A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

11/02/2013 12:30

Família de preso por atropelar soldado denuncia agressão de PMs

Aline dos Santos

A família do comerciante Luiz Fernandes da Silva - preso por dirigir embriagado e fugir sem prestar socorro após bater em uma motocicleta da PM (Polícia Militar) - denuncia que foi vítima de ação truculenta da polícia. O acidente aconteceu ontem à noite, no cruzamento das avenidas Coronel Antonino e Mascarenhas de Moraes, em Campo Grande.

Veja Mais
Condutor que provocou acidente com PM foi preso por embriaguez
Policial é atropelado por motorista que foge sem prestar socorro

“Ele chegou em casa com o carro batido. Mas não parou com medo de ser linchado”, conta Raquel Alcaraz Brito, de 26 anos, namorada do filho do comerciante. Logo que chegou à residência, no bairro Nova Lima, Luiz pediu para o filho ir ao local e ver o que tinha acontecido.

“Nessa hora, chegaram mais de cem policiais, um monte de viaturas. Jogaram o meu namorado no chão, algemaram, bateram. Uma covardia”, relata Raquel. Ela conta que estava com o celular nas mãos, ligando para a família e foi impedida por policiais, que, inclusive, retiraram o chip do aparelho. A jovem também foi ameaçada de ser presa por desacato à autoridade.

Raquel conta que em nenhum momento o namorado ou o sogro reagiram à ação da polícia. “Quero ver se fosse um cidadão comum. Se iam fazer essa covardia”, questiona, indignada. Ela relata que no local havia policiais até da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais), a tropa de elite da PM.

Filho do condutor, o estudante de Direito, Luan Pereira da Silva, de 24 anos, também foi levado para a Depac Centro (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). Ele foi acusado de tentar impedir a prisão do pai.

Na manhã desta segunda-feira, Luan foi liberado após prestar depoimento. “Vou fazer denúncia para a Corregedoria da Polícia Militar”, salienta. Ele conta que tem marcas nos braços e na cabeça, mas só poderá fazer exame de corpo de delito na quinta-feira. Luiz Fernandes da Silva, de 65 anos, continua preso. Os crimes pelos quais foi denunciado têm pena superior a quatro anos, portanto só o juiz pode arbitrar a fiança.

Preocupação – Comandante da PM, o coronel Carlos Alberto David dos Santos, afirma que toda pessoa que se sentir incomodada com um ato ou procedimento adotado por policial militar pode procurar a corregedoria.

“Me estranha eles dizerem isso. E o direito que o meu PM tinha de ser socorrido quando foi atropelado por esse condutor, cujas informações iniciais dão conta que estava sob efeito de bebida alcoólica. Ele negou o direito do meu PM que estava ferido. Eu, neste momento, estou mais preocupado com a saúde do meu PM”, afirma o comandante da corporação.

O acidente – Luiz, que conduzia um Fiesta Sedan, fez uma conversão proibida e atingiu a motocicleta da Ciptran (Companhia Independente de Polícia de Trânsito). Com a queda, o policial Carlos Eduardo de Souza, de 24 anos, teve fratura nos braços e nas pernas. Ele foi levado para a Santa Casa. O motorista acabou identificado porque testemunhas anotaram a placa do veículo.

Condutor que provocou acidente com PM foi preso por embriaguez
Acusado de provocar o acidente que deixou um policial ferido, Luiz Fernandes da Silva, de 65 anos, foi preso em flagrante por dirigir embriagado e fu...
Policial é atropelado por motorista que foge sem prestar socorro
Um policial da Ciptran (Companhia Independente de Polícia de Trânsito) foi atropelado na noite deste domingo, por volta das 21h, no cruzamento das av...
Contramão é a única rota em cruzamento esburacado
Moradores da Rua Rio de Janeiro, no bairro Monte Castelo, reclamam que os buracos se multiplicam a cada chuva. Para piorar a situação, o cruzamento c...



Será que ele estão cientes que o policial continua internado e em estado grave, acho que não, estão mais preocupados com as marcas de algemas nos pulsos dos detidos, mas afinal é Brasil, o criminoso sempre tem razão...
 
RICARDO PEREIRA DE MATOS em 15/02/2013 09:44:44
Gostaria de parabenizar o Cel. Davi por defender publicamente os seus comandados,que essa atitude possa se refletir tambem por melhores condições de trabalho e salários.Quanto ao acidente ocorrido fico do lado dos policiais, porque é revoltante ver um colega de trabalho ser covardemente atropelado por um bêbado.Qual o exemplo que esse bebum deixa para sua família?





 
Divanir da Silva Pereira em 12/02/2013 21:10:38
senhor Cesar Pinheiro.....tenho pena de pessoas como voce, acredita em tudo que dizem...pobre ignorante....depois deixa seu endereco e vamos fazer uma nova campanha: "ADOTE UM EMBRIAGADO PARA ATROPELAR VOCE"..........te aconselho a acreditar na realidade e nao viver no mundo da imaginacao!!!!!!
 
Renata Freitas em 12/02/2013 19:24:42
O "cidadão" comete uma infração ao fazer uma conversão em lugar proibido, havia ingerido álcool, que também é proibido. Não satisfeito, fugiu do local, feriu um policial - servidor público, danificou a motocicleta, bem público. E ainda vem gente dizer que a polícia agiu da maneira truculenta. Querem saber? também estou SÓ preocupado com o policial e com o equipamento que o tal "cidadão" estragou. Aliás, as pessoas deveriam entender melhor o que é cidadania.
 
Fabiano Silva em 12/02/2013 06:44:43
ja tiverão varios casos de acidentes envolvendo policiais,e o comando oque faz afastão e não prendem o policial que calsou o acidente com o cidadão,tem q ter o mesmo direito,pois afastar o policial não tem como a sociedade saber se houve punição,vcs policiais tmbm errão e não pode ter privilégios ok,justiça com igualdade, só isso.
 
renato ribeiro em 12/02/2013 06:03:06
Nao estou aqui para defender ninguem, sei dos direitos e deveres de todos, bem como do PM ferido que nao foi socorrido, bem como do filho e da nora do condutor culpado, a PM esta pra nossa defesa e garantir nossa segurança, pois com nossos impostos eles sao pagos, e a conduta do cidadao bebado deveria ser combatida, ser devidamente processado e sofrer pena dura. No entanto policia, pq bater no filho e ameaçar a nora? A policia esta para repreender e prender nao para processar, julgar e executar o fato...pois qdo ha alguma ocorrencia demoram ate 1hr pra chegarem, agora como foi com um deles vem 100 pm's até força de elite pra agredir 2 jovens que foram até o local redimir o que o pai fez...Policia despreparada e mal remunerada da nisso.
 
Rafael Braga em 12/02/2013 03:15:45
cara... eu acho, é lei, se bebeu perdeu a razão, esse senhor que atropelou o policial tem que ir pra cadeia pagar pelo que fez. rezo pela saude do nosso policial, e que ele possa sair sem sequelas. eu acho um absurdo criticar um policial que estava nas ruas de campo grande trabalhando, se arriscando e ai vem um bebado e quase tira a vida do nosso policial. justiça já...
 
fernando moreira soares em 12/02/2013 01:57:50
O cara tava p/e/i/d/a/n/d/o de bêbado. Fez uma conversão errada e atropelou o policial. Segundo o motorista ele tinha tomado umas e quem é que não faz isso. Se atropelou deveria socorrer e não fugir, apesar que bêbado ia fazer o que. Agora querer dizer que a polícia foi truculenta, olha que eu não sou policial, nem tenho parente na polícia, mas quem foge de um acidente de trânsito é o que??? É isso ai PM.
 
Carlos Marques em 12/02/2013 00:53:53
Esse senhor Paulo Cesar Reis só pode estar de brincadeira... o cidadão bêbado, faz conversão em local proibido, atropela uma pessoa, foge, não presta socorro, reage a prisão, confessa que bebeu porque ninguém respeita a lei mesmo e o senhor seu Paulo Cesar tenha a cara de pau de dizer que o coitado esta refém da própria sorte? Tenha paciência. Tomara que esse cidadão, assim que sair da cadeia, atropele um filho seu, aí sim quero ver seu comentário. É por causa de gente sem inteligencia como esse senhor que o Brasil está desse jeito.
 
claudiney alves em 11/02/2013 23:49:19
e a lei seca dirigir embriagado, atropelar motociclista, andar na contra mão, ele tava certinho e ainda fugir do local, e ainda quer ter razão ora veja só.
 
paulo silva em 11/02/2013 23:35:07
SR. LUIZ CARLOS SANTOS MESSIAS, Quero expressar o meu sentimento de repúdio CONTRA COVÊ, MAL DEU TEMPO DO CIDADÃO CHEGAR EM CASA JA CHEGOU A TROPA PRA REPREENDER O CIDADÃO E SUA FAMILIA, NAO QUE ELE ESTA CERTO PELO QUE FEZ, E SIM PELA A AÇÃO TRUCULENTA DESSES CARAS QUE EM MAIORIA CHAMADOS POLICIA SE APROVENTAM DA SITUAÇÃO, PORQUE NÃO FOI UM DESSES SOZINHO PRA VER O CORO QUE TINHA LEVADO. DO PAI E DO FILHO...
 
WELITON SANDIM em 11/02/2013 23:28:45
“Ele chegou em casa com o carro batido. Mas não parou com medo de ser linchado”. Desculpa mais esfarrapada!!
 
wanderlei braúna em 11/02/2013 23:20:35
Sociedade hipócrita!!! Até ontem era assim: "Tem que prender, pena de morte, tem que bater num cara desses", alguns agora dizem assim: "Cadê o direito do senhorzinho, que tomou apenas uns goles e o direito do filho dele, quase um juiz". Fala sério!!!! Quando atropelar um parente, talvez mudem de idéia!!! Parabéns Sr. CMT Geral!!
 
Marcelo Oliveira dos Santos em 11/02/2013 22:08:18
Cel Davi temos que pensar nas pessoas de BEM o cidadão estava errado e de forma covarde fugiu do local , deixando uma pessoa ferida .... a POLICIA deveria meter BALA nele e não bater nesse VAGABUNDO ...... Mas um vagabundo para sustentarmos na cadeia.....Cel Davi suas palavras foram sabias.....
 
Pedro Oliveira em 11/02/2013 22:07:10
os fins não justifica os meios





 
Diogo dauzacker Portilho em 11/02/2013 21:50:26
O problema é que a polícia não se contenta em simplesmente prender a pessoa que cometeu um crime.Se o policial não dá um tapa, um chute ou poe no pau-de-arara ele não fica contente.na verdade a policia brasileira confunde uma policia energica com uma policia bruta e covarde.se já prendeu a pessoa o que justifica bater na pessoa?porque, sob qualquer pretexto tem que agredir o preso?já prendeu, encaminha para a delegacia e pronto.qual a necessidade que tem de pegar uma pessoa algemada, amarrada, sem nenhuma capacidade de reação e agredi-la?agredir brutalmente uma pessoa algemada faz parte das atribuições policiais?quem é realmente o delinquente?quem é realmente o covarde?
 
Carlos Henrique em 11/02/2013 21:39:58
Parabéns policiais e CEL.Davi, precisamos mesmo punir pessoas que não se importam com a vida das outras,que dirigem sem prudencia alguma,enchem a cara de cachaça e saem na rua em alta velocidade, hoje foi um policial que este irresponsável atropelou e deixou a deus dará, amanhã pode ser um civil e ele fará a mesma coisa, me admira este filho formado em direito defender o pai nesta hora, queria ver se ele estivesse do outro lado qual seria sua atitude...
Deus proteja e de força para este policial enfrentar mais este problema e voltar logo a sua vida normal sem sequelas e com saúde.
 
Patrícia Souza em 11/02/2013 21:07:38
Muito bom ao senhor comandante geral da policia militar de mato grosso do sul, gostaria muito que o senhor nunca deixe o comando, é assim que o brasil precisa, de COMANDO. Já para os BEBADOS, TRAFICANTES, LADROES, ESTUPRADORES e toda essa raça de transgressores da lei CADEIA NELES, REAJA BRASIL. senhores senadores e deputados porque vcs não tiram uma copia das leis dos EUA e adota no brasil pra esse tipo de gente que nao aprende será porque pode prejudicar a si próprios.Para o PM que estava em serviço a sociedade melhoras e tudo vai dar certo.Para todos os policiais militares PARABENS, que deus esteja com vcs.
 
sandro ricardo em 11/02/2013 21:01:20
"É de comandante assim que precisamos."
Quem dera se todos comandantes, chefes, diretores, fossem assim, sem medo de tomar partido para o que é justo e certo, talvez assim, o Brasil pudesse ser um país melhor para se morar.
 
Carlos Nogueira em 11/02/2013 20:45:28
Os policiais estão ali, quando estão para prender, reeprender, multar e não bater, maltratar... Não que o comerciante esteja certo, muito pelo contrário errou feio e duas vezes(em atropelar e negar socorro), mas não justifica a atitude dos policiais que sempre abusam de seu poder.... Pensem nisso!!!!
 
Cássia Garcia em 11/02/2013 20:36:22
bem feito p este bebum , tem q pagar pelo ato , poderia ter matado um pai de familia pela frente , ainda tem um mero academico de direito querendo impor ordem isso e uma vergonha sr Luiz Fernandes da Silva!!!!
 
anderson ferreira em 11/02/2013 20:24:07
FOI AVISADO SOBRE TOLERANCIA ZERO PARA BEBIDA ALCOOLICA ! SERÁ QUE ESSE SENHOR QUE ATROPELOU O PM NÃO VE TV OU LÊ JORNAL, ETC.NÃO DEVE SER A PRIMEIRA VEZ QUE ELE BEBE E SAI POR AÍ. TEM QUE SOFRER AS CONSEQUENCIAS MESMO POR QUE SE NÃO ESSE PAÍS NÃO MUDA NUNCA .LAMENTÁVEL.
 
HELIO SOUZA em 11/02/2013 19:54:13
Esse rapaz tem sorte de estar vivo, pois não deveria ter, aparecido no local, pois pobre se envolver com a policia e pedir para ser morto ou aleijado. O policial pode matar bater e tudo mais, nesse momento deve ter centenas deles na rua batendo, bebendo e ameaçando.. Corregedoria e para defender os próprios policiais....só acontece algo se eles cometerem crimes contra alguém deles ou um maioral - lembram do caso MOTEL e tantos outros...se envolver com policia é igual briga de gambá, mesmo ganhado você sai fedendo!
 
Ademir Greg em 11/02/2013 19:31:41
Covardes de farda. Agir assim com uma família desarmada é fácil mas quando ha rumores de presos perigosos por aqui como no caso de BEIRA-MAR ficam todos se borrando nas calças. Ainda contam com a conivência de seus superiores.
 
Cezar Pinheiro em 11/02/2013 19:17:33
Quero expressar o meu sentimento de repúdio de pessoas que comentam o mal trabalho policial, mas em nenhum momento essas pessoas foram a corregedoria para comunicar quando são desacatada dos seus direitos, e sim querendo tirar o foco do que realmente aconteceu, que um cidadão que se estivesse certo não teria ragido a abordagem policial,sendo que o policial, que antes de tudo também é um cidadão representando vc nas ruas.Pois só sabem dizer não tem tem blitz,e quando tem não suportam pois andam errado e não quer assumir os erros.Pergunte agora como será o futoro desse policial que pode ficar entrevado numa cama por muito tempo vc vai lá ajudar não então não atrapalhe. PEÇO A TODOS QUE SE SENTIREM DE ACORDO QUE OREM PARA QUE O PM POSSA LOGO ESTAR NAS RUAS DEFENDENDO VC.
 
LUIZ CARLOS SANTOS MESSIAS em 11/02/2013 18:48:10
"Eu, neste momento, estou mais preocupado com a saúde do meu PM”, afirma o comandante da corporação." Muito bom senhor CEL Davi. É de comandante assim que precisamos. Se a situação fosse inversa, com o PM sendo o causador do acidente, muito provavelmente seria linchado. TKS dobrado. Fernando - ST PM
 
Fernando Silva em 11/02/2013 18:40:26
Ah,a polícia,pobre cidadão que é refém de sua própria sorte,pois as autoridades constituidas estão com a moral,a ética e o respeito,fálidas !Polícia para quem precisa de polícia,batem,e relatam como querem em seus famigerados B.Os,pobre sociedade !
 
paulo cesar reis em 11/02/2013 14:24:50
Chave de cadeia neste senhor que colocou a vida de inocentes a morte....agora o filho do condutor ser um simples acadêmico de direito e normal quer fazer a justiça dele....pq ele não vê que o pai dele esta super errado.....e ajuda o senhor internando.....
 
ANDREA MOREIRA em 11/02/2013 14:20:35
legal não é vocês que esta com as penas e braços quebrado né, duvido se fosse a viatura que tivesse batido em algum da sua família, se vocês estavam falando isso, vamos ser cristão e colocar a mão na consciência, errou pagou, o brasil já esta uma merda por que todo mundo sempre arranja um jeitinho brasileiro para sair impune.
 
adriana feltrim em 11/02/2013 14:09:07
E aí? reaja Brasil!
 
Fernando Dias em 11/02/2013 13:44:03
requel , simplismente os policias " agrediram" ele , porque o sentimento de odio e raiva , é o mesmo sentimento que voçe sentiria se algum pm bate no carro do seu sogrinho e tivesse fugido igualzinho este bebado fez ontem com o coitado do policial que estava na rua cuidando de vidas de pessoas que ele nunca viu , voçe ainda tem coragem de querer denunciar ... é pra acaba mesmo hein
 
diego barreto em 11/02/2013 13:20:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions