A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

26/01/2014 09:50

Madrugada registra 25 acidentes; 3 foram presos por dirigirem bêbados

Mariana Lopes e Graziela Rezende
Veículo atingido por caminhonete. Foto: DivulgaçãoVeículo atingido por caminhonete. Foto: Divulgação

Durante a noite de ontem (25) e a madrugada deste domingo (26), foram registrados 25 acidentes de trânsito nas ruas de Campo Grande, dos quais 11 não tiveram vítimas e 14 registraram pessoas feridas.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

De acordo com ao BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito), a maioria dos acidentes envolviam jovens na direção dos veículos. As colisões, em maior parte dos casos, foram causadas por velocidade alta e desrespeito à sinalização.

Embriaguez ao volante - Nas delegacias 24h da Capital, 3 motoristas foram parar na cadeia após conduzirem os seus veículos sob a influência de álcool. No entanto, todos pagaram fiança que variou de um (R$ 724) a dois salários mínimos (R$ 1.448) e agora respondem pelo crime em liberdade.

Segundo o delegado Luís Tomaz de Paula, Paulo Sérgio Melke Filho, 31 anos, se envolveu em um acidente às 5h41 de hoje. Ele dirigia uma Ford Ranger na rua Sete de Setembro, centro da cidade, quando colidiu na traseira de um veículo HB 20 Hyundai, placa NSD 8108. Este último carro estava estacionado e bateu na traseira de um Palio, placa JVT 5079. Este por sua vez subiu na calçada, chocando a sua frontal em uma lixeira metálica existente no local.

Dentro do HB 20 estava uma pessoa identificada apenas como Jeferson. Ele sofreu ferimentos leves. Já o motorista da Ranger estava em visível estado de embriaguez e tentou fugir da guarnição, sendo necessário o uso de algemas para contê-lo. Ele pagou a fiança de dois salários mínimos e foi solto.

 

Motorista da Ranger estava embriagado. Foto: Divulgação Motorista da Ranger estava embriagado. Foto: Divulgação
Palio atingido em acidente. Foto: DivulgaçãoPalio atingido em acidente. Foto: Divulgação



O pior de tudo é esse Sr. Paulo Sérgio Melke querer fugir depois de ocasionar o acidente! Só quem estava la pra saber. A sorte que passava por la uma viatura da PM e abordou o mesmo e foi preso, pra piorar teve um familiar ou amigo que queria assumir a culpa de estar dirigindo falso testemunho isso e nem foi preso!!
 
Felipe Gustavo em 27/01/2014 21:02:22
Infelizmente a justiça não existe, ela é só para quem tem potencial financeiro. As pessoas justas e honestas pagam o preço por uma sociedade desigual. Há muita injustiça no trânsito brasileiro. As pessoas embriagadas causam acidentes, matam inocentes e saem impunes. E provavelmente irão fazer novamente. Pagam uma fiança mísera comparada com o prejuízo que causaram.
 
Milena Missiano em 27/01/2014 16:31:41
Podem perceber que é tudo carro, não tem moto no meio, isso só vai acabar quando a agetran perceber que os carros são os vilões no transito, quando eles começarem a fazer blitz e parar carro, não só moto, morre mais motoqueiro por que os carros atropelam e matam quem está de moto, o dia em que a policia de Campo Grande entender isso, o número de mortes vai diminuir drasticamente, mas tá dificil deles entenderem, só frisando, não estou dizendo que a policia tem que parar de abordar moto na blitz, estou dizendo que a polícia tem que COMEÇAR A ABORDAR CARROS TAMBÉM.
 
maximiliano nahas em 27/01/2014 09:29:51
Sabem porque este inferno no transito de CG nunca termina ? A resposta é bem óbvia : Quem faz este inferno são os "burguesinhos", os endinheirados da cidade e pra estes não tem lei. Todos nós sabemos disso. Mas a hipocrisia nos tira a palavra. A "justiça" não vai atuar ( muito menos prender ! ) os filhinhos de papai medicos , dentistas , empresários , pecuaristas que tocam o terror na cidade. Todos nós sabemos disso. Vejam voces se foram detidos algum adolescente que mora no centro no caso dos rolezinhos. É Lógico que não !!! Mas lá da vila popular foram detidos uns 20 , né ? Se voce tem dinheiro amigo , voce faz que quiser aqui. Basta pagar e já era o B.O. Agora , se voce é pobre e pego como bode espiatório.
 
Gildo Cordeiro em 27/01/2014 08:59:45
NÃO SE PREOCUPEM AGORA ESTÃO COLOCANDO NAS AUTO ESCOLAS NOVOS VIDEO GAMES SIMULADORES DE CARISSIMOS, E ISSO IRÁ AJUDAR MUITO NA EDUCAÇÃO DOS NOVOS MOTORISTAS COM ESTE VIDEOGAME A PESSOA IRÁ APRENDER QUE NAO SE DEVE BEBER E DIRIGIR E NEM DESRESPEITAR AS NORMAS DE TRANSITO, É INCRIVEL COISA DE PRIMEIRO MUNDO....ainda nao entenderam que a maioria dos acidentes e questão de carater do proprio condutor e isso esta manquina nao irá mudar nunca, e quem paga e o cicadão de bem que irá ter que pagar muito mais caro para conseguir a CNH
 
EDUARDO SILVA em 27/01/2014 08:56:27
Para a rotina de acidentes nos finais de semana só há um remédio: Policia nas ruas, mas cadê a policia desse estado. São funcionários publicos que trabalham só de segunda a sexta feira. Faz quanto tempo que não vemos uma blitz. Quando tiver me avisem quero ver.
 
yuri stefanes em 27/01/2014 07:34:54
Trabalho em um posto 24 hs perto de uma boate só eu sei o que esses boys fazem com seus carros de luxo, e a POLICIA sabe mas faz vista grossas, pois a POLICIA ja disse para nós não podemos fazer nada são todos filhos de PAPAI e não queremos problema no nosso plantão É UMA VERGONHA se a propria POLICIA tem medo da CARTEIRADA para a onde nos vamos
 
Marcio Ricardo em 26/01/2014 23:01:20
Eu nao entendo porque CampoGrande e a unica capital do pais na qual nao sao feitas blitz durante a noite.
 
Carlos Almeida em 26/01/2014 20:35:39
Parabéns Valdir, comentário excelente. Assino Embaixo!!!!
 
Gustavo Preza em 26/01/2014 18:47:47
A quantidade de acidentes em Campo Grande é algo assustador!!! Penso que há instrumento legal para coibir certas práticas realizadas por jovens, como, por exemplo elevar o valor da fiança e, dependendo do nível da ocorrência, negar ququel benefício e deixar que o poder judiciário se manifeste!!! Os abusos são muitos, pois atitudes inconsequentes normalmente acabam gerando resultados tristes!!! Por outro lado, faz-se necessário responsabilizar esses infratores, devendo os mesmos arcarem com o ônus decorrente da logística implementada para atendimento das ocorrências, tais como: corpo de bombeiros, agentes de trânsito, SAMU etc. Vale a pena refletirmos sobre tudo isso!!! Sidinei
 
Sidinei Paniago em 26/01/2014 14:24:31
Vamos combinar uma coisa ir e voltar de taxi e mais saudavel e mais barato.
 
GIlberto PEREIRA em 26/01/2014 14:21:00
Com poucas palavras o sr Valdir zatti falou a pura verdade
 
Everaldo da silva oliveira em 26/01/2014 14:11:13
até quando vai continuar essa violência no trânsito?........................................25 acidentes numa madrugada!!!!!!!!!!!!!!!; vocês acham isso normal?....................................Eu não acho. tem algo errado neste trânsito. pra mim tem algo errado, porque morte em acidentes de trânsito não costa como assassinato. pensem nisso.
 
Selma Maria Do Canto em 26/01/2014 14:03:24
Ontem a tarde, eu me encaminhava pro serviço, estava parado no semaforo, parou um veiculo corsa ao meu lado, tanto o passageiro como o motorista estavam com uma lata de cerveja na mão.
Sabado e domingo, se não tiver um patrulhamento ostentivo, esses irresponsaveis vão continuar deitando e rolando
 
Marcos José em 26/01/2014 13:53:13
O Sr. Paulo Sérgio Melke Filho está ficando famoso nos B.O.´s de Campo Grande!
http://www.campograndenews.com.br/cidades/homem-sai-de-banco-com-r-2-mil-e-e-assaltado-por-dupla-09-29-2009
 
Alexandre Alonso em 26/01/2014 12:40:11
Não adianta mais falar nada e nem se revoltar com esses acontecimentos, pois quem faz as leis e quem tem que fiscalizar faz vista grossa para a situação, pois se depender de justiça a cada 1 condenado outros 1000 ficam impunes.....ISSO È BRASIL.
 
MAC SANDER em 26/01/2014 12:21:00
Se quisessem evitar esses tipos de acidentes, era só ficar a 200mt de boates e postos de gasolinas a partir da meia-noite. Todos sabem disso, fecham os olhos pois a maioria são boys filhinhos d papai, e vileiros delinquentes, alegando q tem direito a liberdade... inclusive a de matar.
E qdo morre um por conta, é faixa pedindo mais sinalização, redutores, etc e tal!

É nova era, alegas os psicologos mal formados na tv... Era do rolezinho, da liberdade para menores, da proibição da educação pelos pais, e bandido quem q tratar com carinho...
 
Alessandro Goncalves em 26/01/2014 11:57:18
e depois vem alguém dar o depoimento dizendo que os não habilitados é que cometem os piores acidentes em Campo Grande, mas não é o que vejo diariamente,são todos com CNH,e com veículos de luxo,ou carros de boa marca,que enchem a cara nos bares e saem fazendo tudo que não se deve.
 
valdir zatti em 26/01/2014 11:14:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions