A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

15/10/2012 14:22

Conselho investiga acidente que deixou 2 meninas feridas após cair de caminhão

Elverson Cardozo

Duas meninas indígenas, irmãs, de 10 e 12 anos, ficaram feridas após caírem de uma carreta, na manhã deste domingo (14), em uma rodovia que passa pelo distrito de Amandina, em Ivinhema, a 282 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras
Contramão é a única rota em cruzamento esburacado

O Conselho Tutelar da cidade trabalha com duas hipóteses: Ou as meninas pegaram rabeira e caíram da traseira do veículo após alguns quilômetros - como foi relatado inicialmente - ou pularam da cabine do caminhão após carona do motorista.

Segundo a conselheira Eva Maria, as meninas estavam acompanhadas de outros dois indígenas, um casal de primos, da mesma idade, que moram na cidade de Juti. O grupo, segundo relatos de uma das crianças, teria ido às margens da rodovia e, por motivos desconhecidos, pediram carona.

O motorista da carreta, na versão da criança, colocou os quatro na cabine. Após percorrer aproximadamente 5 quilômetros, uma das meninas teria pedido para ir ao banheiro, foi quando o acidente aconteceu.

“A gente imagina que o caminhoneiro ficou com medo de ser um golpe e não parou. Daí as meninas pularam”, disse a conselheira Eva Maria.

O site Ivinotícias noticiou que a carreta era conduzida por um homem e seguia no sentindo Amandina-Ivinhema. Segundo o jornal, as meninas caíram após o motorista passar pelo último quebra-molas do distrito. Elas não teriam conseguido se segurar na rabeira.

Ambas tiveram escoriações. A de 10 anos apresentou TCE (Traumatismo Craniano Encefálico) leve e só recobrou a consciência quando chegou ao Hospital Municipal de Ivinhema. A mais velha, de 12 anos, teve TCE grave.

O Conselho Tutelar informou que as irmãs, devido a gravidade do ferimento, foram transferidas para um hospital em Dourados. As outras duas crianças conseguiram descer do caminhão e não sofreram ferimentos. Elas foram acolhidas pelas conselheiras, que já identificaram os familiares.

O motorista do caminhão, segundo o órgão, fugiu sem prestar socorro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions