A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

28/02/2012 10:39

Identificado, motorista diz que atropelou menino ao perseguir ladrão

Ana Paula Carvalho e Fernando da Mata
Pai se emociona ao falar do filho (Foto:Pedro Peralta)Pai se emociona ao falar do filho (Foto:Pedro Peralta)

A Polícia Civil identificou o motorista que atropelou um menino de 11 anos, na noite de domingo, no bairro Mário Covas, em Campo Grande. A criança estava na calçada da Igreja Pentecostal Brasas Vivas onde toca bateria, quando foi atingida pelo carro.

Veja Mais
Emocionado, pai de criança atropelada na calçada da igreja pede justiça
Criança é atropelada por veículo em calçada no Mário Covas

O motorista, de 34 anos, fugiu sem prestar socorro a vitima. Após denúncias de quem seria o proprietário do carro, um Pálio, a Polícia Civil chegou à namorada do autor.

De acordo com o delegado Fernando Nogueira, titular da 5ª Delegacia de Polícia, a principio ela negou o atropelamento, mas acabou confessando que havia emprestado o carro para o namorado para ele perseguir homens que momentos antes do atropelamento roubaram objetos de dentro da caminhonete dele.

Ele estava em alta velocidade, quando perdeu o controle de veículo e subiu na calçada. De acordo com o delegado, o motorista fugiu por medo.

Internando na santa Casa, o menino relatou ao pai que o motorista do carro jogou o automóvel para cima de outra pessoa, mas acabou rodando em meio às pedras e o atropelou.

O menino sofreu um corte profundo na cabeça, perdeu alguns dentes e quebrou a perna direita em dois lugares.




E agora? Ele vai ser solto e andar livremente pelas ruas como os outros assassinos que a "Justiça" anda libertando?
Ou será que a "Justiça" vai levar a sério e manter ele na cadeia?
 
Cleberson Costa Silva em 28/02/2012 12:55:12
preso... porque? deve arcar com as despesas e no maxino uma pena alternativa, deixem de ser hipócritas, já pensou se fossem presos todos envolvidos em acidentes de transito, não haveria vagas nas cadeias deste Brasil varonil...
 
jose adauto do nascimento em 28/02/2012 08:53:17
Eu creio que a frase"de acordo com o delegado,o motorista fugiu de medo"não está correta,pois o delegado não poderia opinar desta forma e sim usar seu conhecimento e as leis,e acima de tudo com todo o rigor,cabe ao motorista se defender com testemunhas e provas,tais como:ligou para o 190,193,194,pediu para alguém da familia procurar a famlia da vitíma?
 
nilson franco de oliveira em 28/02/2012 08:44:29
Estória sensacional, confirme-se, vamos ver se realmente a verdade está presente.
 
CLAUDIO MOREIRA em 28/02/2012 01:43:20
Bom provavelmente o sujeito tem dinheiro e logo logo estará solto infelizmente, se fosse um pai de família trabalhador pobre não sairia tão cedo.
Vamos esperar pra ver né!
 
Oswaldo Junior em 28/02/2012 01:39:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions