A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

11/04/2012 10:22

Carro invade terreno baldio e capota após colisão em cruzamento na Vila Sobrinho

Viviane Oliveira e Mariana Lopes
Clio que capotou ficou com a frente danificada. (Foto: Minamar Júnior)Clio que capotou ficou com a frente danificada. (Foto: Minamar Júnior)

Um acidente de trânsito no cruzamento da Américo Marques com a rua Zakia Nahas Siuf, na manhã de hoje (11) na Vila Sobrinho, em Campo Grande, foi provocado por alta velocidade e falta de atenção.

Veja Mais
Morador de rua é socorrido em estado grave após ser atropelado
Motociclista morre ao ser atingido por veículo em cruzamento na Vila Ipiranga

Mara Maria Iglesia, 25 anos, conduzia um Renault Clio na rua Américo Marques, que é preferencial, quando bateu no Fiat Uno, conduzido por Eva Maria de Oliveira, 52 anos.

O Uno foi atingido na roda traseira. O Clio capotou duas vezes e invadiu um terreno, arrancando a cerca que isola o local. Com o impacto o veículo voltou na posição normal. Ninguém ficou ferido.

De acordo com a Ciptran (Companhia Independente de Polícia Militar de Trânsito), testemunhas relataram que o Clio estava em alta velocidade.

Ainda conforme a Polícia, o Uno chegou a parar no cruzamento para um carro de auto-escola passar, mas quando resolveu atravessar foi atingindo pelo veículo.

Alexandre Wiermann, 52 anos, disse que no local é comum ver as pessoas abusando da velocidade. “Além dos motoristas pisarem fundo no acelerador, ninguém respeita a sinalização", finaliza.




A avenida Américo Marques não é preferencial, inclusive nesta mesma avenida há uma placa de pare, é preferencial sim para a outra rua a Zakia Nahas Siuf. Mas é preciso dirigir com segurança sem necessidade dirigir em alta velocidade.
 
Rudylene Zanuncio em 11/04/2012 12:22:31
Se deram tantos privilegios para aquela area particular, envolta do memorial do Papa, porque não fazem com perfeição como: iluminação pública, sinalização de solo entre outros. Sim, porque tem tantos bairros com mais de 40 anos em nossa Capital e nunca houve a preocupação de asfalta-los, com excessão de algumas linhas de onibus, mas não para beneficiar a população, e sim, para preservar os onibus
 
Bento W. Miranda em 11/04/2012 10:15:57
se as leis de transito ainda nao mudou quem esta na preferencial pode trafegar tranquilo quem tem uma placa ou sinal na pista de pare e obrigado a parar ou arcar com as consequencias do acidente.
 
nilton sabinojr em 11/04/2012 02:49:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions