A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

29/04/2014 21:03

Estacionamento rotativo começa a valer a partir do dia 19 de maio

Filipe Prado
Serão 90 dias de teste para adaptação dos motoristas e transporte coletivo (Foto: Cléber Gellio)Serão 90 dias de teste para adaptação dos motoristas e transporte coletivo (Foto: Cléber Gellio)

A partir do dia 19 de maio, quem estacionar no período das 6 horas às 10 horas e das 16 horas às 19 horas na Avenida Júlio de Castilho passarão a ser multados pelos agentes de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Trânsito). Serão 7 horas de proibição por dia.

Veja Mais
Estacionamento caro e movimento fraco marcam início da Expogrande
Agetran irá proibir estacionamento por 7 horas em avenida e causa polêmica

Desde abril várias placas de sinalização foram colocadas em vários pontos da via, com isso alguns agentes de trânsito começaram a percorrer a avenida para conscientizar os motoristas sobre as novas regras para o estacionamento. Conforme assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande, foram encontrados 50 veículos durante o período de proibição.

O estacionamento rotativo será firmado durante 90 dias, sendo um mês para experiência. Com isso eles farão um acompanhamento do impacto desta medida no fluxo de veículos e transporte coletivo.

Os motoristas têm somente 20 dias para se adaptarem as novas regras. Caso o estacionamento ainda gere congestionamento e atrase a circulação dos ônibus, será restabelecido o projeto inicial.

Segundo o diretor-presidente da Agetran, Jean Saliba, a Júlio de Castilho não comporta estacionamento, assim como a avenida Eduardo Elias Zahran. Outra característica do trânsito na Júlio de Castilho é a proibição de conversão à esquerda.

Obras - Foram investidos R$ 18 milhões nas obras da avenida, sendo que 5% vieram do Pró-Transporte e 95% do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

Foram executados 13,6 km de calçadas com piso tátil; instalados 38 abrigos de ônibus; refeito o pavimento da via em toda a sua extensão (6,8 km); implantados 3,3 km de drenagem e recuperados 9,7 quilômetros de vias que servirão de alça. Foi feito o realinhamento do eixo da via; criação do canteiro central e nova iluminação pública.

Também foram instalados 18 semáforos nos cruzamentos da Júlio de Castilho.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions