A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

15/11/2011 16:29

Dor e comoção marcam velório de irmãos vítimas de acidente de moto

Viviane Oliveira

Cláudio, de 20 anos, e Daiane, de 16 anos, morreram na noite de ontem na saída para Três Lagoas

O velório dos irmãos foi na Capela Municipal do bairro Santo Amaro. (Foto: Simão Nogueira)O velório dos irmãos foi na Capela Municipal do bairro Santo Amaro. (Foto: Simão Nogueira)

Dor, comoção e tristeza marcam velório dos irmãos Dayane Silva Esquivelo, 16 anos, e Cláudio Alexandro Esquivelo Osaki, 20 anos, que morreram na noite de ontem vítimas de acidente de trânsito na avenida Redentor, próximo à BR-262, na saída para Três Lagoas, em Campo Grande.

Amigos, conhecidos e familiares ficaram chocados com a violência do acidente. A mãe deles, Maria Helena Esquivelo, 44 anos, muito abalada, disse que Cláudio foi em sua casa buscar Dayane para passar o feriado com ele. “Ele morava com a avó e Dayane comigo. Os dois eram muito apegados”, conta a mãe. Ela tem mais três filhos, que não moram com ela.

A amiga da família Maria Alba Amorim, 52 anos, disse que ficou sabendo pelo jornal da morte dos meninos. “Quando eu vi não acreditei, é muito triste quando a gente recebe uma notícia de morte no trânsito", disse.

Cláudio trabalhava como pintor e tinha o hábito de buscar a irmã para passar o dia juntos. O sepultamento dos irmãos foi nesta tarde (15) às 15 horas no cemitério Santo Amaro.

Acidente - O irmãos morreram na noite de ontem (14), em acidente envolvendo moto e ônibus, próximo da BR-262, saída para Três Lagoas. Segundo testemunhas, o ônibus estava no sentido bairro/centro, quando fez uma conversão para pegar o outro sentido da pista.

A moto, uma Honda Titan conduzida por Cláudio, seguia atrás do coletivo. Ele tentou fazer a conversão junto com o ônibus, e acabou batendo na traseira do veículo. Os jovens foram parar embaixo do ônibus da Viação Serrana, linha Vivendas do Parque/shopping.

De acordo com o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) o casal teve politraumatismo e morreu na hora. Quem presenciou a cena ficou muito emocionado. “Dói, Porque é uma cena chocante!”, afirma Rosangela Caetano, de 44 anos, com lágrimas nos olhos.

Trânsito - Cerca de 70 motociclistas já morreram este ano no trânsito de Campo Grande. Segundo o diretor-presidente da Agetran, Rudel Trindade, de janeiro a outubro foram registradas 107 mortes no trânsito da Capital. Quase 70% das mortes são de motociclista. Somente nesta quinzena de novembro, das cinco pessoas que morreram em acidentes de trânsito, quatro eram motociclistas.

Segundo Rudel, as estatísticas apontam que em geral, as vítimas têm entre 20 e 22 anos, os acidentes ocorrem de madrugada e os condutores dirigem sem habilitação e sob efeito de bebida alcoólica.

Casal morre em acidente entre moto e ônibus na saída para Três Lagoas
De acordo com o Samu o casal teve politraumatismo e morreu na horaUm casal de motociclistas morreu há pouco em um acidente de trânsito na avenida Re...
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...



sou moradora de um bairro proximo, o nosso transito aqui esta muito confuso, que as autoridades competentes, de um jeito de melhorar, essa saida, pois temos visto contantemente reclamações e morte.
 
cleide rebouças em 20/11/2011 09:06:47
que JESUS abençoe está mãe que verdadeiramente necessita de conforto.
 
ANA GALIANO em 18/11/2011 11:10:42
Concientizar os motociclistas que eles não são super homem
.


esses malucos de motos tão procurando a morte. muitos estão conseguindo
 
Luiz Paulo Medeiros em 16/11/2011 11:16:25
QUE DEUS VENHA CONFORTA O CORAÇÃO DESTA MÃE!!!!!!!!!!!!!
 
JESSICA CARVALHO em 16/11/2011 02:00:38
O capacete tão obrigatório não conseguiu evitar o traumatismo craniano?
 
Ezio Jose em 16/11/2011 01:18:44
é muito triste mesmo eu pesso ao nosso pai celestial que de muito conforto a esta familia. fiquem com deus e nosso senhor jesus cristo essas são minhas palavras de conforto.
 
cleiton gonçalves queiroz em 15/11/2011 11:02:02
estava passando pelo local ,foi muito triste a cena pessoas desesperadas tentando levantar o eixo do onibus antes de chegar o socorro. que deus conforte o coraçao desta mae
 
Paulo cesar em 15/11/2011 10:12:32
Que Deus console essa familia
 
rosane escavoni em 15/11/2011 09:58:47
A estatistica do senhor (presidente) da Agetran, esta com dados equivocados, sempre colocam a culpa nos condutores e nunca na falta de engenharia de trafego (AUSENTE) na nossa capital, semaforos antiquados, falta de sinalização horizontal, afunlamento de avenidas como é o caso deste lugar e ate na nova e (reformada) Duque de Caxias,etc.. o que vemos em abundanciae: ARMADILHAS PARA MULTAR MOTORISTA
 
JORGE MASTELA em 15/11/2011 07:50:31
Que coisa! Pêsames a familia dos jovesn.É sempre assim;procuram se culpados e em seguida vem com "estatisticas".Respeitem a dor da familia.Rudel,faça alguma coisa pra coibir esse trânsito maluco! Estatisticas...
 
samuel gomes-campo grande em 15/11/2011 07:15:09
É muito triste! Meus sentimentos á essa família, muita força e fé!
Que esse dois irmãos descansem em paz!
 
Luiz Otávio Medina em 15/11/2011 06:51:57
Segundo o Portal do Trânsito na estatística de acidentes de trânsito Boa Vista (Roraima) vem em primeiro lugar (34,2), seguida por Palmas (31,4) e Campo Grande/MS (29,6).Nós,campograndenses, precisamos reinvindicar uma campanha efetiva, eficiente e contínua de educação no trânsito. Só assim reverteremos este quadro. Onde há condutores responsáveis não se faz necessário tanta lombada eletrônica.
 
Cleovia Almeida Andrade em 15/11/2011 06:12:22
Não consigo imaginar o sofrimento dessa mãe.Que Deus a conforte
 
Antonio Quebrado em 15/11/2011 05:14:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions