A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

03/06/2015 12:03

Com 240 mil veículos, BR-163 terá o maior movimento no feriadão

Flávia Lima
BR-163 deve ter fluxo de 240 mil veículos até o final da Operação Corpus Christi. (Foto:Divulgação) BR-163 deve ter fluxo de 240 mil veículos até o final da Operação Corpus Christi. (Foto:Divulgação)
Fiscalização nos trechos estaduais terá foco nos destinos que levam a pontos turísticos. (Foto:Divulgação)Fiscalização nos trechos estaduais terá foco nos destinos que levam a pontos turísticos. (Foto:Divulgação)

Pelo menos 240 mil veículos devem passar pela BR-163, até o fim do feriado prolongado de Corpus Christi, que termina no próximo domingo (7). Em Mato Grosso do Sul, a 163 totaliza uma extensão de 800 quilômetros, tornando-se a principal via federal que corta o Estado e deverá receber 240 mil carros no feriadão.

Veja Mais
Celebração e procissão de Corpus Christi deve reunir 15 mil na Capital
Feriado de Corpus Christi será sem chuva e com calor no Estado

Nas estradas de responsabilidade do governo estadual, segundo o comandante da PRE (Polícia Rodoviária Estadual), tenente-coronel Valdir Ribeiro Acosta, o movimento também deve dobrar, especialmente nos trechos que levam a destinos turísticos. Como exemplo, ele ressalta que na MS-164, no trecho de Vista Alegre que dá acesso a Ponta Porã, chegam a passar 30 veículos em apenas dez minutos.

Para evitar acidentes e conscientizar os motoristas sobre a importância de utilizar equipamentos de segurança, tanto a PRF (Polícia Rodoviária Federal) quanto a PRE estarão realizando operação especial até a meia-noite de domingo.

A PRE, que já deu início ao esquema especial, vai concentrar a fiscalização em rotas que levam a balneários do Estado, como as MS 080, 135, 306, 382 e 178, que passam pelos municípios de Bonito, Rio Negro, Rio Verde e Bonito, além de Chapadão do Sul, onde ocorre até domingo uma feira agropecuária, atraindo os turistas da região.

De acordo com Valdir Acosta, 50 homens estão envolvidos na operação, também concentrados nas nove bases da PRE, que conta com seis radares móveis e um bafômetro em cada base.

Acosta ressalta que o objetivo será a conscientização dos motoristas e a fiscalização intensa quanto a velocidade permitida nas vias. Segundo ele, esse conjunto de fatores garantiu uma redução em 40% no número de acidentes com mortes de janeiro a maio em relação ao mesmo período de 2014.

No período foram ainda apreendidos 34.565 quilos de drogas, entre as quais, 34.257 quilos de maconha, 214 quilos de cocaína e 93,8 quilos de pasta base de cocaína.

Por isso, além da fiscalização de veículos, a PRE também estará atenta ao contrabando e tráfico de drogas durante a Operação Corpus Christi.

Já a PRF, que também deu início a operação, vai realizar ações de policiamento e fiscalização com o foco na prevenção e redução dos acidentes de trânsito. No feriado do ano passado foram registrados 34 acidentes e 17 feridos, porém não foi registrada nenhuma morte nas rodovias federais.

Para garantir a redução de acidentes, os policiais irão fiscalizar a conduta dos motoristas, no sentido de verificar não somente a obediência às leis de trânsito, mas também se estão adotando o uso de acessórios obrigatórios, como o cinto de segurança, inclusive no banco traseiro e as cadeirinhas para transporte de crianças.

A PRF também reforça o alerta aos motociclistas para que, além das condutas de segurança, utilizem o capacete.

Para facilitar o fluxo de veículos nos horários considerados de pico, o tráfego de caminhões bitrem será restrito em alguns períodos. Nesta quarta-feira eles não podem circular das 16 horas à meia-noite. Na quinta-feira (4), a restrição ocorre entre 6 horas e meio-dia e no domingo (7) a proibição será das 16 horas à meia-noite.

O motorista que descumprir a determinação receberá multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. Além disso, o condutor será obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o final do horário de restrição.

Para auxiliar na fiscalização, a PRF conta com oito radares fotográficos, 80 bafômetros e 60 viaturas. O efetivo terá reforço, incluindo o administrativo.

Concessionária – A CCR MS Via, concessionária que administra a BR-163 também irá reforçar as equipes e a frota do (SAU) Serviço de Atendimento ao Usuário. Segundo a gerência da concessionária, a previsão é de que 110 mil veículos passem pela rodovia a partir da tarde desta quarta-feira (3).

O horário de maior intensidade do tráfego deve ser entre as 14 e 18 horas, com cerca de 3,5 mil veículos por hora. Na quinta, o movimento deve ser mais intenso das 8 horas ao meio-dia, com média de cerca de 4 mil veículos trafegando.

Durante o feriado prolongado, equipes da concessionária distribuirão folhetos educativos sobre neblina e queimada. Ao longo dos cinco dias da Operação Corpus Christi, 80 viaturas ao estarão de prontidão nas 17 Bases Operacionais do SAU. Serão oito viaturas adicionais dispostas em pontos estratégicos da BR-163, sendo duas nas saídas do Anel Viário para São Paulo e Cuiabá (nos quilômetros 466 e 490, respectivamente); no km 513, Posto Carretão e no entroncamento com a BR-463 (km 256).

Cerca de 500 colaboradores trabalharão em regime de revezamento, 24 horas por dia, atuando em toda extensão da BR-163. Também serão utilizados 17 Painéis de Mensagens Variáveis Móveis, 18 Painéis Eletrônicos de Mensagens Variáveis (PMVs), instalados em pontos estratégicos para permitir informar, em tempo real, situações adversas na estrada. Também estarão sendo utilizados nove Analisadores de Tráfego, que fornecem informações on line do volume de tráfego, subsidiando a tomada de decisões.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions