A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

05/05/2011 12:04

Atropelamento de crianças tem se tornado frequente na Capital

Paula Vitorino

Em quatro meses, foram cinco atropelamentos, sendo o último nesta quinta-feira

Menino de 9 anos morreu atropelado no Jardim Montevidéu. (Foto: João Garrigó)Menino de 9 anos morreu atropelado no Jardim Montevidéu. (Foto: João Garrigó)

Desde fevereiro deste ano, ao menos cinco crianças foram atropeladas em Campo Grande. Dentre as vítimas, três morreram e a maioria envolveu caminhões. Os acidentes aconteceram em vias diversas, o que evidência que o problema não é especifico de um único bairro, mas está se tornando cada vez mais freqüente em pontos variados da Capital.

No dia 2 fevereiro, um menino de 11 anos morreu após ser atropelado por um caminhão na Vila Eliane. Outro garoto, de apenas 6 anos, morreu após ser colhido por um veículo de passeio, no bairro TV Morena, no dia 7 de abril.

Já no dia 25 do mesmo mês, a vítima foi uma menina, também de 6 anos, que foi atropelada por um caminhão no bairro Tiradentes e teve traumatismo craniano. Dois dias após, no dia 27 de abril, um menino de 9 anos morreu após ser atropelado também por caminhão, no Jardim Montevidéu.

Na manhã desta quinta-feira (5), por volta das 7h, a vítima foi uma menina de 7 anos. O acidente aconteceu em frente ao condomínio em que ela havia se mudado há pouco tempo, na Avenida Tamandaré, entre as ruas Tietê e Délia - Vila Planalto.

A garota está em estado grave e foi levada pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa. Ela apresenta cortes no rosto e fraturas na perna esquerda.

De acordo com testemunhas, a menina estava indo para a Escola Municipal, que fica há três quadras do local, quando foi atingida por uma motocicleta. O condutor era um adolescente de 16 anos, que seguia em alta velocidade pela Tamandaré, sentido bairro-centro.

“Ela estava atravessando a rua junto com uma outra menina, que aparentava ser um pouco mais velha. Pelo que deu pra perceber, no meio da travessia ela se assustou com a moto e quis voltar para a calçada, mas foi atingida. O motociclista vinha muito rápido e atingiu com tudo a menina. Ela voou e caiu no chão, depois eu não quis mais ver nada. Foi bem feio”, detalha o padeiro Aldo Penze de Souza, de 46 anos.

Ele estava em frente a padaria que trabalha, que fica na esquina do local do acidente, e presenciou o atropelamento.

Já o vizinho do condomínio, Fabiano Barbosa, de 31 anos, conta que a mãe da garota desmaiou ao ver a filha sendo socorrida pelos bombeiros. “Foi um tumulto aqui na frente. As pessoas ficaram assustadas com o que aconteceu. Da minha casa ouvi o barulho, mas não achei que tinha sido com uma criança”, diz.

Sem faixa de segurança, avó aproveita brecha no trânsito para atrevessar. (Foto: João Garrigó)Sem faixa de segurança, avó aproveita brecha no trânsito para atrevessar. (Foto: João Garrigó)

Sinalização - A principio, o acidente desta manhã foi provocado pela imprudência do motociclista, que seguia sem habilitação e em alta velocidade. No entanto, os moradores da região denunciam que falta sinalização na via.

A aposentada Edite Ribeiro Terra, de 75 anos, explica que a Avenida Tamandaré e a Rua Tietê servem de ligação para diversos bairros vizinhos, como a Vila Sobrinho, Santo Amaro e Coophatrabalho.

“Tem movimento nesse cruzamento. È ônibus, caminhão, carro, moto o dia inteiro. As pessoas passam por aqui para irem para outros bairros, é uma ligação. E a Tamandaré virou uma pista, sem quebra-molas e sinaleiro”, diz.

Ela reivindica a instalação “urgente de um semáforo no cruzamento”. Além das vias serem apontadas como ligação para vários bairros, um hipermercado e uma escola próximas do local também são responsáveis pela grande quantidade de pedestres na região.

Diariamente, a aposentada Nirce Ortega, de 63 anos, enfrenta o desafio de atravessar a Tamandaré com os dois netos, um de 4 anos e a menina de 7 meses.

“Tenho medo, a gente grudado na mão desse maior de 4 anos. É comum acidentes por aqui, as pessoas não respeitam mesmo”, diz.

Em menos de uma hora, a reportagem flagrou ultrapassagens proibidas no local, além do grande fluxo de veículos, sendo a maioria em alta velocidade.

Há menos de duas quadras, em frente ao hipermercado, foi instalado um semáforo.

Menina atropelada passou por cirurgia e está na CTI da Santa Casa
A menina Kauanny Gonçalves da Silva, 6 anos, atropelada por um caminhão na manhã e ontem no bairro Tiradentes, em Campo Grande, passou por uma cirurg...
Criança de 6 anos é atropelada por caminhão no Bairro Tiradentes
Acidente foi esta manhãUma menina de 6 anos foi atropelada por caminhão esta manhã, no Bairro Tiradentes, em Campo Grande.O acidente aconteceu perto...



quero dar parabens a maria lucia do clube de maes por se preocupar pelo seu bairro ,e ter coragem de fazer a manisfestacao para uma sinalizao melhor.
 
RUBERVAL OLIVEIRA FILHO em 10/05/2011 08:17:07
O problema, gente, é a falta de responsabilidade, de bom senso, de senso de coletividade do motorista. Quem paga o pato somos nós, pedestres, que muitas vezes somos atropelados, isso quando não tem morte imediata! Por leis de trânsito mais rigorosas JÁ!
 
Claudiane Teixeira em 06/05/2011 04:11:32
Hoje o que se ve é: Ciclista não tem noção de transito. Ora pedala na mão, ora na contra mão em ruas de grande e pequeno fluxo de carros e motos. Afinal qual a posição por lei patra o ciclista e podem trafecar em rodovias e se sim, teriam que obecer o sentido de trafeco iqual aos veículos?
 
José Soares em 05/05/2011 09:24:15
Fiko triste pelo atropelamento desta criança..por este marginal que por este motivoaumenta a estatistica de violência do transito..como este marginal pode pilotar uma moto atropelando pessoas,,ele não sab o minimo d leis d transito..e agora pergunto sera q ele vai ser devidamente punido..podia notar o nome dele e nuca mais deixar dirigir nada..para não por nossa vida em risco
 
odair Alves Teixeira em 05/05/2011 06:02:18
Ficou triste em saber que existe pessoas ignorantes a ponto de criticar o que nem sabem direito como é o caso de alguns comentários acima, sobre o tráfego de caminhões pesados e cada vez mais velozes tirando a vida de crianças inocentes como meu priminho Vinicius que foi atropelado na semana passada.
Caminhões e Carretas foram feitos para transitar em rodovias e estradas, e não em alta velocidade dentro de avenidas da cidade querem correr entrem em seus veiculos vão ao autodrómo e sem matem por lá FDPs.
Não sabe a dor que eu e minha familia estamos sentindo seus malditos por perder um ente querido, fechem essas suas bocas e guardem suas palavras e pensamentos pra voceis, espero que nunca passem por isso para precisarem entender !!!
 
Alex Cruz em 05/05/2011 04:35:47
Com todo respeito as familias que perderam seus filhos, mas por acaso alguem já reparou como andam essas crianças, adolecentes e adultos de bicicletas, na calçadas, não respeitando as leis do transito, que por sinal tem o artigo sobre bicicletas, portanto quando alguem não tem respeito por si ; quem vai ter.
 
Vanderley Batista Gomes em 05/05/2011 02:55:48
NA VERDADE ESTÁ É UMA VIA MUITO ANTIGA, E A SINALIZAÇÃO JA ESTÁ APAGADA, SEM CONTAR QUE ALI NÃO É UM BOM LOCAL PARA REALIZAR A TRAVESSIA, AINDA MAIS UMA MENINA DE 7 ANOS SOZINHA OU ACOMPANHADA COM OUTRA DE 10, AI ACONTECEU O QUE PENSAMOS QUE NUNCA VAI ACONTECER, UM GAROTO IRRESPONSAVEL COM SEUS PAIS IRRESPONSAVEIS, SAI DE CASA E TRANSITA EM ALTA VELOCIDADE, DE REPENDE SE DEPARA COM UMA CRIANÇA QUE ESTÁ NO MEIO DA RUA, CULPADOS EXISTEM E SÃO MUITOS.....AGORA ESPERAMOS QUE A MENINA SE RECUPERE LOGO.
 
JOÃO GUILHERME em 05/05/2011 02:43:52
A receita para os acidentes é seguida à risca pela prefeitura: sinalização deficiente, falta de faixas de pedestre a total ausência de fiscalização de velocidade e respeito às demais leis do trânsito (nesse caso, culpa da incompetência da Agetran e da PM). Do lado dos motoristas, a maioria nem sabe que parar nas faixas de pedestre é obrigatório e dirige ignorando as leis. Quem deveria respeitar as leis as ignora, quem deveria fiscalizar não fiscaliza, e assim os acidentes acontecem.
 
Luiz Pereira em 05/05/2011 02:23:26
O porque até hoje o prefeito ,vereadores,deputados,e governadores nao tomaram providencia nenhuma?!!!
 
Reinaldo Costa em 05/05/2011 02:21:31
Realmente o transito de Campo Grande não é dos melhores,ha muito a se fazer pela Cidade morena,Campo Grande!!!
 
Reinaldo Costa em 05/05/2011 02:20:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions