A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

31/10/2013 19:46

Falta de CNH e velocidade causam acidente perto da UCDB; 3 vão para o hospital

Filipe Prado e Zana Zaidan
Batida foi na lateral de fusca (foto: João Garrigó)Batida foi na lateral de fusca (foto: João Garrigó)

Dois carros colidiram na Avenida Teobaldo Cater, no Bairro São Caetano, em Campo Grande. O acidente aconteceu por volta das 18h30, horário de bastante movimento da avenida, que fica próximo da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco).

Veja Mais
Morador de rua é socorrido em estado grave após ser atropelado
Motociclista morre ao ser atingido por veículo em cruzamento na Vila Ipiranga

Um Uno vermelho e um Fusca trafegavam pela avenida, quando o Fusca tentou fazer conversão para a esquerda. Segundo testemunhas, o Uno vinha em alta velocidade e não conseguiu frear, batendo na porta do motorista, do Fusca.

Ramom Benites, 53 anos, conduzia o veículo fusca, e comentou que o Uno se aproximou com muita velocidade, causando o acidente. Ele estava com a esposa de passageiro, que reclamou de fortes dores na costa e dificuldade para respirar. Ele relatou que não tem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), mas que há 15 anos dirige e nunca se envolveu em um acidente.

O dono do Uno, Adriano Gonçalves, 33, mora em uma fazenda, em Rochedinho. Ele e a esposa haviam ido buscar seus filho, de 15 e 8 anos, na escola. Ele disse que não estava correndo. Adriano e seus filhos não sofreram lesão, somente sua esposa, Rosiclei Paredes, 32, que ficou com um corte na cabeça ao atingir o para-brisa do carro.

A moradora, Nilza Pereira, 61, que mora em frente ao local, disse que muitos carros andam em alta velocidade pela avenida. “Todo mundo corre aqui, tem carro que passa a mais de 100. Eu já esperava que pudesse acontecer um acidente aqui. Eu acho que falta sinalização na região”.

Segundo o Capitão do Corpo de Bombeiros, as esposas dos motoristas foram enviadas para a Santa Casa de Campo Grande, para exames de rotina, mas passam bem.




Talvez a pessoa estava querendo fazer uma visitinha na santa casa ne? Certamente ela não tinha mais nada para fazer.
Não foi causa de ultrapassagem o condutor do fusca que queria fazer o retorno na mesma pista, e ainda disse para o condutor do Uno: "eu achei que vc vinha devagar" se tivesse devagar ou não ele não deveria ter tentado "barberar" em uma pista molhada.
 
Ed Carlos Paredes em 01/11/2013 13:48:17
Quem não tem CNH sempre está errado, pois nem era pra estar ali...
 
Filipe Alberto em 01/11/2013 07:14:12
GRANDE DESCULPA DO DONO DO FUSCA DIRIJO A QUINZE ANOS E NUNCA ME ENVOLVI EM ACIDENTE A CULPA É TODA DELE POIS SE TIVESSE CNH SABIA O QUE DEVERIA SER FEITO
 
CLAUDINEI BRAZ DE LIMA em 31/10/2013 21:51:52
A desculpa é que dirige a 15 anos? São 15 anos de infrações! Sem a CNH não poderia estar dirigindo e consequentemente não estaria envolvido neste acidente. Com a CNH o mesmo com certeza teria ganho de causa ja que o condutor do Uno vinha em alta velocidade e tentou ultrapassar perigosamente ja o Fusca iria fazer a curva. Sem CNH o condutor do Fusca perdeu toda a razão no acidente!
 
Alexandre de Souza em 31/10/2013 20:56:57
Aprende a usar o cinto de segurança que da próxima vez não bate a testa no pára-brisa do carro e não dá trabalho para os bombeiros e para o trânsito...o motorista do uno também é um imprudente e irresponsável, convenhamos.
 
Carlos Antonio em 31/10/2013 20:24:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions