo a ameaçou e também atirou, danificando a parede do quarto.

Em alta velocidade-Segundo a Polícia Civil, Richard estava a 83 quilômetros por hora quando furou o sinal vermelho e atingiu por volta das 4h de ontem (31) o segurança David Del Valle Antunes, de 31 anos, que voltava do trabalho. Ele foi lançado a 38 metros de distância e a moto a 57 metros, conforme constatado pela perícia.

A vítima estava parada no semáforo, da avenida Afonso Pena com a Arquiteto Rubens Gil de Camilo em frente ao Shopping Campo Grande, quando foi atingido pelo veículo Fiat Punto, conduzido por Richard.

No momento do acidente, Richard estava a 83 km/h e segundo a perícia, o semáforo estava fechado há mais de 7 segundos. (Foto: reprodução/Polícia Civil)No momento do acidente, Richard estava a 83 km/h e segundo a perícia, o semáforo estava fechado há mais de 7 segundos. (Foto: reprodução/Polícia Civil)



Falta fiscalização da policia nessas avenidas que tem bares e boates, pois se tivesse mais blitzs nas madrugadas iria diminuir bastante essas tragédias.... não adianta campanha educativa, pegou o cidadão bebado tem que prender e deixar passar pelo menos uma noite na cadeia para aprender, pois só fazer o teste do bafometro, dar multa e soltar vai dar na mesma. JUSTIÇA BRASIL!!!!!!
 
suellen chaves em 04/06/2012 08:57:11
Vai ter q pagar pq tirou uma vida, agora este questionamento sobre direção e bebida, não deveria, mas é uma grande hipocrisia. A sociedade trata agora este jovem como bandido, mas a maioria destes mesmos q o tratam como bandido fazem a mesma coisa, só q quando fazem tem a proteção de Deus q os levam para suas casas, mas um dia esta proteção pode falhar...
 
Antônio Carlos em 04/06/2012 07:55:01
Ainda bem que a mãe dele morreu, assim não terá que conviver com a angústia e vergonha de ter um filho bebum, vagabundo, assassino, marginal, desonrado, mau-caráter e amigo de uma corja de vagabundos igualmente marginais. E espero que o "reencontro" dele com a mãe seja próximo, pois assim que ele sair, achará um muro/poste/semáforo para se matar.
 
Ana Paula Silva em 03/06/2012 09:36:51
Maysa Mariano da Silva, acorda pra vida querida! Agora vai querer colocar a culpa no coitado q estava voltando do trabalho? O erro dele foi ter cumprido as regras de trânsito. O INFELIZ bebe todas, passa + d 80KM em um ponto onde há um REDUTOR DE VELOCIDADE, q o limite é de 50KM, com o sinal vermelho, e vc vem falar "q o motociclista não devia estar com os faróis funcionando". TÁ D DEBOCHE COMIGO?
 
Norma Santos em 03/06/2012 08:28:07
É inacreditável que em 2012 ainda há pessoas que não enxergam esse tipo de fato como um crime, que a partir do momento que o indivíduo é maior de 18 anos, habilitado pelo orgão de trânsito,não saiba que ao ingerir bebida alcoólica e posteriormente conduzir um veículo ele está colocando a vida de outros em risco, além dele.Isso foi Fatalidade; "É por esse tipo de pensamento que vidas são perdidas".
 
Vinicius Freitas em 03/06/2012 04:20:41
Bebida alcóolica e direção:já vi pais de família que bebem cerveja no shopping e voltam dirigindo com os filhos no banco traseiro. Pela quantidade de festas que tem em CG e a quantidade de taxis circulando na madrugada é evidente que todos voltam dirigindo. Sejam jovens ou não. O negócio é pedir proteção a Deus. A arrogância no trânsito está enrraizada na mente dos moradores de CG.
 
Aramis Antônio Freitas em 03/06/2012 02:31:28
Ja que a pessoa nao tem a disciplina de nao dirigir depois de beber o mínimo que pode fazer dirigindo embriagado e' ir devagar. Pelo menos se houver acidentes nao vai ser tao desastroso como esse.
 
Bruno Carvalho em 02/06/2012 12:51:18
Agora ele diz que não irá fugir das responsabilidades.

Ele tentou fugir e só conseguiram pegar no flagrante graças ao motor do carro dele que parou de funcionar.

Bandido é bandido! Condutor que enche a cara e mata deve ser indiciado por homicídio doloso.
 
Jose da Silva em 02/06/2012 12:04:19
Não o vejo como um Marginal como li em alguns comentários, vamos ser realistas cada um dos senhores, já viu ou esteve com alguém bebendo e depois pegando seu veiculo isso acontece todos os dias: seja em churrasco, barzinhos, frente de casa, etc...

Acreditar que quem bebe, vai parar de beber e dirigir seu próprio veículo é ser sonhador. Infelizmente é um absurdo mais é "Natural".
 
Ítalo Picasso em 02/06/2012 11:42:31
Estou morando longe de Campo Grande a alguns anos, tenho muita saudade da minha cidade, mas em contrapartida, fico cada vez mais assustado com a violência no trânsito e a falta de educação dos motoristas. Esse cidadão deve ficar preso por muito tempo, pra pagar pelo que fez, matou um pai de família, quando este voltava do trabalho. Lamentável.
 
Fagner Alves de Oliveira em 02/06/2012 10:58:36
É urgente que seja revisto no nosso País a questão relativa a bafômetro e/ou a coleta de sangue para constituição de prova. Nossas instituições (oab, juízes, conselhos comunitários de segurança, igreja ...) devem iniciar esta cruzada para mudar o princípio constitucional de não produzir provas contra si, especialmente, com relação ao trânsito.
Democracia é a busca do interesse coletivo.
 
Paulo Cezar em 02/06/2012 09:21:51
Arrependido?Muito bem!O fato de estar arrependido não trará meu primo de volta,ele se foi e deixou minha prima e um bebê de pouco mais de um ano.Ele disse que não viu ninguém na frente dele, concerteza não deve ter visto mesmo, devido a tanto álcool ingerido.Sinto muito se ele passou por problemas,como a morte da mãe, mas nada dá a ele o direito de beber e sair dirigindo sem medir as consequência.
 
Juliana Aguiar em 02/06/2012 08:43:41
É uma situação muito complicada,só ter lei não basta,todos nós sabemos que Campo Grande após a meia noite é um deserto, porque não aumentar o patrulhamento de tansito no periodo noturno para punir elementos que dirigem embriagado antes de acontecer acidentes,fiscalizar as regiões das casas noturnas que aglomeram os beberrões, jeito tem só falta vontade politica das autoridades p/ buscar soluções.
 
porfirio vilela em 02/06/2012 07:24:55
A 25 anos moro fora do Brasil ou seja, mais da metade da minha vida... aqui na Alemanha não tem essa de recusar o bafometro, se recusar vai detido e uma amostra sanguinea é retirada... na minha opnião, enquanto essas leis não mudarem e forem aplicadas consequentemente, as coisas não vão mudar. Quando estou a passeio por ai fico pasmo com a quantidade de pessoas que dirigem alcoolisadas...
 
Antonio da Cruz em 02/06/2012 05:36:29
fran francco,Maysa Mariano da Silva,Ítalo Picasso. LAMENTÁVEL é a forma que vcs pensam, por causa dos pensamentos de vcs muitas vidas estão sendo ceifadas. COLOQUEM-SE no lugar das pessoas que perderam, um filho, um pai, um marido! Foi brutal. Precisamos ser mais HUMANOS. Garanto que se perdessem alguém desta forma, estariam defendendo esse bandido, E que Deus ilumine a cabeça de vcs, sinceramente
 
Annelyse Lobo em 02/06/2012 04:13:32
Infelizmente hoje ha aproximadamente 02:44 mais uma vitima di transito teve sua vida ceifada, ainda não tenho conhecimento se era condutor ou carona,se estava no carro ou na moto, ocorreu na avenida afonso pena com a joao rosa pires.
 
Adinei Silva em 02/06/2012 03:41:03
Um monte de gente aí defendendo que não se pode julgar os outros e bla bla bla... E com esse papinho de "Ah quem nunca saiu pra beber e voltou dirigindo". Quem NUNCA bebeu demais, foi pro motel comer prostitutas, traiu namorada, e matou um cara "sem querer"? Isso é normal. Até um próximo morrer por isso e sua opinião mudar. Certo, eu nem sei se tudo que foi dito é verdade, mas pela foto... Pense.
 
Freitas Fernando em 02/06/2012 03:36:49
NÃO ADIANTA EM NADA COLOCARMOS LEIS MAIS RIGOROSAS E A POPULAÇÃO NÃO TER CONCIENCIA. SE ESTE JOVEM DE VINTE E UM ANOS FICAR PRESO POR 30 ANOS, NÃO MUDARA EM NADA A DOR DA FAMÍLIA, O QUE SE TEM QUE TER É CONSIENCIA, O FATO AQUI, NÃO É A JUSTIÇA QUE É FALHA, OU AS LEIS QUE SÃO BRANDAS E DEIXA LAGUNAS, O GRANDE XIS DA QUESTÃO É A CONCIENCIA, QUESTÃO DE AMOR AO PROXIMO.
 
Iara Moura em 01/06/2012 11:48:06
Ja quem ninguem vai parar de beber, e nem sempre tera fiscalização!!! enche a cidade de cameras de monitoramento! ja que esse nao é um caso isolado, tem motorista que avança sinal sem estar alcoolizado e nao tem dia e nem hora para fazer isso! Anda 5 minutos no centro..... vc passa mal com a falta de responsabilidade!!
 
Luiz Rodrigues em 01/06/2012 11:47:08
VAMOS VER QUANTAS PESSOAS MAIS PRECISARA MORRER PARA QUE OS MOTORISTAS SE CONSIENTISSEM QUE BEBER E DIRIGIR NÃO É UM BOM NEGOCIO, SÓ AQUI NO ESTADO JÁ É O 3° CASO EM MENOS DE UM MÊS, JOVENS ACABANDO COM A VIDA DELES E DE INOCENTES, PORQUE UMA COISA É CERTA, NUNCA MAIS TERÃO PAZ EM SUA CONCIENCIA, ESSE RAPAZ NUNCA MAIS CONSEGUIRA LEVAR A VIDA DELE NORMALMENTE.
 
Iara Moura em 01/06/2012 11:46:48
Revoltante!!! Se fosse o pai dele que tivesse sofrido acidente por causa de um jovem alcoolizado com certeza ele queria um "Juri popular" . Ali onde ocorreu tragedia tem olho vivo, como não viu se não estivesse em alta velocidade ele teria visto ou diminuído a velocidade o rapaz da moto só não passou por causa do lho vivo, acho que de madrugada não pode ser multado quem passa no sinal vermelho.
 
Adriana Peralta Gomes em 01/06/2012 11:16:36
maysa isso nao tem nada ha ver até poque os faróis ficam a frente e não ao contrario o sinal estava fechado ele tinha que parar, e ao sr doutoorrr advogado dele perdeu a chance de ficar calado o cliente desmentiu o mesmo que antes disse que ele nao estava com uma garota de programa e sim em casa e ai OABBBB?
 
claudinei braz de lima em 01/06/2012 11:04:59
Complementando o comentário - Bom depois que parei de beber tenho a seguinte visão alcool é a pior droga pois é legalizado, DROGAS TO FORA.
 
Heliton Mendonça em 01/06/2012 11:00:28
Eu como estudante d Direito sei q na faculdade jamais aprendemos a ignorar a lei porém sabemos tbm o quanto a lei no Brasil é falha uma coisa é certa como estudante d Direito ele não é bobo sabe que talvez esse drama todo d donzela arrependida pode ajudar ele e muito.Influenciado por professores e um advogado q deve estar sendo bem pago.A péssima justiça do Brasil não paga a vida deste trabalhador
 
Viviane Araujo em 01/06/2012 10:55:36
Richard, a única coisa que vc perdeu, além da honra, dignidade, conceito, respeito e caráter, foi o carro. Vc estava ACIMA da velocidade permitida pela via, só ai vc ja infringiu uma lei. É muito fácil colocar a culpa no rapaz que já morreu, vc devia ser HOMEM e assumir sua culpa, em vez de pedir que seus "amiguinhos" hipócritas e seus professores indignos respondessem por vc ou te defendessem.
 
Joana Santos Lopes em 01/06/2012 10:20:05
esta ai OAB. o que vcs passam para os futuros advogados, - não façam teste do bafometro alunos!!!. parem de se intrometer no serviço da polícia que arrisca a vida para tirar a marginalidade da rua e fiscalizem seus advogados.
 
steve wonder em 01/06/2012 10:05:48
Se fosse um trabalhador não estaria em pleno dia de semana até de madrugada na farra! Qual trabalhador que levanta as 5 da manhã, que pega ônibus, fica até de madrugada em motel, bebendo com prostitutas e ainda bêbado as altas quilometragens por ai. Outro coisa, se fosse um cara sem estudo, um estudante de Direito, que conhece as leis, que tem o DEVER de fazer o certo. Justiça! Justiça! cadeia!!
 
pablitto Rodrigues em 01/06/2012 09:53:19
Como no estatuto do desarmamento só poderia ser habilitado a pilotar um veiculo automor maiores de 25 anos, já que o transito mata mais que muitas guerras que tem mundo a fora...
 
Emilio Carlos da Silva em 01/06/2012 09:37:39
Querido,Fran Francco vc é pai de familia se for fico admirada com seu sangue frio,de falar uma coisa dessa vc já pensou o que essa viuva de apenas 23 anos vai dizer para o filho quando ele perguntar do pai .Filhinho querido um pobre rapaz rico bebeu e matou o seu pai mas foi um acidende...Então se não tem coisa importante para falar fique queto...
 
Tatiane Antunes em 01/06/2012 08:26:22
Nota-se na entrevista que o èle só está preocupado com as consequencias para êle.
Questiona a capacidade do advogado.
Responssabiliza os professôres pela recusa do teste, acredito não o tenham orientado a conssumir alcool. Tenta encarar como fato normal sua atitude e como fatalidade a consequencia.
Responssabiliza a vitima dizendo que estava sem luz trazeira.
E ainda se anda com ladrão o que é ?
 
José Inacio Dias schwanz em 01/06/2012 08:15:15
Que este jovem sirva de exemplo para os demais, que vá a juri popular, fique trancafiado por um longo tempo. Bebida e direção não combinam, somente com punição severa, teremos uma sociedade mais respeitosa com o próximo. Que a justiça seja feita, sem imparcialidade.
 
Marcos Valente em 01/06/2012 08:13:31
Bom, o que ele faz ou deixa de fazer em motel é problema dele, o que ele fez na rua depois, a maioria de nós já fez também.
Dirigir alcoolizado não foi um ato isolado realizado por ele, e não vi ele se negar a cumprir pelo que fez...

Nossa educação e cultura está errada. Mas ninguém aqui é Deus ou Juiz pra julgar!
Fácil é criticar o cara algemado...

Lamento a perda da família
 
Maysa Mariano da Silva em 01/06/2012 08:10:06
É linda a história do mocinho. Agora está arrependido quer ajudar a familia do rapaz. Deveria ter responsabilidade antes de pegar a direção de um veiculo de forma em que se encontrava. Apronta em motel, ainda abre a bolsa da garota e ainda vem em alta velocidade e atinge um pai de familia, que se preocupou em não furar o sinal vermelho, para não ser multado e vem um irresponsável e faz o que fez.
 
vanessa silva em 01/06/2012 07:24:31
Ta arrependido? mas que obrigação esse sujeito cuidar da famila da vitima, tem que existir penas mais severas nesse pais com relação a todos os crimes, esse sujeito tem que sentir no bolso e na alma o peso da perda de um pai de familia.nao adiante ter dó dele, errou tem que pagar e caro muito caro. juri popular para esse sujeito sem responsabilidade.
 
isaias almeida em 01/06/2012 07:03:35
Caso parecido com o do Thor Batista...
 
DANIEL REZENDE FIGLIOLINO em 01/06/2012 07:00:14
Boa noite,

Minha opinião é: O rapaz cometeu homicídio doloso, esse é o primeiro ponto.
O segundo, o Estado é culpado por sua omissão. Moro aqui a 7 anos, nunca vi nem de longe fiscalização, punição.. algumas raras vezes vejo campanhas educativas. Vai o alerta para os Governos Municipal e Estadual.
 
Igor Oliveira em 01/06/2012 06:46:13
FRAN FRANCO: TOMA A SUA E FIQUE NA SUA...
 
Carlos Renato Lopes em 01/06/2012 06:41:02
É fácil condenar o rapaz, mas aposto que tem muitos aí que vão para as baladinhas, para o churrasquinho do fim de semana,bebem e saem dirigindo,não todos mas grande maioria,nem conheço o rapaz, mas tenho muitos, e muitos conhecido mesmoo que bebem e saem dirigindo. Acho que só tem moral pra julgar o cara quem nunca bebeu e dirigiu depois,Macaco senta em cima do rabo e fala dos outros.
 
fran francco em 01/06/2012 06:19:13
sinto muito dar essa noticia! mais segundo julgado recente do STF (Supremo Tribunal Federal, 2011) houve uma desconstituição do crime doloso praticado em acidentes de transito, ou seja, todo acidente de transito hj é considerado culposo, salvo crime de ''racha'' pois este eh tratado na legislação especial. como ele eh réu primário nem vai preso, só vai pagar serviços a comunidade.
 
renato russo em 01/06/2012 06:18:10
daqui a alguns dias vai ser condenado a trabalhos sociais igual ao outro de meses atras, que está nos finais de semana paseando de ambulância com os bombeiros e nada lhe acontecerá, podem crer. isto é BRASILSILSILSILSIL...........
 
jose da silva em 01/06/2012 06:05:02
Trabalho Em Boate nos FDS, e posso dizer com certeza que 90% dirigem após ingerir bebida alcoólica., Mas a maior revolta é saber que a justiça sabe disso, o prefeito sabe muito bem., Por que não fazem uma operação nas saídas das boates para punir esses infratores? Quantos pessoas mais terão que morrer para que uma providencia seja tomada?? Lamentável como a vida é levada por certas pessoas.
 
Toni Dobis em 01/06/2012 06:00:18
UM MINUTO DE BOBEIRA E TODA UMA VIDA SE ESVAZIA.... PELO QUE MOSTROU A REPORTAGEM O CAMARADA JÁ TINHA BEBIDO, JÁ TINHA ROUBADO UMA PROSTITUTA, JÁ TINHA DISPARADO ARMA DE FOGO, SERÁ QUE NÃO CHEGAVA TANTA COISA ERRADA, TINHA QUE CORRER DESSE TANTO,, PRA QUÊ????
 
NILSON DA SILVA FEITOSA em 01/06/2012 05:54:44
E mais: que ele vá SIM a juri popular. E que o dia desse acidente tão horrível esteja na memória de todos aqueles que façam parte do juri.
Somente uma punição severa e exemplar evitará que outras famílias passem pelo q sofrimento que essa família está passando.
Só existe um sentimento que resume tudo isso #revolta
 
Milena Souza em 01/06/2012 05:32:01
Nao tem dinheiro que ele possa dar a familia que vai recuperar o que ele fez, nem diminui a dor, a familia dele pode ver ele na cadeia e a do rapaz que morreu?O maximo que pode é acender uma vela.Quantos mas vai perde a vida assim e nada acontece a populacao ja cansou de tanta impludencia, chegou num ponto que nao da mais para aceita.Cadeia vai ter sim q paga sem duvida
 
susan keyla mendes ferreira em 01/06/2012 05:32:00
Engraçado ele falar em fatalidade.
Fatalidade seria se ele tivesse dirigindo corretamente e acontecesse algum acidente. O que ocorreu foi pura imprudência. Ele assumiu SIM o risco e agora esperamos que ele pague por isso. Tirou de uma criança o direito de ter o pai presente em seu desenvolvimento e de uma família o arrimo, o suporte para os momentos difíceis. QUE A JUSTIÇA SEJA FEITA.
 
Milena Souza em 01/06/2012 05:18:00
Acredito que mesmo se o motociclista estivesse com os faróis apagados ele teria visto se não estivesse bêbado, e correndo.
Sou um jovem também, de vez em quando eu dirijo sob o efeito de álcool, mas NUNCA que vou acelerar pra chegar mais rápido. Nada justifica, entendo o arrependimento do jovem, mas devemos pensar antes de agir, não agir e depois se arrepender! Esse é meu ponto de vista.
 
Antonio Cruz de Souza em 01/06/2012 05:17:13
Bom agora é tarde para ele pensar ou se arrepender ele acabou com a vida d uma pessoa,deixou uma familia destruida e um bebe sem o pai.Sera q ele nao poderia ter pensado nisso antes?Sera q o a faculdade nada acrescenta na vida dele?Ou seja tdo que ele passa agora é pouco para o que fez..Ninguem tem o direito de sai matando as pessoas assim , ele corria pq?dirigia bebado pq?furou o sinal pq?
 
susan keyla mendes ferreira em 01/06/2012 05:09:54
Ele tem que pagar caro por estar em alta velocidade e furar o sinal vermelho.
 
genésio rodrigues costa em 01/06/2012 05:03:00
Maysa Mariano da Silva mesmo se estivesse com os farois com problema ele passou num semaforo fechado a mais de 7 segundo a mais de 80 km por hora nada justifica esse cara tava drogado e vai ter que cumprir a pena na cadeia se não quiser ser linxado pela população
 
William Alves da Silva em 01/06/2012 05:01:28
Se como o rapaz mesmo diz que 90% dirige após ingerir bebida alcoólica, uma alternativa seria sair de táxi quando há a intenção de beber. Mas os preços praticados em Campo Grande não ajudam essa possibilidade. Não posso dizer que isso estimula ou justifica quem bebe e sai guiando. Mas penso que a condenação virá, e o que será feito para os demais que ainda circulam nas ruas de madrugada?
 
Bruno Perez em 01/06/2012 04:48:35
Sabia, que nesse angu tinha caroço!!!
É só apertar o peão que ele conta a verdade, e a história do motel, que vi comentários na outra reportagem, que a garota só estava querendo aproveitar da situação... e agora... vai continuar defendendo ele!!!!
 
Margarida Rodrigues em 01/06/2012 04:43:40
Uma coisa eu concordo com ele, so os Evangelicos que vao em restaurante e pizaria tomam suco e refrigerante..... o resto e alcool mesmo nao adianta negar porque tomo mundo bebe e sai de carro ainda mais aqui que todo mundo tem um veiculo, so que 99% nao sai fazendo besteira no transito, vai embora de vagar, nao estou defendendo beber e dirigir, mas é a realidade........, bebida, direção, jovem ...
 
joao de souza em 01/06/2012 04:43:10
E agora perdeu a namorada tb... tava com uma garota de programa xiiii...
 
Willian Menezes em 01/06/2012 04:40:56
Maysa...

Acredito eu, de que:
Quem "não deveria estar com os faróis funcionando"... é você.
 
Margarida Rodrigues em 01/06/2012 04:40:27
Que eu saiba os professores não ensinam:.... que podem, beber e dirigir, ele aprendeu a só a parte que lhe interessa... infelizmente...
 
Margarida Rodrigues em 01/06/2012 04:38:06
KD A AGENTRAN QUE NÃO VAI PARA A PORTA DOS BARZINHOS DA AFONSO PENA, OS POLICIAIS COVARDES E PAU MANDADOS FICAM SÓ NA PERIFERIA , QDO OS BANDIDOS DE FATO ESTÃO PASSEANDO NO CENTRO DA CIDADE BEBADOS E COMETENDO BARBARIDADES, COMO NO CASO NO DO ASSASSINO DO BRUNO SEGURANÇA DE UMA BOATE!!!
 
Maud Teixeira em 01/06/2012 04:32:51
Como? Não fez o teste por orientações dos professores? Os professores também explicaram para ele o que significa Dolo Eventual? Ele Perdeu Muito? Quem Perdeu Mais? Ele ou o Rapaz Que Perdeu a Vida? NÃO FOI ACIDENTE!!!
 
Daniel Andrade em 01/06/2012 04:31:07
Nada que ele diga justificará.....
 
gualter eugenio em 01/06/2012 04:28:04
Nada justifica o que esse rapaz fez, agora ele tem que arcar com as consequencias. Porem isso nunca mais vai trazer a vitima de novo, meus sentimentos para os familiares da vitima.
 
Milton Abrão em 01/06/2012 04:25:10
Se vc fosse meu filho Richard, estaria chorando, como se vc fosse a vitíma, que isso sirva de lição pra vc e para seus amigos.
 
Adriana Araujo em 01/06/2012 04:24:43
E muito interessante saber que nossos professores estao ensinando certinhos os alunos.
Sua afirmação pod ate esta certa de 90% andar depois do consumo de alcool mais sao pouco que acham que estao numa ferrrarri e sai a mil, nao se preocupando com o proximo ,
Farois nao funcionando ??? aee sempre o culpado e o motociclista
 
jose dos santos em 01/06/2012 04:21:02
Mesmo se estivesse este rapaz e nem um outro motorista tem o direito de sair pelas ruas seja de madrugada ou não em alta velocidade. Como ele ficara que se um irmão dele? não sabemos se o motociclista estava mesmo com o farol apagado, o fato é que o motorista é bem orientado quando fez o curso do processo para tirar a sua CNH. NO CURSO PARA CNH ELES FALAM NÃO PODE BEBER E DIRIGIR.
 
Dion Paulo em 01/06/2012 04:20:43
Pois é bacana, sua vida não acabou não tem tudo pela frente, coitado da familia que perdeu um trabalhador, um filho, um pai sei lá, que estava voltando pra casa. Agora é tarde demais pra pensar em si mesmo, como vc tem muitos, tb trabalho a noite qd volto, tb querem passar por cima de mim, mas tomo muito cuidado, mesmo qd o sinal tá verde pra mim.
 
Adriana Araujo em 01/06/2012 04:16:11
Estranho, ele voltava sentido 15 de novembro, ou ia sentido PPoderes?
Estranho, não bate muito com as coisas não.
Ainda tá de fogo
 
Orlando Lero em 01/06/2012 04:11:45
Não faz mais que a obrigação ajudar a família do trabalhador morto!
Palhaçada!!!
 
Giselli Souza em 01/06/2012 04:10:07
Acredito que o motociclista não devia estar com os faróis funcionando.
 
Maysa Mariano da Silva em 01/06/2012 04:09:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions