A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

23/01/2012 12:53

Moradores reclamam de excesso de velocidade na Marginal Lagoa

Fernando da Mata

Via virou palco de acidentes, como o que matou uma mulher de 31 anos, passageira de uma moto, nesse domingo (22)

Via está bem sinalizada com faixas e placas (Foto: Marlon Ganassin)Via está bem sinalizada com faixas e placas (Foto: Marlon Ganassin)

Inaugurada no mês passado, a avenida Prefeito Lúdio Martins Coelho (Marginal Lagoa), em Campo Grande, já virou cenário para veículos que trafegam em alta de velocidade e para acidentes.

Um dos acidentes aconteceu na tarde desse domingo (22), próximo à Vila da Base Aérea, e matou Juliana Gomes, 31 anos. A vítima era passageira de uma moto, que colidiu em um carro. O condutor da moto, de 22 anos, ficou ferido e está internado.

Situações como essa deixam os moradores da região preocupados. A secretária Meire Acosta, 40 anos, reside às margens da avenida e reclamou que os condutores abusam na via.

“O fluxo é demais e o pessoal não tem noção. As crianças não podem nem ficar na calçada”, afirmou a secretária.

Durante caminhada na calçada da avenida, o aposentado Arlindo Gomes Romeiro, 81 anos, brincou ao descrever os condutores que trafegam pela marginal. “Eles correm bem. Tem motociclista que parece ter vontade de voar de tão rápido”, frisou Romeiro.

Para a dona de casa Maria José Domingues, 59 anos, o excesso de velocidade prejudica a travessia de pedestres. “O povo passa muito correndo. Tem hora que tem que esperar muito para atravessar”, enfatizou Maria José.

O diretor de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Janine de Lima Bruno, alertou que os abusos e acidentes acontecem por mau uso da via por parte do condutor, já que a Marginal Lagoa está totalmente sinalizada.

“Não tem desculpa para a pessoa causar um acidente. Se ela andasse na velocidade regulamentada, não acontecia”, afirmou Bruno.

Para tentar “brecar o mau condutor”, semáforos, radares de controle de velocidade e travessias elevadas serão instaladas em alguns pontos da avenida Lúdio Martins Coelho. Porém, de acordo com o diretor de trânsito da Agetran, não há previsão de quando será feita a instalação, já que o pedido ainda está em fase de licitação.

Conforme Janine Bruno, são três pontos prioritários. Uma travessia elevada será colocada próximo da Vila da Base Aérea. Os semáforos equipados com fotosensor e radar serão instalados no cruzamento com a rua Petrópolis, um dos mais críticos. E radares funcionarão nas proximidades do cruzamento com a rua das Árvores.




Eu estou de pleno acordo que coloquem radares , semáfaros , temos q pensar nas crianças q estudam dentro da base . Em relação as pessoas q usam a ciclovia para fazer suas caminhadas estão erradas por isso o próprio nome diz Ciclovia ou sejam a pista é para ciclistas . O pior é ter ver pessoas q olham feio , como se estivessemos errados .
 
Maria Santos em 23/01/2012 11:59:57
Se cada um usar o seu devido espaço, cortesia, o transito seria mais harmonioso. Na vila militar temos uma escola municipal e uma creche, teremos problemas. Anotem!!!
 
Felipe Kurn em 23/01/2012 05:40:24
a prefeitura deveria ter construido nestes canteiros pista para caminhada pois o ciclista não tem vez eles acham que é para caminhada a ciclovia
 
claudinei braz em 23/01/2012 05:09:43
O Sr. Janine diz q a avenida esta totalmente sinalizada, será q ele passa por esta avenida. Pois quem usa diz o contrario, pistas de acesso tornaram mao unica e não foram sinalizadas conforme proximo a Enersul no Caiçara, todo dia é buzinasso por conta do não entendimento deste local. O cruzamento com a petropolis é o ponto mais critico. E realmente pista de bicicleta não é pista de caminhada.
 
Julio Cesar em 23/01/2012 05:08:50
Por favor, coloca radares e não quebra molas! Radar só prejudica quem corre. Agora quebra molas mesmo se passa com 50 km/h quebra o carro. De noite, para quem não conheca a via é um perigo.
Agora concordo com o comentario sobre pedestres. Insistem em usar a ciclovia, tembam na via Morena e outros. Porque? Quando tem calçada, porque forçar as ciclistas para a pista? É puro falta de educação!
 
Marcos da Silva em 23/01/2012 04:43:51
aqui nas imdiações do bairro copavilla 2, onde passa esta avenida citada,as margens dela tem uma area de vegetação preservada que estimula a pratica de caminhadas porém devido aos carros e caminhões passarem voando a no minimo 100km/h dá até medo que uns destes aviões se desgovernem saindo da pista e atinja os caminhantes das margens da avenida.
 
antonio costa em 23/01/2012 04:33:10
Acredito que só exista uma forma de prevenir acidentes, é o condutor de veículos dirigir de foma prudente, respeitando a sinalização, e abandonando o espírito de aventura.
 
José Augusto de Carvalho Barbosa em 23/01/2012 04:31:54
O grande problema dessa avenida é por volta das 18:00 até as 21:00 onde os pedestres insistem em caminhar pela ciclovia, eu passo de bicicleta no local e não tem como mais andar pela ciclovia, pois, andamos quase parando a bicicleta e pedindo licença e sempre ouvindo chingamentos, a solução é andar na pista, infelizmente.
 
João Paulo em 23/01/2012 04:10:04
A avenida esta ótima para transitar, o problema é o "povinho" que utiliza a via, se respeitar a sinalização não ocorre acidente, porém o problema é a falta de educação dos condutores de veículos e motos.
 
Lucio Xarão em 23/01/2012 02:47:53
como já disse em comentarios anteriores, estes redutores devem ser colocados o mas rapido possivel sendo que no proximo dia 06 de fevereiro terão inicio as aulas e ali na vila militar da Base aérea tem uma escola municipal sendo q os alunos tem que atravessar tal via "Ludio Martins Coelho" e o perigo vai ficar ainda maior com o fluxo de alunos. o Campo Grande News poderia fazer uma campanha....
 
marcos sobreira em 23/01/2012 02:11:25
depois que colocarem os radares vão dizer que é industria da multa
 
claudinei braz em 23/01/2012 01:23:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions