A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

15/11/2013 14:25

Em dia violento no trânsito, Polícia registra 31 acidentes com 19 vítimas

Viviane Oliveira
Caminhonete Hilux branca destruiu um poste e parte de um muro em terreno baldio na Avenida Zahran, próximo a sede da TV Record. (Foto: Cleber Gellio) Caminhonete Hilux branca destruiu um poste e parte de um muro em terreno baldio na Avenida Zahran, próximo a sede da TV Record. (Foto: Cleber Gellio)

O feriado começou com o trânsito violento em Campo Grande. Nas últimas 24h, das 8h de ontem às 8h de hoje, foram registrados 31 acidentes com 19 vítimas, de acordo com o BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito). Na parte da manhã até agora já foram contabilizados 12 acidentes.

Veja Mais
Colisão entre dois veículos termina em capotagem na Via Parque
Estado de motociclista é grave após acidente que destruiu moto e carro

Com festas pelas cidade, na véspera do feriadão, a bebida também provocou 11 prisões durante operação policial na saída de evento sertanejo, na BR-163.

Na madrugada, um motociclista se envolveu em acidente e está em estado grave na Santa Casa, também foram registrados dois casos em que os condutores perderam a direção do veículo e acabaram atingindo poste e muros.

Por volta das 5h de hoje, um motociclista, que ainda não foi identificado, ficou gravemente ferido ao se envolver em um acidente na MS-010, próximo ao Parque do Peão CLC.

A moto, que a vítima conduzia, se partiu ao meio ao bater de frente em um veículo Voyage, de placas de Ribas de Rio Pardo, conduzido por Diego Vuelma, 23 anos. Com o impacto, o carro também ficou praticamente destruído.

A doméstica Ilária Lopes, 52 anos, aguardava na manhã deste domingo no Pronto Socorro da Santa Casa, notícias do filho Edson Martini Lopes Duarte, 24, que ficou gravemente ferido depois de um acidente de moto nesta madrugada.

Sem saber o local que o rapaz foi acidentado, a doméstica acredita que o filho é a vítima do acidente da MS-010. “Ele está em estado grave e respirando por aparelhos. Só Deus para ajudar nesta hora”, diz.

Acidente entre uma moto e um veículo Voyage na MS-010. O motociclista que não teve a identidade confirmada está em estado grave no hospital.   (Foto: Cleber Gelio)Acidente entre uma moto e um veículo Voyage na MS-010. O motociclista que não teve a identidade confirmada está em estado grave no hospital. (Foto: Cleber Gelio)
Muro foi destruído depois de uma acidente de trânsito no bairro Monte Castelo. (Foto: Cleber Gelio)Muro foi destruído depois de uma acidente de trânsito no bairro Monte Castelo. (Foto: Cleber Gelio)

Ilária conta que na noite de ontem Edson saiu a pé dizendo que ia na casa de um amigo. Hoje de manhã, recebeu um telefonema de uma pessoa conhecida informando que o filho havia sofrido acidente de moto, mas não informou o local.

Também nesta madrugada, o motorista de um veículo Astra derrubou parte de um muro na Rua Gramado, no bairro Monte Castelo. A dona da casa, a aposentada Sandra Mara Reis, 50, contou que estava dormindo quando ouviu um estrondo.

Do outro lado da cidade, o motorista, que conduzia uma caminhonete Hilux branca destruiu um poste e parte de um muro em terreno baldio na Avenida Zahran, próximo a sede da TV Record. O acidente ocorreu na manhã de hoje e o trecho sentido Centro/bairro ficou interditado na avenida e parte da região sem energia elétrica.

Policiais do BPTran acreditam que o motorista, que não teve o nome divulgado, tenha dormido ao volante e perdido o controle da direção. Ele não apresentava sinal de embriaguez e voltava de viagem.

No final da manhã de hoje, colisão entre uma caminhonete Hilux e um veículo Peugeot 206 terminou em capotagem na Via Parque. O motorista da Peugeot ficou ferido e teve que ser encaminhado para o posto de saúde do bairro Coronel Antonino.




cade as blitz, não tem nenhuma campanha na teve, cade o dinheiro das multas que não retorna ao destino.
 
amanda keity em 16/11/2013 08:16:02
É só proibir a entrada de fora e acabar no país com a fabricação da peste do álcool e seus derivados "droga legalizada" que já muda bastante o quadro de acidentes e crimes por todo o país.Muita desgraça seria evitada, baixaria significativamente as internações nos hospitais em todo o país. E porque os Governos não tomam essa medida? Por causa da ganância de dinheiro dos impostos dessa peste chamada álcool. O que existe de legislação proibitiva é apenas "um faz de conta" "uma hipocrisia" dos governantes. E quem paga o ônus dessa conta é toda a sociedade. Paga a sociedade com os impostos mal geridos pelos governantes e paga a sociedade com perdas irreparáveis de familiares nessa guerra infernal. E as outras drogas não vou nem comentar, a sociedade está clamando por ações eficazes.
 
João Alves de Souza em 15/11/2013 23:26:01
Quanta barbeiragem num único dia.
 
Junior Ferreira em 15/11/2013 21:07:48
Até quando?
 
santos filho em 15/11/2013 18:36:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions