A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

13/01/2014 08:18

Chuva causa acidente com 4 veículos na BR-163 e caminhão tomba

Aliny Mary Dias e Viviane Oliveira
Traseira do Astra ficou destruída em acidente (Foto: Simão Nogueira)Traseira do Astra ficou destruída em acidente (Foto: Simão Nogueira)

Um acidente envolvendo quatro veículos na BR-163, saída de Campo Grande para São Paulo, por pouco não terminou em tragédia. A colisão ocorreu por volta das 5h desta segunda-feira (13) e duas pessoas precisaram ser socorridas. Um caminhão carregado com 14 toneladas de material reciclável tombou.

Veja Mais
Acidentes mataram uma pessoa a cada três dias nos dois últimos meses
Motociclista que seguia no acostamento escapa por pouco de acidente

A colisão ocorreu depois que o Chevrolet Astra, com placas de Goiás, conduzido por Rafael Rodrigues de Miranda aquaplanou na pista e invadiu a via contrária. Além do condutor, o passageiro Leandro de Carvalho Franco também estava no carro.

Além de invadir a outra pista, o carro rodou duas vezes e foi atingido por um caminhão conduzido por José Luis Neves, 50 anos. Os dois carros seguiam sentido Campo Grande a São Paulo.

O terceiro carro envolvido foi outro Chevrolet Astra, conduzido por Darlan Ferreira, 31. O motorista afirma que para desviar da primeira colisão, acabou colidindo contra o caminhão que tombou na pista. O caminhão estava carregado com material reciclável e parte da carga ficou espalhada na pista. O motorista afirma que perdeu o controle do veículo depois que a barra direção quebrou.

Um caminhão-baú também se envolveu no acidente depois de colidir contra a carga do primeiro caminhão. No entanto, o veículo foi liberado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal).

De todos os envolvidos, apenas os que estavam no primeiro Astra ficaram feridos e foram encaminhados para a Santa Casa e para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário.

O tráfego na região do quilômetro 470 está lento e a PRF libera o trânsito de forma parcial. O local só deve ser liberado depois que o caminhão for retirado da pista.

Caminhão tombou e carga ficou espalhada na pista (Foto: Simão Nogueira)Caminhão tombou e carga ficou espalhada na pista (Foto: Simão Nogueira)
Motociclista que seguia no acostamento escapa por pouco de acidente
O flagrante na BR-163 foi enviado por uma leitora através do canal Direto das Ruas. A TV News esteve no local e constatou diversas irregularidades....
Adolescente que colidiu em caminhão estava com moto irregular
Rapaz de 16 anos ficou ferido ao furar um sinal vermelho e bater em um caminhão na manhã desta terça-feira....



Meus amigos choveu encosta na primeira entra de fazenda. Demora um pouca mais, mas com certeza vc chega no destino.
 
Miguel Rodrigues da Silva em 13/01/2014 11:50:39
Graças a Deus que não tinha passageiros no banco traseiro do astra.
 
Terezinha Pompeo em 13/01/2014 11:32:30
Não vou julgar este caso. Eu com todo o cuidado numa velocidade de 80 Km, por hora na Castelo Branco em pista reta tive dois únicos acidentes os dois aguaplanagem. Viajo a 50 anos e nunca tive acidentes. As duas vezes que tive foi aguaplanagem. Nas duas vezes eu estava ciente do perigo e dirigindo com muito cuidado. Tanto um no Km. 80 da Castelo como o outro Km. 210 da Castelo. Nos dois acidentes eu dirigia uma Camionete cabine dupla. da Ford.
 
Ricardo Thibes Cardoso em 13/01/2014 11:26:51
As pessoas precisam aprender a reduzir a velocidade na chuva. Pelo menos isso!
 
Fabio Pellegrini em 13/01/2014 11:06:04
Adriano concordo plenamente com você, as pessoas sempre tentam buscar uma desculpa para não assumir um erro ou imprudência, é mais fácil colocar a culpa na barra de direção, ela não fala. rsrsr
 
Marcio Bernardo em 13/01/2014 10:23:08
Não foi a chuva que causou o acidente, e sim, mais uma vez, a ação humana...
 
Edson Chaves em 13/01/2014 10:02:21
A barra de direção quebrou?! Conta outra, meu... essa é a peça mais superdimensionada de todo o veículo, por motivos óbvios! Pode até ter quebrado depois da batida, mas nunca antes, como se fosse uma pecinha frágil a ponto de quebrar assim, sem mais nem menos, andando numa reta...
 
Adriano Roberto dos Santos em 13/01/2014 08:50:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions