A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

22/07/2014 12:33

Agetran transforma ruas em mão única no Centro e São Francisco

Aline dos Santos
Rua Abrão Júlio Rahe começou a receber nova sinalização. (Foto: Simão Nogueira)Rua Abrão Júlio Rahe começou a receber nova sinalização. (Foto: Simão Nogueira)

A rua Abrão Júlio Rahe começou a receber nova sinalização nesta terça-feira e será transformada em mão única, no trecho entre ruas Ceará e Pedro Celestino, até amanhã.

Veja Mais
Fim de caos em rotatória da Via Parque prevê mão única na Amazonas
Motociclista é atingida por ônibus ao tentar estacionar na Calógeras

De acordo com o diretor de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Transporte e trânsito), Sidinei Oshiro, hoje, a mudança será entre a Pedro Celestino até a rua Bahia. “Amanhã, faz até a rua Ceará”, afirma.

O trabalho é feito com interdições quadra por quadra. Na primeira etapa, entre as ruas Pedro Celestino e Padre João Crippa, foram cobertas as faixas amarelas e pintadas as faixas brancas delimitando três pistas para circulação de veículos e duas para estacionamento. O fluxo será no sentido Ceará a Pedro Celestino. “Os locais recebem sinalização vertical e horizontal”, afirma o diretor.

Em outros pontos da rua Abrão Júlio Rahe, que ainda não foram interditados e seguem com fluxo em duas mãos, a sinalização horizontal de Pare foi pintada, restando somente as placas, como no cruzamento com a José Antônio.

Logo que ganha a nova sinalização, o trecho é liberado já com a mão única. Conforme o diretor de trânsito, os agentes vão permanecer nos locais orientando os motoristas. “Ficam o tempo necessário. Até o pessoal está andando certinho. Pode ser uma semana, 10 dias, 15 dias. Por isso estamos fazendo assim, gradualmente”, afirma Oshiro.

Ainda de acordo com ele, a mudança é feita durante a semana e em horário comercial porque a via comporta a interdição. “É um horário que dá para fazer e é ideal para que os condutores assimilem”, salienta.

Diretor de trânsito, Sidinei Oshiro diz que reordenamento pode levar até três meses. (Foto: Simão Nogueira)Diretor de trânsito, Sidinei Oshiro diz que reordenamento pode levar até três meses. (Foto: Simão Nogueira)
Para Carlos Roberto, mudança vai resolver congestionamento. (Foto: Simão Nogueira)Para Carlos Roberto, mudança vai resolver congestionamento. (Foto: Simão Nogueira)

No entanto, o horário para a obra foi criticado pelo farmacêutico-bioquímico Flávio Shinzato. Em frente ao laboratório, ele assistia ao avanço das obras porque a interdição deixou o local sem pacientes. A coleta é feita no começo da manhã e o exame laboratorial realizado durante o dia. “Fiquei sem trabalho hoje”, diz.

Ele afirma que a mudança de mão dupla para sentido único vai dificultar o acesso ao laboratório, porque o cliente que for de carro vai precisar dar mais voltas para chegar ao local. O fator surpresa também foi criticado. “Não avisaram para os moradores”, diz Flávio.

Para o cabeleireiro Carlos Roberto de Lima, 48 anos, a mão única vai melhorar o fluxo dos veículos, dando fim aos congestionamentos. Contudo, avalia que o principal problema da região é a falta de vagas para estacionamento.

Mudanças - O reordenamento viário também inclui outras ruas do Centro e bairros Vila Célia e São Francisco, em Campo Grande. Como a Amazonas, Pernambuco, Eduardo Santos Pereira e Rua das Garças. No sistema binário, uma rua “sobe” e a próxima via paralela “desce”.

“Como a Rua das Graças é mão única, a próxima será a Eduardo Santos Pereira”, afirma o diretor de trânsito. A previsão é que o reordenamento leve até três meses para ser concluído.

Com a mudança, serão retiradas as rotatórias. Caso da Amazonas, que vai virar mão única e terá rotatórias removidas nos cruzamentos com Brasil, José Antônio, Padre João Crippa e Rui Barbosa.

Segundo o diretor-presidente da Agetran, Jean Saliba, as obras são feitas pela equipe da agência. A medida é para abrir somente uma frente de trabalho, que fará a alteração quadra por quadra. O custo não foi informado.

Conforme a Agetran, serão feitas as seguintes alterações:

Rua Amazonas: sentido único Ceará/Rua 13 de Maio (bairro-centro)

Rua Pernambuco: sentido único da rua 13 de Maio /Ceará (centro-bairro)

Rua Eduardo Santos Pereira: sentido Ceará/rua 13 de Maio (bairro-centro)

Rua das Garças: sentido único rua 13 de Maio /Ceará (centro-bairro)

Rua Abrão Júlio Rahe: sentido único Ceará/ rua 13 de Maio (bairro-centro)

Transversais:

Rua Espírito Santo: sentido único av. Mato Grosso/Amazonas

Rua Alagoas: sentido único rua Amazonas/Mato Grosso

No cruzamento da Abrão Júlio Rahe e Pedro Celestino, sinalização foi alterada. (Foto: Simão Nogueira)No cruzamento da Abrão Júlio Rahe e Pedro Celestino, sinalização foi alterada. (Foto: Simão Nogueira)



Vim deixar minha sugestão ao Sr Diretor de Trânsito Sidinei Oshiro: Favor aumentar o tempo do semáforo da 13 de Maio esquina com Av Mato Grosso. Em dias normais ele fecha muito rápido e imagino agora que vai mudar a via Eduardo Santos Pereira descendo somente para 13 de maio, vai congestionar ainda mais. A onda verde devia mesmo funcionar nesse sentido. Grata.
 
ROSELI PEREIRA SANTANA em 23/07/2014 09:14:35
Meu Deus, querem acabar com a cidade mesmo, ruas com mão dupla desafogam o transito, se o motorista tem opção de subir ou descer na mesma rua, isso evita que ele circule mais e complique o transito, nossas ruas largas nos permite termos mão dupla em praticamente toda a cidade, o pessoal da Agetran tá mais perdido que virgem na zona, por favor, alguem impeça que eles destruam nossa cidade. Salvem nossas ruas!!!
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 22/07/2014 13:55:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions