A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

17/02/2014 18:05

Júlio de Castilhos tem 3 acidentes e morador aponta falta de sinalização

Kleber Clajus e Lidiane Kober
Dos três acidentes, duas pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para atendimento médico (Foto: Marcos Ermínio)Dos três acidentes, duas pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para atendimento médico (Foto: Marcos Ermínio)

Em um intervalo de 30 minutos, três acidentes foram registrados, nesta segunda-feira (17), em cruzamentos com a Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Grande. Três pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para atendimento médico, uma delas com fratura exposta na mão. Moradores dizem que falta sinalização para evitar novos problemas.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

O primeiro acidente, no sentido Centro-Bairro, ocorreu na esquina da Rua Asturias. No local, uma universitária bateu o Celta contra uma mota Honda CB 500.

De acordo com o vendedor ambulante e parente da condutora, Afonso Pereira Lira, 49 anos, o acidente ocorreu porque, “como a maioria dos motociclistas, ele foi fazer uma conversão pela direita e se deu mal”. O condutor da moto foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida com escoriações.

Na esquina da Julio de Castilhos com a Rua Itatiaia, um Corsa Sedan também se chocou contra uma Honda Biz, na qual seguia uma mulher. De acordo com um policial do BPTran (Batalhão de Trânsito), o motorista do carro fechou a moto e disse que não a teria visto, pois ela estava em um “ponto cego”. A mulher teve ferimentos leves, mas não precisou de atendimento médico.

Já esquina com a Rua Pinto D’água uma condutora também não viu uma moto e bateu de lado. Ela, que não quis se identificar, reclamou que no local falta sinalização adequada, tendo em vista que há um semáforo ainda desativado no cruzamento. Quanto ao motociclista, ele foi encaminhado a Santa Casa com uma fratura exposta na mão.

Resolve com sinalização - Morador da região, o motorista Edson Rodrigues, 53 anos, disse que a solução para evitar o crescente número de acidentes na Júlio de Castilhos é mesmo a sinalização, que tem deixado a desejar. “Acontece acidente direto e, enquanto não colocar o semáforo, vai sempre assim”, resume.




A Av. Julio de Castilhos é uma terra de ninguém!!!!!!!!!!
 
marcio orrico em 18/02/2014 10:46:00
av.julio de castilho ja e ruim para trafegar.E ainda tem algumas pessoas que abandonam caminhao velho na avenida.e uma vergonha nao temos nenhuma fiscalizacao.
 
celso pereira em 18/02/2014 09:40:45
av.julio de castilho e sinonimo de acidente,nunca vi avenida pior do que aquela.moro no ze pereira,deixei de andar nessa avenida.sera que nao tem alquem que possa resolver esse caus.
 
celso pereira em 18/02/2014 09:33:02
em todos os casos me parece que não tem nada com a sinalização !!!!!!
 
joldmar c. silva em 18/02/2014 09:24:44
Isso se soma ao descaso pois as obras estão mais lentas que passos de tartaruga, pois o principal que ao meu ver são os semáforos, estão em sua maioria desativados.
 
Fabrizio Rodrigues em 18/02/2014 09:14:34
meu Deus ate quando as pessoas vao ficar relutando para continuar com carros estacionados naquela rua, pelo amor de DEUS abra os canais de intendimentos por favor compartilhem divulguem vai continuar acontecendo acidentes vidas e mais vidas vao se perder !!!! autoridades vao pra rua observe como fica nos horários de picos!!! e ainda mais sem todos os semaforos funcionando.... a julho de castilho esta um caos total..
 
roseli miranda em 18/02/2014 09:04:19
Bom dia! Não só falta sinalização como policiamento, agentes de transitos nos horários mais criticos, cujo são as 07h da manhã e a partir das 16h! Ninguem respeita sinalização. Desde que "arrumaram" a avenida Julio de Castilho, nenhum agente de transito compareceu para fiscalizar. Vai esperar a morte de alguem para que pense em colocar essa avenida no planejamento de fiscalizações!?!?!?
 
Celina Peralta em 18/02/2014 08:40:48
Na avenida Julio de Castilho tem varios semaforos, desde que recapearam a avenida, mas a maioria deles ainda não foram inaugurados...Apenas os semaforos que ja existiam antes estão ligados os outros so tem a carcaça de semaforo... queria saber quando vão inaugurar os novos semaforos e evitar tantos acidentes.
 
Katiane Escobar em 18/02/2014 08:30:27
Não é a falta de sinalização, é a velocidade, dos condutores, além da limitada para área, qualquer cidadão, dirigindo a menos de 40 por hora, dificilmente dá acidente, é a velocidade legal, no perímetro urbano, mas os condutores, trafegam a 80, 100, sempre trafego em Campo Grande, e os condutores estão, doidos, são velozes, ansiosos, estressados, aí sempre dará os acidentes, policiais nas ruas, e que predomine a sinalização, e teremos menos acidentes.
 
PEDRO A BRAGA em 18/02/2014 07:59:42
Trafegar na Júlio de Castilho hoje significa o seguinte: "PISCOU"... bateu.... Aliás, quando irão retirar o estacionamento de lá???
 
Miriam Irala em 18/02/2014 07:50:45
Os três acidentes porque os motoqueiros estavam usando o "corredor". Vamos ver se agora aprendem a andar certinho no lugar de um carro.
 
Afonso Netho em 18/02/2014 07:37:02
A falta de sinalização é sim um grande causador de acidentes na Av. Julio de Castilhos tendo em vista que em vários pontos há semáforos desativados ou em local impróprio, sendo que há locais de mais perigo e que não há algum tipo de sinalização.Há também outro fator que pouco é comentado mas colabora para graves acidentes na Av. onde por diversas vezes quase presenciei um acidente.A avenida é muito estreita onde vários carros quando estacionados tomam uma parte da rua sobrando apenas uma faixa para transitar.Com o lado direito ocupado por veículos estacionados os ciclistas são obrigados a transitar em meio aos carros na faixa principal,assim como os ônibus que tem pouco espaço para manobrar no ponto de acesso aos passageiros.
 
Maria Noemi Costa em 18/02/2014 00:38:29
Que falta de sinalização nada! Falta é o povo de Campo Grande aprender a dirigir! Não existe lei de trânsito nessa cidade! Queria ver muito motorista daqui dirigindo em São Paulo! Kkkkkkkkkkkkkkk
 
Ricardo Boretti em 17/02/2014 21:11:41
Convenhamos! Quanto está custando esta demora e incompetência da atual administração municipal em resolver e finalmente, depois de quase dois aniversários de mandato, CONCLUIR finalmente estas obras da Julio de castilho? Faz mais de um ano que eles deram entrevistas... dando prazo de 60 dias para concluir as obras, que custariam mais R$ 600.000,00 adicionais e que, segundo eles, O Sr. Secretário de Obras SEMÍ FERRAZ, diziam que haviam erros de projetos. Quantos erros estão sendo cometidos com toda esta demora toda ? Quanto não está custando as vidas perdidas ? Os prejuízos materiais que são gerados TODOS OS DIAS...? Quem mora ou passa por esta avenida não só coloca suas vidas em riscos todos os dias, assim como vê vítimas de todos os tipos com esta lentidão. Competência Falta só isso!
 
Claudinei Cruz em 17/02/2014 19:15:59
SR. EDSON? OQUE FALTA EMCAMPO GRANDE É MOTORISTA, OLHA OQUE TEM DE MEI RODA SE ACHANDO RUBINHO, POIS O SHUMI SE ACHAVA IGUAL ESSES JA FOI. TEM MUITA GENTE OU QUASE TOS QUE ACHA QUE RUA É PISTA DE AUTODROMO, O PESSOAL DAS MOTOS ENTÃO FICAM DOIDO PRA BATER E UM NEGÃO DO BOMBEIRO VIR SOCORRER. COISA TRISTE. NESSE ACIDENTE DA JULIO DE CASTILHO COM BRADESCO, BURRICE DO CARA DA MOTO, EU VI O CARA ENTROU PRA BATER MESMO. FICOU LOUCO MANÉ. A IMPRENSA TEM QUE FAZER UMA CAMPANHA, POVO NÃO ANDEM COLADO NO CARRO DA FRENTE, POIS QUALQUER DESCUIDO TEM COLISÃO ATRÁS. NO SEMAFORO ELES COLAM, SE ACONTECE UM PROBLEMA NO DA FRENTE, É UM BUZINAÇO IMBECIL. MANTENHAM A DISTANCIA VENDO A RODA TRAZEIRA DO VEICULO DA FRENTE. OU TEM QUE DESENHAR.
 
LOURENÇO CARVALHO em 17/02/2014 18:57:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions