A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

24/06/2011 15:40

BR-163 é liberada após acidente envolvendo quatro carretas e uma caminhonete

Viviane Oliveira

Uma pessoa morreu carbonizada

Quatro pessoas ficaram feridas e uma morreu carbonizada em acidente envolvendo quatro carretas e uma caminhonete. (Foto: Correio do Sul)Quatro pessoas ficaram feridas e uma morreu carbonizada em acidente envolvendo quatro carretas e uma caminhonete. (Foto: Correio do Sul)

A BR-163, que estava interditada desde as 6h20 de hoje devido um acidente envolvendo quatro carretas e uma caminhonete F-250 em Naviraí, foi liberada por volta das 14h30 de hoje.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, quatro pessoas ficaram feridas e foram levadas para o Hospital Municipal do Município. O condutor de uma das carretas, que ainda não foi identificado, morreu carbonizado. Os Bombeiros continuam no local para fazer serviço de rescaldo.

Acidente - A carreta de placa AKM-5683, de Sorriso (MT) estava carregada com sorgo. A outra, de placa APJ-2554, também de Sorriso, estava transportando milho. As duas cargas ficaram espalhadas na pista.

Por conta da colisão, uma caminhonete F250 também foi incendiada e ficou destruída. Os ocupantes conseguiram sair a tempo e não sofreram ferimentos. Uma densa neblina cobria a região no momento da colisão, fator que pode ter contribuído para a colisão.

Por conta do acidente um congestionamento de 8 quilômetros se formou nos dois sentidos da rodovia.




Poucos q viajam pela br163 nos estados de MS e MT tem noção do risco q correm; Na grande maioria, os condutores(considero marginais) desses caminhões bi-trem que transportam a safra são irresponsáveis, despreparados e contam com a total ausencia de fiscalização por parte da PRF. Caminhões q carregados pesam até 70 toneladas, trafegando em velocidade superior à 120 km/h não podem contar com freio ou controle numa emergência, é assim q a maioria trafega, contando com a conivência dos patrôes donos das transportadoras, pois eles tem de ser responsáveis por seus funcionários, por permitir os abusos q tbm podem ser fiscalizados por eles donos dos caminhões. Eu sou motorista e a empresa em q trabalho não admite abuso de velocidade e exige paradas para pernoite, é simples e fácil para os donos de transportadoras cuidarem disso, mas a maioria dos empresáris não quer, ao contrário, batem palmas pra seus motoristas marginais e imprudentes. BR 163/364 MS/MT , cuidado... TERRA SEM LEI.
 
Lucio Santander. Campo Grande em 24/06/2011 07:33:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions