A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

25/02/2014 14:40

Colisão na 163 mata trabalhador, que ia para casa, e causa tem 2 versões

Lidiane Kober e Filipe Prado
Com 58 anos, João morreu nesta terça-feira, após ser liberado do trabalho (Foto: Cleber Gellio)Com 58 anos, João morreu nesta terça-feira, após ser liberado do trabalho (Foto: Cleber Gellio)

João Batista Pereira, 58 anos, morto em acidente na BR-163, no início da tarde desta terça-feira (25), voltava do trabalho e seguia em direção à sua residência. Ele estava acompanhado de dois colegas e trabalhava na empresa Natilus Engenharia. Por enquanto, duas versões foram apresentadas para explicar a colisão.

Veja Mais
Acidente frontal mata homem e deixa três feridos
Orfãs em acidente que matou os pais na 163, mulheres viram irmãs na dor

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o trio seguia em direção à saída de Cuiabá. Por causa da chuva, eles foram liberados do trabalho no Residencial Dahma. João estava no banco traseiro e dois homens, identificados apenas como Adão, nas poltronas da frente de um Siena.

Do lado contrário da pista, sentido saída para São Paulo, Aline Fernanda Silva, funcionária da área administrativa da Uniderp Agrária, conduzia o veículo Versa.

Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros, Ramão Vilamaior, a motorista derrapou na pista por causa da chuva e o veículo rodopiou na rodovia até atingir o Siena. Aline, por sua vez, relatou que o outro carro invadiu a sua pista e ela tentou, mas não conseguiu desviar.

Ela fraturou o fêmur das duas pernas e a patela. O motorista do Siena também fraturou a perna, o braço e teve um corto no rosto. O outro acompanhante teve ferimento leve no braço. Os três foram conduzidos à Santa Casa.

O acidente ocorreu por volta das 12h30, em frente à Transportadora Scania, em Campo Grande. Por causa da colisão, congestionamento de cerca de três quilômetros se formou na rodovia. A situação só não é pior porque os veículos estão desviando por estrada vicinal, próxima à transportadora.

Carro ficou destruído após colisão na BR-163 (Foto: Cleber Gellio)Carro ficou destruído após colisão na BR-163 (Foto: Cleber Gellio)
Motorista do Versa é filha de assessor do deputado Lídio Lopes (Foto: Cleber Gellio)Motorista do Versa é filha de assessor do deputado Lídio Lopes (Foto: Cleber Gellio)



Foi um barulho terrível. A princípio achamos que era um pneu de caminhão que explodiu. Essa curva é muito perigosa, as pessoas não tem cuidado e no momento chovia.
Uma pequena correção, a P. B. Lopes não é um Transportadora e sim uma Concessionária Scania.
 
Joana Lourdes Perozzi em 25/02/2014 17:25:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions