A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

08/08/2012 14:29

Jovem atingido por carro no Santa Mônica continua em estado grave

Viviane Oliveira
O acidente foi ontem na rua Rádio Maia no cruzamento da rua Shastan. (Foto: Simão Nogueira)O acidente foi ontem na rua Rádio Maia no cruzamento da rua Shastan. (Foto: Simão Nogueira)

O motociclista Magno Ferreira Bogado, de 21 anos, continua internado em estado grave na Santa Casa, depois de ser atropelado por um carro por volta das 13 horas de ontem (7) na rua Rádio Maia no cruzamento da rua Shastan, no bairro Santa Mônica, em Campo Grande.

Veja Mais
Motociclista fica gravemente ferido em acidente no bairro Santa Mônica
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

De acordo com a assessoria do hospital, Magno continua internado no pronto socorro e seu estado de saúde inspira cuidados.

Acidente - De acordo com a Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito), Magno Ferreira Bogado conduzia a moto Honda CG, quando foi colhido por um Gol de cor branca, conduzido pelo operador rural Lídio Pimenta Ozório, de 73 anos.

Segundo Lídio, trafegava pela rua Rádio Maia, quando foi fazer uma conversão e não viu a motocicleta. A moto colidiu ao lado direito do veículo. “Eu estava em baixa velocidade, dei seta para virar, olhei e não vi ninguém”, disse o condutor.

O motorista do Gol não ficou ferido. Já Magno foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para a Santa Casa. O carro ficou parcialmente destruído e com o parabrisa trincado. A moto ficou com o guidão retorcido.

O pai da vítima, Vanderlei Araújo Bogado, de 44 anos, conta que esta é a terceira vez que Magno se envolve em acidente. Segundo ele, o filho deixou a esposa no Hospital Rosa Pedrossian, onde trabalha e seguia para o frigorifico JBS.

A secretaria Katti Paixão, de 35 anos, lamenta o acidente e aproveita para pedir um quebra-molas na avenida. “Aqui é muito movimentado, precisamos urgente de um quebra-molas”, finaliza.




o motorista não deveria estar dirigindo pq cego tem que usar óculos. Magno te desejo recuperas
 
kariny coene em 25/07/2013 11:14:12
Acidente estranho. O motociclista deveria ter parado, pois a Radio Maia é preferencial. Que ele bateu com tanta força no Gol demonstra que não estava com velocidade compatível com a necessidade de parar. Mas... o Gol está ao lado esquerda da rua em que entrou, este sendo de mão duplo. Ou seja: fechou (e muito) a curva. E ter preferência é uma coisa, mas andar no lugar errado é outra...
 
Marcos da Silva em 08/08/2012 06:38:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions