A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

03/09/2012 17:10

Carro bate em moto e, minutos depois, invade loja no Jockey

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira

Primeiro acidente foi na Ernesto Geisel. Carro e comércio ficaram destruídos

Fiat Uno bateu em Corsa estacionado e invadiu loja. (Fotos: Rodrigo Pazinato)Fiat Uno bateu em Corsa estacionado e invadiu loja. (Fotos: Rodrigo Pazinato)
Carro 'entrou' no comércio, atingiu armário e por pouco não destrói mercadorias. Carro 'entrou' no comércio, atingiu armário e por pouco não destrói mercadorias.

Condutora de um Fiat Uno de placas de Dourados, Rita de Cássia Barreto, 36 anos, se envolveu em dois acidentes em poucos minutos na tarde desta segunda-feira, em Campo Grande. O primeiro foi colisão com uma motocicleta, no segundo, ela invadiu uma loja. Rita não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

De acordo com a Ciptran (Companhia Independente de Polícia de Trânsito), Rita não ficou no local da colisão com a motocicleta, na avenida Ernesto Geisel, e, em fuga, perdeu o controle do Fiat Uno que dirigia e invadiu a loja, na avenida das Bandeiras, Jockey Clube. Antes de entrar na loja, o veículo bateu em um Corsa que estava estacionado em frente.

O pequeno comércio de utilidades domésticas ficou destruído, assim como o carro. O comerciante de 59 anos, que não quis se identificar, conta que em sete anos de loja no mesmo ponto, esta é a primeira vez que o local é cenário de acidente.

O comerciante estava com a esposa na loja quando o carro entrou. Eles não sabem como aconteceu e ficaram nervosos com a situação.

Ninguém ficou ferido, mas, a motorista do Fiat Uno foi levada para o posto de saúde do bairro Guanandi porque ficou bastante nervosa.

Marido de Rita, o vidraceiro Reginaldo Tiburcino, diz que a esposa lhe contou que o motociclista bateu na traseira do Uno e recusou ajuda.

Segundo Reginaldo, a intenção da esposa era levar o motociclista a um posto de saúde, mas, ele não aceitou. Diante disso ela foi embora e em um determinado momento viu que era perseguida por três motociclistas e aumentou a velocidade do veículo.

Um dos pneus dianteiros estourou, ela perdeu o controle da direção do carro e invadiu a loja. Com isso, um dos pneus traseiros também estourou.




Até parece que o motociclista iria bater na traseira do uno e não iria aceitar ajuda!
E outra olhando bem a foto da para perceber que a traseira do uno esta intacta, praticamente sem amaçados e arranhões.
Mais feio do que ela fez, é o marido ter mentido de tal forma!
tomem vergonha na cara e façam as coisas com mais calma e honestidade, a Rita e o marido vão acabar se ferrando mesmo pra q mentir?k
 
Giullian Silva em 04/09/2012 08:08:29
O Brasil está mudando. Temos uma nova classe social que está ganhando poder econômico e adquirindo uma moto ou carro usado como meio de transporte. Mas a situação ainda não foi suficiente para a regularização desse bem. E diariamente são vistos nas ruas Motos sem placas e carros antigos, muitas vezes com condutores não habilitados. Cadê a fiscalização?
 
josé M Silva em 04/09/2012 07:51:36
fugiu do local nao tem habilitaçao e o motoclicista e o culpado da irresponsabilidade desta condutora deveria ser lavada para a delegacia e ser autuada por dirigir sem cmh e ainda colocar a vida de terceiros em risca.
 
nilton sabinojr em 03/09/2012 07:34:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions