A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

23/06/2013 21:34

Domingo teve 3 acidentes graves envolvendo motociclistas, 2 morreram

Helton Verão

Mais um acidente grave neste domingo em Campo Grande envolvendo motociclistas. Dois morreram desde a madrugada de hoje. A última vítima sobreviveu depois de bater em um carro de passeio, na rotatória da avenida Consul Assaf Trad, saída para Cuiabá.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A única informação que se tem até o momento é que quem pilotava a moto é um homem que foi encaminhado à Santa Casa.

De madrugada, o motociclista Cleverson Martins, de 26 anos, morreu após ser atingido por um veículo Gol por volta das 4h, no cruzamento da avenida Salgado Filho com a rua Guia Lopes, no bairro Amambaí.

De acordo com o delegado de plantão da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, Rodrigo Braga, a vítima conduzia uma motocicleta Fazer Yamaha pela Guia Lopes, quando foi atingido por um veículo Gol, de cor prata, conduzido por Cleber Gomes, de 29 anos.

A segunda morte do dia envolvendo motociclistas aconteceu no minianel entre a saída de Terenos e Sidrolândia. O motociclista Luiz Afonso Gomes Barbosa, de 47 anos, morreu após ser atingido por um carro por volta das 17h deste domingo (23).

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), Luiz conduzia uma moto Honda Titan no sentido Terenos, quando colidiu de frente com um veículo Escort, de cor branca, conduzido por Ari Custódio Lemos, de 71 anos. O motociclista morreu no local do acidente.

À Polícia, Ari contou que a vítima perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária. A motocicleta ficou totalmente destruída. O carro de passeio, que ficou com a frente danificada, foi parar no acostamento da pista contrária.

Conforme informações preliminares da PRF, a causa do acidente pode ter sido uma ultrapassagem forçada por parte do motorista do carro, porém somente a perícia da Polícia Civil poderá dizer qual foi dinâmica do acidente. No local é proibida a ultrapassagem.




São três motociclistas mortos em menos de 18 horas na nossa cidade; Sou motociclista e confesso que oro o tempo todo, porque sem a presença de nosso Deus não somos nada.
 
Ivan Carlos em 23/06/2013 22:32:03
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions