A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

01/03/2013 17:06

Grávida perde bebê após se envolver em acidente com caminhão no Coophavila

Viviane Oliveira

Uma motociclista de 26 anos perdeu o bebê após se envolver em um acidente com caminhão nesta quinta-feira (28) na rua Restinga com a avenida Nasri Siufi, no bairro Coophavila II, em Campo Grande.

Veja Mais
Motociclista bate em muro de loja ao tentar ultrapassar veículo no Centro
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras

Vanessa Fernandes de Matos conduzia uma moto Honda Titan e tinha como passageira Elaine Ramos da Silva, de 25 anos, quando se envolveu em um acidente com um caminhão Iveco, que trafegava pela rua da Restinga.

De acordo com o boletim de ocorrência, o caminhão tentava fazer uma conversão a esquerda para entrar na avenida Marinha, quando houve o acidente. As duas vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas para a Santa Casa.

Devido à gravidade dos ferimentos, Vanessa acabou perdendo o bebê. Ainda conforme registro policial, ela não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).




A Lenita deve estar equivocada, não devemos julgar para não sermos julgados.
O fato da menina estar grávida andando de moto sem habilitação não dá o direito do motorista do caminhão ser irresponsável e invadir uma pista preferencial.
 
Jairo Paes de Almeida em 04/03/2013 18:06:24
UMA COISA É ESTAR SEM A CNH, TEM QUE PAGAR À MULTA POR ISSO, OUTRA COISA É UM CAMINHAO DE 5 TONELADAS BATER COM TODA A SUA FORÇA EM UMA MOTO DE POUCO MAIS DE 200 KG, E ATINGIR DUAS PESSOAS SENDO UMA GRÁVIDA QUE PERDEU A CRIANÇA POR TRAUMATISMO CRANIANO. SERÁ QUE SE ELA ESTIVESSE COM A CNH NO BOLSA, CRIARIA UM ESCUDO CONTRA ESSE CAMINHÃO QUE INVADIU A PREFERENCIAL E ARRASTOU A MOTO POR CINCO METROS???????????
 
JOSE MILTON JUNIOR em 03/03/2013 08:21:02
Sou irmã da Grávida... Cada um tem sua opinião... Mas ninguém aqui esteve no enterro de uma inocente que não teve a chance de conhecer o mundo... Ninguém este presenciado a dor de uma mãe que não pode estar no enterro de sua filha, pois esta perdendo muito sangue e com fêrmur quebrado... E a outra passageira, correndo o risco de não mais andar pois perdeu o joelho... E o Sr. Mariolino, nem uma ligação se quer fez pra saber se está tudo bem... Ele destrui duas familias... Essa bebê é muito amada e foi muito esperada...e por pressa do MOTORISTA DO CAMINHÃO... A espera acabou da pior forma!!!
Só espero (de coração) que todos que estão criticando minha irmã, não passem pelo que minha familia está passando agora

 
ROBERTA MATTOS em 02/03/2013 21:06:39
o problema nao e a moto, independente de cilindrada ! o grande problema e o animal que esta pilotando !
 
rodrigo silva em 01/03/2013 21:52:26
É Verdade Alexandre...Moto Virou Praga ...Qualquer um De MENOR tem Moto..
Eles Anda Igual Doido ,aterrorizando os bairros com akeles infernais escapamentos Barulhentos.e fora isso andam na ultima aceleração colocando em risco a vida de muitos e principalmente das crianças...
Tem Q Fiscalizar td's dias os bairros..
E fazer Um Limpa..
Pq ta Dificil..
Apesar q Existi Alguns q Usam Tb Seus Carros de Maneira Errada..

 
Fábio Souza em 01/03/2013 21:51:53
Alexandre, fiquei curioso para saber aonde você viu esses numeros. Engraçado, até onde sei os acidentes com motos são equivalentes a relação de motos/carros nos grandes centros. Se falarmos de gravidade nos acidentes, claro que teremos mais motociclistas ,até porque somos mais vulneráveis. Até onde sei, não há NENHUM levantamento a respeito da causa dos acidentes envolvendo motos. E desconheço país que limita a velocidade dos veículos. Por favor, nos mostre as fontes!
O que vejo nas ruas é motociclistas e motoristas abusados. O problema está nas pessoas, esta na falta de educação de todos no transito.
 
Jean K. Santos em 01/03/2013 20:05:07
temos que ter conciencia dos nossos atos.... gravida e moto sem habilitação, cada um sabe o melhor para seu filho......lamentavel....
 
Lenita Santos em 01/03/2013 17:51:40
Mais errado é a motociclista que não era para estar lá pois não tem CHN. 90% dos acidentes são motos, 95% dos acidentes de motos os próprios motociclistas estão errados e isso é numeros registrados, é a realidade. Imagine quantos não registrados acontece todos os dias eo pior de tudo que na moto não tem proteção alguma (o capacete é só para não estragar o velório) e os motociclista são os mais abusados(pensam que na moto viram o superman). as motos de 150cc para menos deveriam ser como na asia regulada de fabrica para não passar dos 70km\h.
 
Alexandre de Souza em 01/03/2013 17:18:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions