A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

16/06/2014 16:08

Após acidente, moradores reclamam do trânsito nas Moreninhas 2

Dois veículos se envolveram em um colisão na manhã desta segunda-feira

Renan Nucci
Miguel reclama da imprudência de motoristas. (Foto: Pedro Peralta)Miguel reclama da imprudência de motoristas. (Foto: Pedro Peralta)

Dois veículos se envolveram em um acidente de trânsito ocorrido na manhã desta segunda-feira (16), no cruzamento das ruas Ipamerim e Barueri, no bairro Moreninhas 2, em Campo Grande. Moradores afirmam que o local é perigoso e que já foi palco de vários acidentes. Eles reclamam da imprudência dos motoristas e cobram a instalação urgente de um semáforo.

Veja Mais
Casa de carnes quase é invadida em acidente de trânsito nas Moreninhas
Acidente envolvendo dois carros e uma moto deixa trânsito lento na Zahran

Um Fusca aguardava na Ipamerim para poder atravessar a Barueri, quando foi atingido na traseira por um Corsa Sedan Classic. Com o impacto, o Fusca foi arremessado para o outro lado da vida, batendo de frente na parede de uma casa de carnes. O motorista teve escoriações e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros. O condutor do Corsa nada sofreu.

Miguel Braz, 33 anos, trabalha há cerca de dois anos na casa de carnes atingida no acidente. Ele conta que o cruzamento das ruas é perigoso, principalmente por causa de alguns motoristas que não respeitam a sinalização e sempre invadem a via preferencial, no caso, a Barueri. O açougueiro acredita que um semáforo é a solução para este problema.

“É comum acidentes ali. Já vi vários casos, e acho que se um semáforo não for instalado, outros vão continuar acontecendo. Muita gente não respeita a preferencial”, disse ele destacando que se assustou na hora da batida, imaginando que o Fusca fosse invadir a casa de carnes.

Júlio César de Oliveira, 61 anos, morador nas Moreninhas há mais de 30 anos, partilha da mesma opinião de Miguel. Além do fato de o cruzamento ser arriscado, ele diz que há muito tempo a comunidade pede um semáforo naquele ponto. O último acidente aconteceu há cerca de dois meses, sem feridos, apenas com danos materiais.

“As autoridades já foram avisadas dessa necessidade. Toda vez que passo por este cruzamento tomo muito cuidado, porque nem sempre a sinalização é respeitada. Não sei até quando vai ser assim”, afirmou.

Fusca bateu na parede de uma casa de carnes. (Foto: Pedro Peralta)Fusca bateu na parede de uma casa de carnes. (Foto: Pedro Peralta)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions