A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

20/09/2012 19:43

Campo Grande já teve 85 mortes no trânsito desde janeiro deste ano

Nyelder Rodrigues
Motociclistas são as maiores vítimas. Na acidente da foto, um deles morreu após ter batido em um muro na bairro Coronel Antonino, no dia 7 de setembro (Foto: Simão Nogueira)
Motociclistas são as maiores vítimas. Na acidente da foto, um deles morreu após ter batido em um muro na bairro Coronel Antonino, no dia 7 de setembro (Foto: Simão Nogueira)

O trânsito de Campo Grande registrou desde janeiro deste ano 85 mortes, 36 delas no local do acidente e 49 durante os primeiros socorros ou já na Santa Casa.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Ao todo, foram 52 mortes de motociclistas, oito de ciclistas e 17 de pedestres, além de cinco condutores de automóveis e três passageiros.

Os dados são do próprio hospital e da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito). O mês mais crítico foi agosto, com 17 mortes, sendo 10 de motociclistas, dois ciclistas, quatro pedestres e um condutor.

Já em fevereiro, mês que, junto a abril, teve o menor índice de óbitos junto, as vítimas foram dois motociclistas, um ciclista e um pedestre, enquanto em abril, o trânsito da Capital teve três motociclistas mortos e um pedestre.

Neste mês de setembro, já ocorreram seis óbitos, quatro deles envolvendo motociclistas. Um ciclista e um passageiro de carro também foram vítimas.

Os meses de janeiro, março e junho totalizaram, cada um, 12 mortes, enquanto junho somou oito óbitos, e o mês de julho teve 10.




Além desta triste estatística dos óbitos, o que mais me impressiona é a quantidade de mutilados que vejo, quase que diariamente, por conta de acidentes no trânsito... Jovens que perdem braços, pernas... Lamentável!!!
 
Thais Barbosa em 21/09/2012 08:15:49
Dica: compara os numeros de acidentes não mes a mes, mas sempre com o mesmo mes do ano anterior. Os acidentes seguem a periodicidade do tempo. Quando chove mais, tem menos motociclista nas ruas e menos acidentes. Já me cansei de ouvir de "otoridades", em fev., que o numero de acidentes esta diminuindo. Falam isso cada ano...
E como bons jornalistos: faça o dever da casa: procura os dados de 2011!
 
Marcos da Silva em 20/09/2012 11:08:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions