A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

07/11/2012 17:22

Após vários acidentes na BR-163, moradores anunciam protesto por segurança

Viviane Oliveira
Moradores reclamam que são constantes os acidentes no local. Foto: João Garrigó)Moradores reclamam que são constantes os acidentes no local. Foto: João Garrigó)

Os moradores de Anhanduí vão realizar uma manifestação pedindo paz na BR-163 que corta o distrito. O ato será nesta quinta-feira (8) às 19 horas em frente à Igreja Católica, no quilômetro 420 da BR-163, mesmo local onde um jovem morreu, vítima de acidente de trânsito na última sexta-feira (2).

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A manifestação será durante a missa de 7º dia de Leandro Cesar Ferreira, 30 anos, que morreu em acidente de moto. O movimento foi organizado pela Paróquia Santa Catarina, de Anhanduí.

Pela internet, familiares e amigos mobilizam o maior número de pessoas possível para comparecer à celebração religiosa e ao protesto para pedir paz no trânsito.

“Leandro era muito especial para todos nós e foi mais uma vítima desta rodovia. Nossa intenção é chamar a atenção da sociedade e das autoridades políticas e de trânsito. Porque nós precisamos ser vistos. Hoje foi o Leandro, ontem foram muitos, amanhã poderá ser qualquer um de nós”, protesta o padre Eduardo Galvão.

A falta de opções de emprego no distrito é mais um agravante para o risco no trânsito. Muitos moradores enfrentam a BR-163, diariamente, para ir trabalhar.

Leandro, por exemplo, estava a caminho do posto de combustível que fica há 12 quilômetros de distância, onde trabalhava. Em 2007, duas professoras também morreram em um acidente, quando trafegavam pela rodovia para chegar à EM Isauro Bento Nogueira, onde lecionavam.

Além da população que reside no distrito, há ainda um grande número de pessoas que moram nos assentamentos e pequenas propriedades rurais que ficam no entorno do Anhanduí.




fazer protesto nao adianta nada esse povo tem que ter e conciencia ,o indigena que colidiu com o caminhao nem cnh tinha,esse povo ai da roça compra moto ai sai na rodovia se achando o dono da estrada,se eles soubessem que um caminhao medio com peso bruto de 25 tn a 80 km por hora necessita de 500 metros para parar definitivamente,eles paravam de fazer burrada no transito.morreu morreu que deus o tenha,mas ele procurou a propia morte!
 
vanderson vilalba em 11/11/2012 21:38:46
Infelizmente perdi um primo!
Quero que com este ocorrido o estado tome as devidas providências para a precariedade de segurança no transito!
Que Deus possa dar conforto a nossa família e em especial a sua noiva. Que Deus possa acolhe-lo, fique em paz!
Te Amamos ♥
Sentiremos Saudades
 
Luana Serafim em 09/11/2012 17:50:11
na minha opinião, aprovo o gesto da comunidade, pois não há outra coisa que eles possam fazer alem de gritar, em apelo pela paz. não adianta lombadas eletronicas, pois só da dinheiro ao governo, deveria fazer quebra molas, resolveria mas a situação.
 
paulo justino da silva em 08/11/2012 18:03:31
As autoridades não tem nada a ver com a irresponsabilidade da maioria dos condutores.Na minha opinião protesto ridículo e sem efeito algum.Curto e grosso, ponto final.
 
marcos smoliak em 07/11/2012 22:24:11
Em audiência com Superintendente do DNIT, empossado recentemente Engº EULLER DOS
SANTOS, garantiu para o JUCA que assim que assinar o contrato com a empresa que ganhar a licitação dos serviços, fará melhorias com mais sinalização, mais placas, pintura de faixas de pedestres, sonorizadores na BR. 163, na entrada e saída do Distrito de Anhanduí. Para documentar nosso pedido protocolamos ofício pedindo quebra molas ao longo da travessia.

Juca 99569834
 
JOAQUIM JACOBOSKI em 07/11/2012 19:32:09
Essa simpatia de pessoa foi nosso aluno na EM Isauro Bento Nogueira. Hoje fiquei sabendo que sofreu um acidente na BR 163 e veio a falecer. Até quando vamos sofrer com essas estradas matadeiras, sem mão dupla e, que matam barbaramente pessoas de todas as idades. Temos certeza que será mais uma estatística de violência no trânsito. Aos políticos insensíveis à causa, vai essa frase de Saramago: "Se tens um coração de ferro, bom proveito. O meu fizeram-no de carne e sangra todo dia". A Deus rogamos que nosso aluno querido, descanse em paz!!
 
Lenita Barbosa Pinese em 07/11/2012 19:07:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions