A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

15/04/2013 10:40

Dnit retoma duas rodovias e planeja investir R$ 180 milhões na 060 e 463

Aline dos Santos
Rodovia continua como se fosse federal, apesar da estadualização há mais de 10 anos (Foto:Marcos Ermínio)Rodovia continua como se fosse federal, apesar da estadualização há mais de 10 anos (Foto:Marcos Ermínio)

Trechos das rodovias 060 e 463 vão retornar ao controle do governo federal a partir de maio. As vias estavam sob responsabilidade do governo de Mato Grosso do Sul desde 2002.

Veja Mais
Adolescente que colidiu em caminhão estava com moto irregular
Motociclista de 16 anos fura sinal vermelho e colide em caminhão

Conforme a assessoria de imprensa do Dnit/MS (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), a mudança faz parte de ação da União para ter maior controle sobre as rodovias na faixa de fronteira com outros países.

A alteração é nos trechos entre Campo Grande e Bela Vista (060) e Dourados a Ponta Porã (463). O primeiro tem 290 quilômetros e o segundo, 112 km.

O Dnit vai ser responsável pela manutenção das rodovias. Será feito estudo para avaliar em qual modalidade de programa as vias serão incluídas.

O Crema 1 (programa de recuperação das estradas federais) prevê contrato para dois anos e o Crema 2, para cinco anos. A previsão de investimento é de R$ 150 milhões a R$ 180 milhões com o serviço de conservação.

De acordo com a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), as vias foram repassadas pela MP (Medida Provisória) 82/2002 de forma indevida. Na época, o Governo do Estado recebeu uma compensação financeira para assumir o controle pela manutenção e conservação das duas rodovias. Agora, o Estado devolveu as rodovias.

O Governo federal retomou as duas estradas federais porque considera estratégica o controle por causa das ações de combate ao crime organizado, tráfico de drogas e de armas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions