A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

16/12/2015 17:06

Acidentes de trânsito mataram 86 pessoas na Capital, redução de 23%

Viviane Oliveira
Na segunda-feira, Maryane após o carro em que estava colidir contra um poste. (Foto: Fernando Antunes) Na segunda-feira, Maryane após o carro em que estava colidir contra um poste. (Foto: Fernando Antunes)

Na primeira quinzena deste mês, cinco pessoas já morreram no trânsito de Campo Grande. No total, de janeiro até agora, foram registrados 86 acidentes com óbitos. Apesar do número alto, houve queda de 23% se comparado com o ano passado, quando foram 112 casos. Durante todo o mês de dezembro de 2014 foram dez acidentes com mortes. Os dados são da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). 

Veja Mais
Garoto pega carro escondido, bate em poste e acidente mata namorada de 16
Carro fura sinal e atropela ciclista de 40 anos, que morre no hospital

Na segunda-feira (14), Mariany de Oliveira Meira, 16 anos, morreu após o carro em que estava colidir contra um poste. A vítima era passageira de um veículo HB 20 Sedan conduzido pelo namorado dela de 16 anos. O garoto seguia na Avenida Nasri Siufi, esquina com a Rua Restinga, no Jardim Tarumã, quando perdeu controle da direção, saiu da pista e colidiu contra um poste poste, que caiu sobre a adolescente. Ela morreu no local.

O ciclista Jefferson Antônio Torraca, 40 anos, morreu na madrugada da última segunda-feira, na Santa Casa. Ele foi atingido por um veículo e uma moto na noite de domingo, na Avenida Guaicurus, no Bairro Universitário. Os motoristas que causaram o acidente fugiram sem prestar socorro.

No último sábado (12), dois motociclistas morreram no trânsito da Capital. O primeiro acidente foi na Avenida Presidente Vargas, no Bairro Santo Amaro. Luís Fernandes Marquês Aragão, 16, seguia em uma moto Honda Titan, de cor prata, quando foi atingido por um veículo Gol, que estava na contramão. O garoto era funcionário de uma oficina mecânica e estava em horário de expediente.

A segunda vítima foi o Policial Militar Ronaldo Correia de Andrade, 35. Ele conduzia uma motocicleta, quando foi atingido por um Kadett, de cor prata, na Avenida Spipe Calarge, que não respeitou a sinalização e furou sinal vermelho. A vítima foi socorrida, mas morreu no hospital. O motorista, que não teve o nome revelado, era foragido da Justiça, por não pagar pensão alimentícia.

No dia 2, o motociclista Renato José Gianetti, 58 anos, perdeu a vida após ser colhido por um veículo no cruzamento da Rua Maranhão com a Alagoas, na Vila Gomes, em Campo Grande. Depois de três dias, a vítima foi Wiwiany Barbosa de Andrade, 19 anos. Ela colidiu a motocicleta biz em um poste de energia elétrica na Avenida Gunter Hans, no Bairro Aero Rancho. A jovem seguia em direção ao Centro da Capital, quando aconteceu o acidente.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions