A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

19/01/2012 17:10

Intermediários ficam com 30% da indenização do DPVAT em MS, diz Procon

Jeozadaque Garcia e Fabiano Arruda

Dados mostram que o número de pessoas que acionaram o seguro no Estado aumentou entre 2010 e o ano passado

Em casos de morte, indenização pelo DPVAT é de R$ 13,5 mil e R$ 2,7 mil para reembolso de despesas médicas. (Foto: Arquivo)Em casos de morte, indenização pelo DPVAT é de R$ 13,5 mil e R$ 2,7 mil para reembolso de despesas médicas. (Foto: Arquivo)

Intermediários que auxiliam condutores a solicitarem o DPVAT, seguro obrigatório pago em caso de acidentes de trânsito, chegam a ficar com até 30% do valor total da indenização em Mato Grosso do Sul, segundo dados do Coordenador de Atendimento e Fiscalização do Procon, Alexandre Rezende.

“[O intermediário] se aproveita da situação delicada, pega a família em um momento vulnerável e oferece o serviço. Se for um advogado, tudo bem, mas já houve casos em que o intermediário ficou com todo o valor”, explica Rezende.

Esse percentual já foi maior, de acordo com o coordenador. No ano passado, um Termo de Cooperação Técnica foi feito entre o Procon e o Sincor-MS (Sindicato dos Corretores de Seguros, Capitalização e Previdência Provada) e conseguiu reduzir o índice.

“Hoje a população está mais atenta, a procura tem crescido cerca de 30% ao ano. Por mais que a documentação [para requerer o seguro] seja simples, algumas pessoas ainda têm dificuldades”, aponta.

Criado em 1974 para indenizar vítimas de acidentes de trânsito, o DPVAT pagou, somente em 2011, R$ 2,287 bilhões para 366.356 pessoas em todo o Brasil. O benefício é concedido em casos de morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas.

“Como não tem como o Procon fiscalizar, faz um alerta à população: não precisa pagar intermediários. O serviço é disponibilizado de maneira gratuita e simples”, finaliza.

Todo cidadão que sofre um acidente de trânsito tem direito ao seguro. As indenizações são de R$ 13,5 mil em caso de morte, até R$ 13,5 mil por invalidez permanente e R$ 2,7 mil para reembolso de despesas médicas.

Do total arrecadado pelo seguro, 50% são destinados ao pagamento das indenizações, 45% são repassados ao Ministério da Saúde, para custeio do atendimento médico-hospitalar às vítimas, e 5% para o Ministério das Cidades, que aplica a verba exclusivamente em programas destinados à prevenção de acidentes.

Números - Segundo dados divulgados pelo Sincor/MS, o número total de atendimentos do DPVAT no Estado entre setembro de 2007 até dezembro do ano passado soma 4,8 mil casos, o que corresponde a R$ 13,4 milhões em indenizações pagas.

A quantidade de casos por morte saltou de 233 casos em 2010 para 244 no ano passado. O valor do seguro pago há dois anos foi de R$ 3,19 milhões contra R$ 3,17 milhões em 2011.

A queda, mesmo com o aumento do número de casos de morte de um ano para o outro, conforme o Sincor, está relacionada a pendências de documentações de beneficiários ou pessoas que simplesmente abre mão do seguro.

A ausência de uma simples documentação emperra o processo que, em 2010, teve maior número de processos finalizados do que no ano passado.

Já o número de indenizações pagas por DAMS (Despesas de assistência médicas e suplementares) saltou de 274 casos em 2010 para 321 em 2011, o que corresponde a aumento de R$ 336,5 mil para R$ 453,4 mil.

Os casos de invalidez por acidente de trânsito também subiram: de 68 em 2010 para 92 em 2011, seguindo uma tendência nacional. Os valores pagos saltaram de R$ 347,3 mil para R$ 538,9 mil entre um ano e outro.

De 2010 para o ano passado, a quantidade total dos casos de indenizações pelo DPVAT em Mato Grosso do Sul subiu de 575 para 657. No período, o volume de processos pagos aumentou de R$ 3,87 milhões para R$ 4,16 milhões.

Valor do Seguro Dpvat não terá reajuste em 2012
O valor do Seguro Dpvat, pago todos os anos por proprietários de veículos, não terá reajuste em 2012. A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional de ...
Cobrança do seguro DPVAT pode ser ajuizada no local do acidente, diz STJ
De acordo com jurisprudência, cobrança pode ser ajuizada também do local do domicílio do réu ou do autor A jurisprudência do Superior Tribunal de Ju...
Morte no trânsito: valor pago pelo Dpvat aumentou 15% no primeiro semestre
As vítimas de trânsito receberam do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Dpvat) R$ 1,1 bilhão no primeiro sem...
Em MS, pagamento de seguro DPVAT passou de R$ 3 milhões em 2010
Dados do Procon indicam que indenização por morte equivale a 81% dos casosNo ano passado, o atendimento do seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions