A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Janeiro de 2017

24/04/2014 09:38

Alta velocidade e aquaplanagem causaram tragédia na 163, diz Polícia

Graziela Rezende
Tragédia mobilizou PRF, Samu e Corpo de Bombeiros. Foto: Marcelo VictorTragédia mobilizou PRF, Samu e Corpo de Bombeiros. Foto: Marcelo Victor

A Polícia Civil e a perícia constataram que a alta velocidade aliada a aquaplanagem foram as causas da tragédia na BR-163, ocorrida há dois dias e que matou quatro pessoas. Segundo o delegado Weber Luciano de Medeiros, que foi até o local do acidente, as investigações serão conduzidas pela 3ª Delegacia da Capital.

Envolvido no acidente, o motorista da carreta, Claudemir de Oliveira, 42 anos, continua internado. Ele já está no setor de ortopedia, após passar por um procedimento cirúrgico. A informação inicial do Corpo de Bombeiros é de que ele tinha fraturado as duas pernas. Além dele, o passageiro da carreta também ficou ferido.

No entanto, não houve nenhum sobrevivente do veículo Ford Focus, de Nova Santa Rosa (PR). Anderson Luiz Bourscheidt, 30 anos, Leoni Schulz, 19 anos, Osvaldo Hain, 57 anos e o instrutor de trânsito Miguel Pinheiro da Silva Filho tiveram morte instantânea logo após o motorista deslizar na pista e colidir na carreta.

Outros dois veículos se envolveram no acidente, mas quatro pessoas saíram ilesas. O trânsito ficou interditado por horas, até o momento da retirada do motorista da carreta e o passageiro, que ficaram presos às ferragens.




Lamentável, e nas outras matérias falavam que o Focus estava com "velocidade compatível".... e toda hora dique que colidiu com uma "carreta"... por acaso é apenas um CAMINHÃO, carreta é: A parte em que fica a cabine recebe o nome de cavalo mecânico e a parte em que fica a carga (módulo de carga) é o semi-reboque.
 
Silvio Cesar Siravegna em 24/04/2014 12:41:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions