A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

01/08/2011 14:49

Julho registra 13 mortes no trânsito de Campo Grande

Ana Paula Carvalho

Agosto começou com uma morte

Segundo dados oficiais da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), no mês de julho 13 pessoas morreram vítimas de acidentes de trânsito em Campo Grande. Foram nove motociclistas e quatro ciclistas.

O número caiu se comparado com os dois meses anteriores. Junho e maio resgistram 15 mortes no trânsito cada um.

Desde a implantação do Placar da Vida, em maio, foram 42 acidentes com vítimas fatais.

Por volta das 11h40 de hoje (01), Jackson dos Santos, 19 anos, morreu após bater a moto que pilotava em um poste no cruzamento das avenidas Fábio Zahran com Salgado Filho.

Segundo informações da Agetran, o jovem não era habilitado. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado em estado grave à Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos.

Na madrugada de domingo, Felipe Aguilar Ferreira, 18 anos, morreu após bater em uma caçamba na rua Clementino Pereira, bairro Cabreúva, continuação da avenida Mato Grosso. Ele tinha tirado a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) há menos de um mês.

Para a chefe de Divisão de Educação da Agetran, Ivanise Rotta, o alto índice de mortes no trânsito é decorrência da falta de estrutura e do comportamento inadequado dos condutores.




É muito bom ver alguém da prefeitura reconhecendo que o poder público tem tanta culpa quanto o motorista infrator. Isso nos permite uma reflexão sobre o que juntos: sociedade e estado, conseguimos fazer para mudar este quadro. É complicado, pois essa mudança de comportamento depende de cada um ao mesmo tempo que depende de um entendimento coletivo e da estruturação dos órgãos competentes. Espero que as pessoas criem essa consciência urgentemente, sem precisar que tragédias ocorrem em suas próprias vidas.
 
Luana Patrícia Carvalho em 01/08/2011 05:12:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions