A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

27/11/2013 09:14

Com seis casos em um mês, esquina dos acidentes terá protesto no sábado

Aline dos Santos
Motociclista foi arremessado em acidente e foi parar embaixo de carro. (Foto: João Garrigó)Motociclista foi arremessado em acidente e foi parar embaixo de carro. (Foto: João Garrigó)

O cruzamento da Rua Espírito Santo com a Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, terá manifestação de trânsito na manhã de sábado. 

Veja Mais
Vídeo mostra motociclista "voando" ao ser atingido por carro em avenida
Piloto voa sobre carro e fica embaixo de outro na "esquina dos acidentes"

O local, já batizado de “esquina dos acidentes” após seis ocorrências em um mês, foi o cenário da colisão entre um carro e uma moto na segunda-feira. Um vídeo mostra que o motociclista Thiago Rafael Yahn, 27 anos, foi arremessado e parou embaixo de um veículo estacionado na Afonso Pena.

A moto seguia pela avenida, via preferencial, quando foi atingida por um Pálio, que descia pela Espírito do Santo. A mobilização será realizada pela família do jovem e o grupo Mãos que Ajudam. A iniciativa terá apoio dos órgãos de fiscalização do trânsito.

“Um alerta para que os condutores tenham mais cuidado, mais cortesia. Principalmente nos cruzamentos sem semáforo”, afirma Natália Yahn, irmã de Thiago. O jovem está internado na Santa Casa de Campo Grande. A mobilização também fará campanha para estimular a doação de sangue.

Neste mês, o cruzamento da Afonso Pena com a rua Espírito Santo foi palco de seis acidentes. No dia 12 de novembro, a colisão foi similar a de segunda-feira. Uma moto, que seguia pela avenida, foi atingida por um Celta. Motoristas pedem um semáforo no local, pois as vias têm grande fluxo de veículos.




Maximiliano Nahas também acho que os condutores de veículos deveriam ser mais fiscalizados. Horlando P. de Mattos concordo com você. Rebeca Murano também concordo que acidentes acontecem, mas cabe a nós obedecer as leis de trânsito. Esperamos todos no sábado às 9 horas no local do acidente na Ação pela Vida e Paz no Trânsito.
 
Natalia Yahn em 28/11/2013 09:40:47
Esta provado em grandes cidades do mundo que o policiamento ostensivo de transito reduz de maneira eficiente os acidentes, em C.Gde, esta forma de policiamento não existe, ou melhor deixou de ser praticado, antes os policiais de transito faziam a pé o policiamento, e desrespeito as regras eram reduzidas. Afinal quem avançaria um sinal vermelho na presença de uma autoridade de transito, hoje sem esse policiamento estamos num transito caótico, onde poucos obedecem sinal vernelho, veiculos velhos, sem farois, sem pisca alerta, queimando oleo estão circulando livremente, quando abre o sinal não podemos avançar pois o cruzamento esta bloqueado pelos veiculos que avançaram o sinal vermelho, A ideia dos politicos de que perdem voto com fiscalização é absurdamente idiota, quem seria contra....
 
Horlando P. de Mattos em 27/11/2013 14:20:50
Como cidadãos devemos fazer o que nos cabe. Mudar nossa mentalidade, atos e ações. Este é o propósito da Ação pela Vida e Paz no Trânsito - não é passeata, protesto ou manifestação. Estaremos no local do acidente para contribuir positivamente com a nossa cidade. Contamos com a presença de todos que querem ajudar.
 
Natalia Yahn em 27/11/2013 13:56:36
Nem todos os acidente ocorrem por falta de respeito. Por isso se chamam "acidentes", que há muita imprudência no trânsito, não podemos questionar! Mas o princípio reside em educação, cidadania e cautela, tanto dos motoristas de carros, moto e dos pedestres. Também não podemos culpar os órgãos públicos por todas as mazelas da sociedade. Espalhar cemáforos, câmeras, radares entre outros meios não acaba com o problema, apenas se pune financeiramente uma conduta, mas não educa!
 
Rebeca Murano em 27/11/2013 13:25:24
Blitz para carros, isso sim resolveria, se eles parassem carros e não somente motos nas blitz, tenho certeza que o problema diminuiria, porque o que tem de gente sem CNH dirigindo não tá no gibi, comecem a parar os carros que o problema começa a se resolver.
 
maximiliano nahas em 27/11/2013 12:40:19
Mas ainda que se tomem várias medidas, enquanto essa população não mudar seus valores (pois só ocorrem acidentes porque alguém não respeitou os sinais e o outro!!), pode fazer o protesto que for que nada vai mudar!
A verdade é que boa parcela do povo só entende na base da punição!
 
alvaro campos em 27/11/2013 11:39:18
SEMAFORO COM RADAR E CAMERA - É A SOLUÇÃO. FALTA VONTADE POLITICA DA AGTRAN E EMPENHO DE TODAS AUTORIDADES PARA ACONTECER E FAZER FUNCIONAR.
 
LUCIANO MARQUES em 27/11/2013 10:48:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions