A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

12/11/2012 19:44

Buracos tomam conta do anel viário na Capital e assustam motoristas

Luciana Brazil
Motoristas precisam desviar de buracos no anel viário de Campo Grande. (Foto:Minamar Júnior)Motoristas precisam desviar de buracos no anel viário de Campo Grande. (Foto:Minamar Júnior)

Ao percorrer o anel viário de Campo Grande, em qualquer um dos trechos da via, os motoristas precisam enfrentar os buracos que se espalham pelo asfalto. As “panelas”  podem causar graves acidentes, como relata quem ganha a vida fazento o trajeto dia e noite.

Veja Mais
Motociclista bate em muro de loja ao tentar ultrapassar veículo no Centro
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras

Ligando as seis saídas da cidade, a situação é crítica em qualquer um dos pontos do anel viário. Rota para quem entra ou deixa Campo Grande, o trecho é,  também, cartão de visita para quem chega à Capital.

Em um dos trechos do anel, mais de seis buracos “enfeitavam” o asfalto, dentro de uma distância de 100 metros, como presenciou a equipe do Campo Grande News, na tarde desta segunda-feira (12).

Quatro vezes por semana o caminhoneiro Júlio Romeno, 47 anos, transita por ali. Em uma das vezes, o caminhoneiro, na estrada há mais de 15 anos, presenciou um acidente causado por uma cratera na via.

"Eu estava atrás de um caminhão, e vinha um carro na outra pista. O caminhoneiro que estava na minha frente foi desviar de um buraco e jogou o caminhão para a outra pista, entrando na frente do veículo. A sorte foi que o motorista do carro conseguiu tirar rápido, mas ainda assim, saiu da pista e bateu o carro na grama e danificou bastante o veículo”.

Além de registrar a situação critica da estrada, a equipe de reportagem acabou sendo vítima da grande quantidade de buracos na pista.  O carro do Campo Grande News caiu em um dos buracos, e mesmo em baixa velocidade teve a roda amassada e a calota quebrada com a força do impacto.

Luis Dias alega que pior trajeto fica entre a saída de Cuiabá até a avenida Guaicurus. Luis Dias alega que pior trajeto fica entre a saída de Cuiabá até a avenida Guaicurus.

Quando chove, o perigo aumenta e muitos motoristas se estressam com a situação da via. O supervisor comercial Fábio Nestor Musskopf, 29 anos, passa duas vezes por semana pelo anel.

As viagens são de Campo Grande até Dourados, no sul do Estado, a 233 km de Campo Grande. Acostumado a trafegar pelo local, Fábio critica o estado atual da estrada que tem piorado com o passar dos anos, segundo ele.

“Eu faço esse trajeto há três anos e de lá pra cá, só piora. Quando chove o risco aumenta porque o buraco fica escondido”.

Segundo Fábio, a sinalização do anel viário não é ruim. “Tem placas e acostamento em quase todos os trechos”, ressalta.

Duas vezes por semana o caminhoneiro Luis Dias, 60 anos, trafega pelo anel e diz que as viagens se complicam nesses trajetos. Pantaneiro, como é conhecido, transporta caroço de algodão do Norte do Mato Grosso para o interior de São Paulo.

“Para mim o pior trecho é o da saída de Cuiabá até a avenida Guaicurus. O fluxo de automóveis e caminhões é grande e o asfalto é muito esburacado”, frisou.

Carro do Campo Grande News ficou danificado após cair em um dos buracos. A roda ficou amassada e a calota quebrou com a força da batida.Carro do Campo Grande News ficou danificado após cair em um dos buracos. A roda ficou amassada e a calota quebrou com a força da batida.
Em alguns trechos é possível ver vários buracos na pista, um atrás do outro.Em alguns trechos é possível ver vários buracos na pista, um atrás do outro.



É o meu trajeto de todos os dias para o trabalho. é simplesmente vergonhosa a situação do mini anel pincipalmente próximo ao viaduto da saída para Três Lagoas e próximo a rotatória para a saída de Sidrolândia: logo após o lixão e no sentido Indubrasil. Seria menos perigoso andar pelo acostamento do que na própria rodovia ( se é que se pode chamar isso de rodovia!). Não consideraram o tráfego intenso de carretas! Não consideraram a vida das pessoas! Além da equipe da reportagem, mais pessoas poderiam dar um passeio por aqui...E viva a colcha de retalhos!!!
 
martha torres em 13/11/2012 14:39:11
É um absurdo a via estar nessa condição. MAS o pessoal está se equivocando um pouco: ESPESSURA DA CAMADA ASFÁLTICA não resolve o problema, no mundo todo se utiliza de 4 a 6cm em quase todas as rodovias, em casos muito específicos pode chegar no máximo a 10cm. Se fosse utilizada uma camada muito espessa, outros problemas surgiriam, por exemplo a deformação do pavimento, criando os famosos "facões". Entendam que o asfalto, ao contrário do concreto, não foi feito para suportar carga, e sim p/ impermeabilizar a base e distribuir as cargas à ela, o asfalto tem pouco resistência à compressão, uma camada muito espessa apenas se deformaria, como eu disse. Os buracos surgem quando a água da chuva infiltra na base e leva material, o asfalto não resiste a carga porque não tem suporte sem base embaixo
 
Paulo Medeiros em 13/11/2012 14:24:24
Esses dias fui vitima desses buracos.Acabou com meus dois aros do lado esquerdo.Tem que tomar providencias para não ocorrer acidente.
 
Maykol coelho em 13/11/2012 12:37:08
Neste domingo quando eu trafegava neste local me chamou muito a atenção essas "panelas", o risco de acidentes é enorme!!! É necessário que seja feito o conserto urgente!!!
 
Laura Costa em 13/11/2012 11:36:02
Denit urgente, precisamos de reparos nas rodovias, por conta da chuva muitas craterar se abriram. Isso danifica nossos veiculos. NA REGIAO DE BANDEIRANTES TBEM TEM UMA CRATERA ENORME. TEM DE TOMAR PROVIDENCIAS.............................................
 
Carlos Lima em 13/11/2012 11:32:19
DENIT a vergonha nacional, qto mais arrecada menos faz como se nao bastasse a tal BALANÇA da BR163 que multa horrores de dia acusando excedente onde nao tem e libera a turma do excesso de peso a noite para destruir ainda mais a rodovia mal concervada.
ATÉ QUANDO VAMOS ENGOLIR ESSE SAPO ATRAVESSADO NA GARGANTA!!!
 
Lucio Arruda em 13/11/2012 11:15:35
Bom esses burracos sao um perigo, alguns dias atras quse sofremos um acidente nesse burraco estava indo de moto e ao passar meu noivo nao viu o burraco, estourou o pneu da moto,por Deus estava indo devagar e nao tinha carro nenhum atras por que se nao,acho que nem aqui estaria.Toda semana o Tapa dinheiro vai la e tampa o burraco vem a chuva e leva tdo.Acho que os responsaveis devia olhar mas para esse trecho e nao fazer um serviço mau feito pq so gasta,acho que so esse mes ja foram umas 2 vezes la tampa, e vem a chuva e leva tdo d novo.Sao vidas que sao colocadas em risco...
 
Susan Mendes em 13/11/2012 08:26:29
Uma vergonha esse Anel já não ser duplicado, extremamente vergonhoso ser pista simples e nessas condições, ainda por cima... E cadê o Arco Norte ligando as saídas de Cuiabá e Rochedo, faz uns 2 anos que está em obras, são apenas 30km. Nesse ritmo, essa equipe duplicaria a BR-163 em 55 anos!!! Ineficiência total, onde está a Prefeitura pra cobrar? Cadê o DNIT e o Governo do Estado. Pessoas estão morrendo na Av. Mascarenhas de Moraes por se envolverem em acidentes com caminhões e carretas que tem que trafegar por dentro da cidade pela falta de continuidade do Anel Rodoviário.
 
Paulo Medeiros em 13/11/2012 08:09:12
Pelos buracos você já ver a qualidade do asfalto com 3cm para circular carretas; é ou não é de analfabeto os autores desses serviço. Qualquer pedreiro sabe que com esse tipo de asfalto não aguenta o peso das cargas e antes de um ano já tem que construir a cocha de retalhos deles.
 
luiz alves em 13/11/2012 08:05:24
Chega a dar nojo de andar em campo grande, melhor andar a pé, parece até proposital em lugares críticos que mais acontecem os buracos em curvas e rotatórias, acho que tapa buraco e falta de vergonha na cara, com tantos tributos nossa pavimentação era para ser a melhor do mundo....
 
Rafael Oliveira em 13/11/2012 08:02:11
AS CHUVAS ESTAO APENAS COMEÇANDO E JA ESTA DESSE JEITO IMAGINA DAQUI UNS DIAS, MINHA PERGUNTA: PRA QUE SERVE ARRECADAÇAO MILIONARIA DOS IMPOSTOS E MULTAS APLICADAS A REVELIA....
 
MARINHO LUIZ SALVATORI em 13/11/2012 07:57:17
Se fosse somente no anel viário seria fácil de resolver. O problema é que as ruas de Campo Grande inteira estão esburacadas, algumas intransitáveis; isto que apenas começou o período de chuvas.
 
Dilce Maria Bresolin em 13/11/2012 07:32:36
Esses buracos estão por todo o Estado, ontem em Ivinhema morreu um trabalhador vitima de uma cratera na rodovia estadual MS-276, até quando esse governo incompetente vai ficar enganando a população?.
 
CARLOS ALVES DOS SANTOS em 13/11/2012 07:19:53
Aqui é só chover que o asfalto enche de buracos por toda cidade!!!!!
 
mattioli martins em 12/11/2012 22:50:19
Sobre as fotos dos buracos, se nota a fina camada de asfalto que quase não existe, nem ciclovia merece esta economia! Outra coisa, até quando o anel viário terá também pista simples? O tráfego ali é intenso de dia e a noite a escuridão dá a impressão que estamos passando em um lugarejo isolado e não em Campo Grande!
 
josé airton recalde em 12/11/2012 22:41:49
Costumo pedalar pelo anel viário, e realmente a situação é preocupante, os motoristas para não cairem nos buracos acabam ou jogando o veículo para o acostamento ou na contramão, e não são buraquinhos, mas sim verdeiras "panelas", o que é um risco ainda maior para os motociclistas, pois cair em um deles é queda na certa. Lamentável que a qualidade do calçamento,que era muito boa tenha chegado neste estado, ainda mais com a iminencia de se inaugurar o restante do anel,ligando a saída de Cuiabá a saída de Rochedo, e a breve inauguração do Shopping Bosque dos Ipês, onde o Anel rodoviário será uma das vias de acesso,a propósito, existe algum projeto de duplicação pelo menos de trecho que liga o Dhama ate ao Shopping??
 
Luciano Yamauchi em 12/11/2012 22:28:15
A malha viária no interior do país esta um queijo suiço, mas é bom lembrar que o estado de conservação dos carros é tão lamentável quanto.
 
Almir de Souza Azevedo em 12/11/2012 21:09:04
Enfim alguém está "puxando" a orelha do DNIT, pois está difícil trafegar por essa rodovia onde os buracos se tornam obstáculos, principalmente para nós que trafegamos de motocicleta. Tem buraco que já está com 30cm de profundidade nesse asfalto.

ACORDA DNIT OU VAI ESPERAR PARAR A CHUVA PARA TAPAR OS BURACOS!
 
Luciano Silgueiros em 12/11/2012 20:43:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions