A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

04/03/2014 10:01

Morre segunda vítima de acidente na BR-262 em Terenos

Francisco Júnior

Morreu, na manhã de hoje (4) na Santa Casa, a segunda vítima do acidente ocorrido na noite de ontem na BR-262, em Terenos. Viviane Machado Viana, 25 anos, era passageira de um Fiat Uno que bateu de frente com um Voyage.

Veja Mais
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

Ela foi resgatada com vida do local do acidente e encaminhada para o hospital. Mas, devido à gravidade dos ferimentos não resistiu. O condutor do Uno Vanilton Soares Viana, 52, morreu no local.

Segundo o Boletim de Ocorrência, a colisão aconteceu após o motorista do Voyage, Cledison Machado do Couto, 39, que seguia sentido Aquidauana a Terenos, tentar fazer uma ultrapassagem em faixa contínua. Ele não conseguiu fazer a manobra, jogou o veículo para o acostamento contrário e colidiu de frente com o Uno.

Além do motorista do Voyage, ficaram feridos Roberto Akira Kamazaki, 45, Edna Kamazaki do Couto, 38, parentes de Cleidison, além de Viviane Machado Viana, 25, e Rosangela Machado Alves Viana, 44, familiares de Vanilton. No Uno ainda estava mais uma criança de 5 anos identificada como Flávia Alessandra, filha de Viviane.

 

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



Essa BR-162 é uma afronta a engenharia moderna, é uma afronta a seriedade de uma construção voltada para o coletivo, todas sabem das curvas estravantes nos primeiros quilômetros, aliás, são várias curvas, isso porque na época de sua construção em pleno "coronelismo" o proprietário rural não aceitou passar por dentro de sua propriedade, e hoje muitos morrem por conta da atitude de um único cidadão da época. Essas rodovia já merecem serem privatizadas e simultaneamente duplicadas, com o limite de velocidade inclusive aumentado para 120 km h, isso porque é uma aberração de pois de mais de 40 anos impor-se a motoristas 80 km h, e autoridades exige essa velocidade para extorquir dinheiro dos condutores. Em Rodovias duplicadas é perfeitamente aceitável 120 km h com segurança.
 
Urias Fonseca Rocha em 04/03/2014 11:58:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions