A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

11/08/2012 15:52

Juiz federal reúne depoimentos para provar que não causou acidente

Aline dos Santos
Acidente foi no cruzamento da Sebastião Lima com a Eduardo Elias Zahran. (Foto: Rodrigo Pazinato)Acidente foi no cruzamento da Sebastião Lima com a Eduardo Elias Zahran. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Envolvido em acidente onde os dois condutores afirmaram ter passado no sinal verde, o juiz federal Jânio Roberto dos Santos reuniu depoimentos de testemunhas e registrou em cartório para provar que não provocou a batida.

Veja Mais
Motorista fica ferido em capotagem no cruzamento da Zahran com a Sebastião Lima
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

O acidente foi na manhã do dia 28 de julho, um sábado, em Campo Grande. O juiz conduzia um Fiat Uno, que capotou após bater em um Kadett, conduzido pelo mecânico José Alves de Oliveira. O Uno seguia pela Sebastião Lima e o Kadett pela avenida Eduardo Elias Zahran.

Na ocasião, ambos motoristas relataram à polícia que só seguiram pelo cruzamento porque o semáforo estava verde. Jânio sofreu ferimentos leves e foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). José saiu ileso.

Nos documentos enviados ao Campo Grande News, o juiz anexou o relatório de atendimento médico, onde consta que ele não exalava odor etílico. Além dos relatos de duas testemunhas.

Douglas Aparecido Freitas de Oliveira afirma que estava parado no sinal vermelho, na avenida Zahran, “quando o veículo Kadett transpôs o mesmo e acertou o veículo Uno, que passava na sua tranquilidade”.

O outro depoimento é de Carlos Alberto F. Bastos. Ele relata que o

condutor do Kadett furou o sinal vermelho, colidindo com o Uno. No boletim do acidente de trânsito, o condutor José Alves de Oliveira manteve a informação de que passou no sinal verde.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions