A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

19/02/2014 17:06

Dnit confirma retirada de 3ª faixa e alega aumento de acidentes na BR-163

Aline dos Santos
Pontos de faixa adicional são removidos da rodovia. (Foto: Cleber Gellio)Pontos de faixa adicional são removidos da rodovia. (Foto: Cleber Gellio)

O Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) confirma a retirada de pontos de terceira faixa na BR-163, no sentido Campo Grande a Cuiabá. A justificativa foi o aumento de acidentes.

Veja Mais
Obra milionária “tira” 3ª faixa e amplia insegurança na Rodovia da Morte
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber

De acordo com a assessoria de imprensa do Dnit, vão ser retiradas a terceira faixa nos quilômetros 517 e 518. Segundo dados repassados pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) ao órgão, o número de acidentes registrou aumento e há, inclusive, processo no MPF (Ministério Público Federal) sobre as faixas que ampliam a rodovia em alguns pontos. “Portanto, o Dnit/MS optou por retirar as faixas”, informa, por meio de nota, o departamento.

O sumiço das terceiras faixas foi relatado ao Campo Grande News por motoristas que circulam constantemente pela BR-163. A reclamação é porque a faixa adicional auxilia na distribuição do tráfego. Nesses pontos, os caminhões seguem para a direita, abrindo caminho para os carros.

A mudança foi feita durante o recapeamento da via. A obra está no trecho entre Jaraguari e Bandeirantes. Na segunda-feira, a reportagem percorreu os 140 km entre Campo Grande e São Gabriel do Oeste.

Perímetro urbano – Sobre o fato de o perímetro urbano de Jaraguari ter ficado de fora do recapeamento, o Dnit informa que a concessionária que vai assumir a rodovia a partir de 6 de março pretende implantar mudanças no trecho, portanto o investimento seria perdido.

Ao todo, a rodovia, que corta o Estado de Mundo Novo a Sonora, tem sete contratos em andamento para manutenção, que somam R$ 359 milhões.




Pra quem não sabe o acidente que ocorreu há mais ou menos um mês onde o carro pegou fogo e matou uma jovem de 25 anos no incêndio ocorreu justamente em um trecho onde havia a terceira faixa bem em uma subida e com curva perto do posto Carretão, após terem tirado a faixa adicional no sentido Jaraguari - Campo Grande há momentos em que as carretas ficam a 30 km/h, formando uma grande fila, bem perigoso. Será que não perceberam isso?
 
Joao Pedro em 20/02/2014 10:27:31
SE VAI PRIVATIZAR PORQUE ESTÃO RECAPEANDO
 
claudinei braz em 19/02/2014 21:03:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions