A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

22/07/2014 12:33

Agetran transforma ruas em mão única no Centro e São Francisco

Aline dos Santos
Rua Abrão Júlio Rahe começou a receber nova sinalização. (Foto: Simão Nogueira)Rua Abrão Júlio Rahe começou a receber nova sinalização. (Foto: Simão Nogueira)

A rua Abrão Júlio Rahe começou a receber nova sinalização nesta terça-feira e será transformada em mão única, no trecho entre ruas Ceará e Pedro Celestino, até amanhã.

Veja Mais
Fim de caos em rotatória da Via Parque prevê mão única na Amazonas
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste

De acordo com o diretor de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Transporte e trânsito), Sidinei Oshiro, hoje, a mudança será entre a Pedro Celestino até a rua Bahia. “Amanhã, faz até a rua Ceará”, afirma.

O trabalho é feito com interdições quadra por quadra. Na primeira etapa, entre as ruas Pedro Celestino e Padre João Crippa, foram cobertas as faixas amarelas e pintadas as faixas brancas delimitando três pistas para circulação de veículos e duas para estacionamento. O fluxo será no sentido Ceará a Pedro Celestino. “Os locais recebem sinalização vertical e horizontal”, afirma o diretor.

Em outros pontos da rua Abrão Júlio Rahe, que ainda não foram interditados e seguem com fluxo em duas mãos, a sinalização horizontal de Pare foi pintada, restando somente as placas, como no cruzamento com a José Antônio.

Logo que ganha a nova sinalização, o trecho é liberado já com a mão única. Conforme o diretor de trânsito, os agentes vão permanecer nos locais orientando os motoristas. “Ficam o tempo necessário. Até o pessoal está andando certinho. Pode ser uma semana, 10 dias, 15 dias. Por isso estamos fazendo assim, gradualmente”, afirma Oshiro.

Ainda de acordo com ele, a mudança é feita durante a semana e em horário comercial porque a via comporta a interdição. “É um horário que dá para fazer e é ideal para que os condutores assimilem”, salienta.

Diretor de trânsito, Sidinei Oshiro diz que reordenamento pode levar até três meses. (Foto: Simão Nogueira)Diretor de trânsito, Sidinei Oshiro diz que reordenamento pode levar até três meses. (Foto: Simão Nogueira)
Para Carlos Roberto, mudança vai resolver congestionamento. (Foto: Simão Nogueira)Para Carlos Roberto, mudança vai resolver congestionamento. (Foto: Simão Nogueira)

No entanto, o horário para a obra foi criticado pelo farmacêutico-bioquímico Flávio Shinzato. Em frente ao laboratório, ele assistia ao avanço das obras porque a interdição deixou o local sem pacientes. A coleta é feita no começo da manhã e o exame laboratorial realizado durante o dia. “Fiquei sem trabalho hoje”, diz.

Ele afirma que a mudança de mão dupla para sentido único vai dificultar o acesso ao laboratório, porque o cliente que for de carro vai precisar dar mais voltas para chegar ao local. O fator surpresa também foi criticado. “Não avisaram para os moradores”, diz Flávio.

Para o cabeleireiro Carlos Roberto de Lima, 48 anos, a mão única vai melhorar o fluxo dos veículos, dando fim aos congestionamentos. Contudo, avalia que o principal problema da região é a falta de vagas para estacionamento.

Mudanças - O reordenamento viário também inclui outras ruas do Centro e bairros Vila Célia e São Francisco, em Campo Grande. Como a Amazonas, Pernambuco, Eduardo Santos Pereira e Rua das Garças. No sistema binário, uma rua “sobe” e a próxima via paralela “desce”.

“Como a Rua das Graças é mão única, a próxima será a Eduardo Santos Pereira”, afirma o diretor de trânsito. A previsão é que o reordenamento leve até três meses para ser concluído.

Com a mudança, serão retiradas as rotatórias. Caso da Amazonas, que vai virar mão única e terá rotatórias removidas nos cruzamentos com Brasil, José Antônio, Padre João Crippa e Rui Barbosa.

Segundo o diretor-presidente da Agetran, Jean Saliba, as obras são feitas pela equipe da agência. A medida é para abrir somente uma frente de trabalho, que fará a alteração quadra por quadra. O custo não foi informado.

Conforme a Agetran, serão feitas as seguintes alterações:

Rua Amazonas: sentido único Ceará/Rua 13 de Maio (bairro-centro)

Rua Pernambuco: sentido único da rua 13 de Maio /Ceará (centro-bairro)

Rua Eduardo Santos Pereira: sentido Ceará/rua 13 de Maio (bairro-centro)

Rua das Garças: sentido único rua 13 de Maio /Ceará (centro-bairro)

Rua Abrão Júlio Rahe: sentido único Ceará/ rua 13 de Maio (bairro-centro)

Transversais:

Rua Espírito Santo: sentido único av. Mato Grosso/Amazonas

Rua Alagoas: sentido único rua Amazonas/Mato Grosso

No cruzamento da Abrão Júlio Rahe e Pedro Celestino, sinalização foi alterada. (Foto: Simão Nogueira)No cruzamento da Abrão Júlio Rahe e Pedro Celestino, sinalização foi alterada. (Foto: Simão Nogueira)
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



Vim deixar minha sugestão ao Sr Diretor de Trânsito Sidinei Oshiro: Favor aumentar o tempo do semáforo da 13 de Maio esquina com Av Mato Grosso. Em dias normais ele fecha muito rápido e imagino agora que vai mudar a via Eduardo Santos Pereira descendo somente para 13 de maio, vai congestionar ainda mais. A onda verde devia mesmo funcionar nesse sentido. Grata.
 
ROSELI PEREIRA SANTANA em 23/07/2014 09:14:35
Meu Deus, querem acabar com a cidade mesmo, ruas com mão dupla desafogam o transito, se o motorista tem opção de subir ou descer na mesma rua, isso evita que ele circule mais e complique o transito, nossas ruas largas nos permite termos mão dupla em praticamente toda a cidade, o pessoal da Agetran tá mais perdido que virgem na zona, por favor, alguem impeça que eles destruam nossa cidade. Salvem nossas ruas!!!
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 22/07/2014 13:55:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions